Resenha: Até Onde o Amor Alcança - Júlio Hermann

sexta-feira, 19 de julho de 2019


Título: Até Onde o Amor Alcança
Autora: Júlio Hermann
Classificação: 4.7 [Skoob]
Páginas: 176
Editora: Faro
Gênero: Poesia

4.5

Me parece que o mais difícil
no processo de esquecer alguém
talvez seja lembrar-se de si.

Relacionamentos amorosos nem sempre são fáceis, cada pessoa que permitimos se aproximar vai deixando suas marcas em nossa pele, em nossa memória, em nossas histórias e irão seguir conosco pelo resto de nossas vidas.

Até Onde o Amor Alcança narra em poemas diferentes momentos na vida amorosa de uma pessoa, o término de um relacionamento e a ansiedade ao qual ele pode trazer, quando escutar aquela música que  não é mais a mesma coisa que anteriormente. Como se abrir para um novo amor, e todas as expectativas novas que irão ser criadas. Sentimentos que tentamos esconder ou simplesmente anestesiar, mas que em determinado momento entram em combustão e saem queimando e derrubando todas as paredes que construímos.



Júlio Hermann nos presenteia com um livro que te cativa tanto na literatura, conforme vamos acompanhando o crescimento e as fases da vida que o personagem principal passa, tanto no visual com todas as imagens existente nas páginas as quais nos faz visualizar os momentos, e também na trilha sonora, cada capítulo começa com uma música e essas músicas me acompanharam durante a leitura.

 







Essa foi minha primeira experiência como autor e fiquei muito contente com o que me foi apresentado, confesso que poesia não é um gênero da literatura que tenho o costume de ler, porém Até Onde o Amor Alcança foi uma experiência notável a qual me fez querer conhecer mais poetas e também estou curiosa para ler o outro livro do Júlio Tudo que Acontece Aqui Dentro. 


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.