Resenha: Um Acordo e Nada Mais [Clube dos Sobreviventes #2] - Mary Balogh

segunda-feira, 3 de junho de 2019


Título: Um Acordo e Nada Mais [Clube dos Sobreviventes #2]
Autora: Mary Balogh
Classificação: 4.3 [Skoob]
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época, Adulto

Vincent, o Visconde de Darleigh, já estava exausto das interferências de sua mãe e irmãs ne como deveria seguir sua vida, e reger a propriedade que tinha herdado. Mas quando elas passam do limite e trazem uma dama e sua família para Middlebury, com o intuito de fazer dela sua futura noiva, ele acaba ficando cansado dessas intromissões e decide fugir de madrugada levando apenas seu criado e algumas roupas.

O que Vincent precisava era apenas de um tempo para pensar, e juntar coragem para dizer à sua família, que tanto amava, que era capaz de cuidar dos seus negócios e tarefas que a vida de um Visconde trazia, pois ser cego não o tornava um incapaz. Porém mesmo fugindo para o campo, e se instalando na casa onde passou sua infância, Vincent acaba quase caindo em mais uma armadilha conjugal, quando aceita ir a um baile de recepção que a comunidade fez para ele. Mas desta vez ele é salvo pela Srta. Sophia Fry, uma jovem que decide intervir nas tentativas da própria prima de tomar vantagens do cavalheiro para forçar um casamento.



Sophia Fry sempre se sentiu invisível na casa de sua tia. Ela foi acolhida após a morte de seu pai e além de receber um teto para morar, ganhou também uma família que a ignorava totalmente. Aprendeu a viver apenas sendo uma observadora nos cantos dos cômodos, como se fosse uma pequena ratinha. O problema agora é que não sabia que ao interver nos planos de sua prima, de fisgar o Visconde, a tornaria uma sem teto, já que sua tia a expulsa de casa com nada mais que dinheiro suficiente para comprar uma passagem para Londres, e de lá teria que se virar sozinha.

Vincent sabendo que tinha uma culpa gigantesca nos acontecimentos que seguiram na vida de Sophia, acaba sugerindo um acordo que seria totalmente benéfico para os dois, um casamento. Ela teria dinheiro, uma casa e uma nova vida, e ele não precisaria de enfrentar mais as tentativas de sua família de casá-lo com qualquer pretendente que aparecia, e aceitava ter como marido uma pessoa cega. Ele ganharia uma certa independência, e ela o suporte para o resto da vida. Mas o que acontece quando algo que era pra ser apenas uma conveniência, evolui para sentimentos verdadeiros?

Mary Balogh me surpreendeu totalmente com este segundo livro da série, o primeiro não foi algo tão empolgante quanto achei que seria, mas dei continuidade pois estava curiosa pela história do Vincent. Ele é um jovem que foi pra guerra e voltou sem a visão, mas anos depois precisava se impor e assumir as responsabilidades de um Visconde, e Sophie, uma personagem com uma auto estima totalmente baixa e que se vê em uma situação deprimente já que a própria família vira as costas para ela. Eles dois formam um casal perfeito, amei o desenvolvimento do romance aqui, tanto quanto o crescimento de ambos os personagens durante a história, eu queria entrar no livro e abraçar os dois, além de felicitá-los por terem chegado até ali depois de tanto sofrimento, eles se completam.♥

Desta vez a autora não me decepcionou e caí de amores pelos personagens principais e  secundários. Mal posso esperar para ler o terceiro livro, pois quero mergulhar mais, e mais na vida de cada um dos integrantes do Clube dos Sobreviventes e ver eles conquistando o final feliz que tanto merecem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.