Resenha: Todas as Pequenas Luzes - Jamie McGuire

segunda-feira, 22 de abril de 2019


Título: Todas as Pequenas Luzes
Autora: Jamie McGuire
Classificação: 3.8 [Skoob]
Páginas: 350
Editora: Verus
Gênero: Jovem Adulto, Suspense

4.5

Para Elliot as férias eram sempre muito esperadas, era quando ele podia fugir da sua realidade e passar dias agradáveis na cidade de Oak Creed com seus tios. Quando fez 10 anos ele ganhou uma câmera e começou a desbravar a cidade tirando várias fotos, e em um certo dia ele presenciou um momento muito íntimo de uma garotinha e seu pai, aqueles olhos tristes dela nunca sumiram de sua memória e aos 15 anos ele teve a alegria de poder conhecer melhor aquela menina.

Catherine vive com seus pais e sempre sofreu bullying na escola, agora mais velha ela tenta não se importar tanto com isso, mas por mais que tente não é tão fácil. Neste verão um garoto com sua câmera chama sua atenção, ele tira fotos dela escondido, mas quando tem a oportunidade de conhecê-lo melhor acaba entendendo seu fascínio pelas fotos e passando várias horas com ele pela cidade. Catherine não queria criar um vínculo com ele, mas isso acontece de qualquer forma e pela primeira vez ela tem um amigo de verdade. Eles prometem sempre estarem juntos, mas quando algo inesperado acontece na casa da garota e a mãe de Elliot o arranca de Oak Creed ás forças, tudo o que  conquistaram naquele verão acaba se perdendo.

Agora Elliot tem 17 anos e finalmente consegue voltar para Oak Creed, ele é um esportista com grandes chances de conseguir uma bolsa na faculdade, e vai fazer o último ano na mesma escola com Catherine, e sabe que ela deve odiá-lo depois de sumir sem dar explicações. Portanto seus planos são reconquistar a confiança dela e quem sabe se tornar mais que um amigo. Catherine vive mais isolada do que quando Elliot a conheceu, sua casa se tornou uma pousada e quando ela não está na escola está ajudando sua mãe com os hospedes misteriosos que elas recebem.

Por mais que ela tente ignorar o garoto ele por fim consegue derrubar as barreiras delas e se aproximar novamente, mas tem uma pequena coisa a qual ele não pode ultrapassar, essa é a porta da pensão, ele nunca poderá entrar nela e nem perguntar nada a respeito de seus hospedes. Claro que ele aceita isso, e quanto mais o tempo passa, mais ele fica frustrado com esse acordo. Mas de repente algumas coisas estranhas começam a acontecer na cidade e ele fica mais intrigado com os segredo que as paredes da pousada podem guardar.
— Você está bem? — falei baixinho, abraçada a ele.

— Agora estou. — Ele me soltou e rapidamente enxugou o rosto com as costas da mão. Respirou fundo e soltou uma risada. — Esse tempo todo eu tive certeza de que ia te perder.

A sombra de um sorriso iluminou seus lábios.

— Mas você lutou por mim mesmo assim.
Eu comecei essa leitura achando que seria um romance adolescente um pouco mais dark, mas me deparei com uma trama cheia de segredos e quanto mais eu lia mais curiosa eu ficava, principalmente para descobrir o que era a pousada e o que realmente acontecia ali dentro. Elliot é um Cherokee e tem uma personalidade explosiva e em alguns momentos era cuidadoso até demais com Catherine, e ela por sua vez guardava tantos segredos que estava sendo sufocada. Todas as pequenas Luzes traz um romance fofo, que não foi realmente o que mais me prendeu durante a leitura, porém a curiosidade pelo segredo que a pousada guardava foi maior. E eu não desconfiei em nenhum momento sobre o que poderia ser e fui surpreendida quando o descobri. Um lado diferente da autora de Belo Desastre Jamie McGuire, gostaria muito que houvesse uma continuação, mas acredito que será um volume único. 


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.