Resenha: Princesa das Cinzas [Ash Princess #1] - Laura Sebastian

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019


Título: Princesa das Cinzas
Autora: Laura Sebastian
Classificação: 4.0 [Skoob]
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Gênero: Fantasia, Young Adult
"Não são as coisas que fazemos para sobreviver que nos definem. Não temos que nos desculpar por elas."

Theodosia Eirene Houzzara esse é o nome de nascença de nossa protagonista, porém quando ela tinha 6 anos de idade os kalovaxianos invadiram seu reino e o transformou em nada, sua mãe foi assassinada e para mostrar seu poder o kaiser ficou com a criança como um bichinho de estimação. Mas os anos foram passando e agora ela é uma jovem de 16 anos submissa aos kalovaxianos, sempre que os remanescente de seu povo que vive escravizado, causa algum caos no reino ela é gravemente punida. Sendo assim Theodosia aprendeu a abaixar a cabeça da pior forma possível, e as cicatrizes que ela leva na pele sempre a lembraram que era não irá se tornar uma Rainha para seu povo, mas que será a Princesa das Cinzas, Lady Thora a pessoa que o kaiser a ensinou a ser.

Lady Thora e Lady Cress cresceram juntas e apesar de Cress ser sua "amiga" ela nunca confiou totalmente na garota, mesmo com todo o afeto que existe entre elas, Theo não consegue arrancar de sua cabeça as imagens do pai da amiga tirando a vida de sua mãe. Ela foi ensinada a ser dócil aos caprichos do kaiser, sempre subordinada de seus superiores e nunca teve um desejo realizado, mas com alguns movimentos que tem reparado de seu povo, acredita que um dia poderá deixar de usar a Coroa de Cinzas, essa qual o kaiser a faz usar em todo evento da corte, e é realmente uma coroa de cinzas que vai se desfazendo conforme o tempo passa e a deixa cheia de poeira. Sempre mostrando que ela não passa de um brinquedo em sua mão.


O prinz Søren é filho do kaiser e em breve tomará o posto de seu pai, ele passou vários anos fora estudando a arte das lutas, e tem muito medo de se tornar o pai no futuro, não consegue tirar da mente as primeiras pessoas que seu pai o fez matar. E agora ele esta de volta para sua primeira missão, porém os dias que que esta em sua casa não consegue tirar os olhos de Thora, ele sabe de todo o tormento que ela passa na mão do kaiser e sua ira contra o pai só aumenta, e nada de bom virá desse sentimento. 
Eu posso ser uma donzela em perigo, mas o prinz não pode me salvar de sua própria gente, pode? De seu pai, de si mesmo? Um monstro não pode também fazer papel de heróis.
Uma pequena rebelião começa a surgir dentro das paredes do palácio, será que Theo poderá se livrar de todas as amarras que o kaiser lhe colocou e enfim pensar em um futuro diferente ao qual ela tem em sua frente?

Princesa das Cinzas foi um livro maçante para mim, Theo era uma jovem tão pacata e mansa que foi angustiante acompanhar todas as páginas do livro pela sua visão, muitos pensamentos que se repetiam durante a narrativa. Não foi uma leitura que me fisgou e me prendeu, foi uma leitura lenta e sem grandes reviravoltas. Pode ser que ele tenha tido esse ritmo mais lento por ser o primeiro livro da trilogia, então vou aguardar o segundo livro e conferir o que o futuro de Theodosia lhe trará. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.