Resenha: Império das Tormentas [Império das Tormentas #01] - Jon Skovron

terça-feira, 1 de maio de 2018


Título: Império das Tormentas
Autor: Jon Skovron
Classificação: 4.3 [Skoob]
Páginas: 368
Editora: Arqueiro
Gênero: Fantasia

"Quem perdeu tudo é livre para se tornar o que quiser ser. É um preço alto a pagar, mas a grandeza é sempre assim."

O Império tem testado o poder de seus soldados mais inescrupuloso, os Biomantes, por onde eles passam tem deixado cicatrizes impossíveis de superar. Duas crianças terão seus destinos marcados, e vindas de localizações diferentes elas se encontrarão, uma buscando vingança e a outra poder.

Bleak Hope era um povoado muito pobre que foi tocado pelos biomantes, quase toda a sua população foi dizimada para que as pesquisas deles fossem testadas, apenas uma menina de 8 anos, e cabelos tão loiros que mais parecia brancos, conseguiu sobreviver. Ela viu seus pais serem assassinados, e sem saber o que fazer se escondeu em um barco que estava parado no porto. Para todos os marinheiros uma mulher em sua tripulação não é um bom sinal, porém em compaixão pela garota o capitão resolveu levá-la até a ilha em que um grande guerreiro vivia. A Ordem Vichen é composta apenas de homens e Hurlo o chefe dessa ordem aceitou a garota como uma serviçal, ele acreditava que "Um pouco de caos na ordem provoca mudanças. Talvez para melhor.". 

A garota que não tinha nome recebeu o nome de seu povoado e todos a chamavam de Hope. Ela era a única mulher no meio de vários homens e conforme foi crescendo foi sendo hostilizada por eles, Hurlo então decidiu treiná-la escondida de todos como uma Vichen, onde nenhuma mulher jamais havia sido treinada. Todavia nenhum segredo fica oculto para sempre e quando esse veio à tona Hope teve novamente de fugir, ela está agora com 17 anos e apesar de não ser reconhecida como uma Vichen possui suas vestes e carrega uma famosa espada chamada Canção dos Lamentos.
Um garoto de olhos vermelhos e apenas 8 anos perambula pelas ruas de Nova Laven, ele aprendeu desde cedo a roubar, epor sorte ou azar ele acaba conhecendo Sadie Cabra uma criminosa muito famosa no Círculo, ao seu lado ele vai crescendo. Ele não quer usar o nome dado por seus pais e Sadie lhe dá um novo nome por causa de seus olhos, ele agora se chama Red e sua ambição é se tornar o maior ladrão que Nova Laven já viu. Red e Hope não querem contar a histórias de suas vidas, ela diz que contará apenas uma vez e ele segue o mesmo comportamento.

Hope e Red se cruzam em Nova Laven e começam uma aliança improvável, ele não entende porque se sente tão magnetizado pela garota e ela por não ter mais ninguém se vê o seguindo por todos os lados, se o plano dela é acabar com os Biomantes ele irá ajudá-la, pois foi uma droga produzida por eles que o deixou com os olhos vermelhos. Brigga Lin é um biomante em busca de conhecimento, ele viaja até as antigas ruínas de Morack Tor e lá descobre que o livro que os biomantes estudam teve algumas páginas retiradas, ele acredita que esse conhecimento se perdeu, mas nem tudo é o que parece.
Bleak Hope? Significa "Triste Esperança", não? Sei que isso não é reconfortante, mas não consigo pensar em outra alma viva com quem eu preferiria morrer do que com alguém chamado Bleak Hope.
O livro teve um início lento falando do passado de Hope, Red e de alguns outros personagens, Jon foi apresentando fragmentos do passado para construir o presente e assim nos deixar imaginando um futuro - a narrativa é em terceira pessoa. Skovron criou um universo intrigante, ele adicionou nossos vilões, nossos mocinhos, um vocabulário novo... Foram tantos elementos que fez Império das Tormentas se tornar uma das leituras mais surpreendentes até o momento de 2018, sem falar no papel feminino dentro do livro, que não posso falar muito dessa parte para não dar spoilers. Hope cresceu sem afeto, quem faz parte da Ordem Vichen é celibato e quando ela sai da ordem e vai parar no meio do caos que é a vida de Red ela não sabe lidar com todas as novidades. Red sabe que ela é celibatária e sempre fala para si isso, mas o vínculo entre eles é criado.
– Nenhuma molly que eu já conheci precisava tombar para saber que estava charcada por um tommy. Esse sentimento de saber vem mais do fundo.

O quote acima mostra algumas palavras do vocabulário criado pelo autor, apesar de muitas palavras novas elas não me atrapalharam durante a leitura, apenas a deixou mais interessante. O título do primeiro livro em inglês é Hope and Red, do segundo Bane and Shadow e do terceiro Blood and Tempest, quando termina o primeiro você já entende perfeitamente o título do segundo, eu entendo que lançar um livro com o mesmo título de lá de fora aqui não ia dar muito certo. O nome da Trilogia se mantém - Império das Tormentas - ela já terminou de ser lançada, espero em breve ler o segundo e estou curiosa para saber qual será seu título nacional. A capa me lembrou um pouco alguns livros do Rick Riordan, mas essa trilogia não é Infanto-Juvenil. Se você é fã de fantasia não pode deixar de conferir Império das Tormentas.

"A pessoa que você acredita ser é apenas uma parte sua, assim como todas as verdades não passam de verdades parciais."

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.