Resenha: A Invasão de Tearling [A Rainha de Tearling #2] - Erika Johansen

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Título: A Invasão de Tearling (A Rainha de Tearling #2)
Autora: Erika Johansen
Classificação: 4.4 [Skoob]
Páginas: 400
Editora: Suma de Letras
Gênero: Fantasia Épica, Ficção Cientifica

Kelsea Glynn assumiu o Trono de Tearling, depois de ter passado a vida toda escondida de seu cruel tio regente, ela retomou seu trono e agora tenta solucionar todas as questões de seu reino que está a beira de uma guerra e passa fome. Mortmersne, o reino da Rainha Vermelha, ameaça cada vez mais a invasão do Tearling, e enquanto Kelsea se prepara para um cerco e tenta pensar em estratégias para salvar seu povo, ela vai lidar com uma nova faceta de suas pedras mágicas e da magia que elas possuem, que Kelsea desconhece e não sabe controlar. Visões de uma garota em outro tempo e mundo assolam a jovem Rainha, que começa a desconfiar que alguém está tentando lhe contar alguma coisa, enquanto lida com tudo isso, Kelsea ainda passa pelos processos de amadurecimento, auto conhecimento, e precisa lidar com seu próprio coração.



Segundo volume da trilogia A Rainha de Tearling e que continua me surpreendendo a cada página, a escrita densa de Erika Johansen começa a se ampliar nesse volume, que eu particularmente achei um tanto quanto lento, reduziria facilmente uma grande parte da história que ao meu ver se tornou bastante enfadonha. Como o livro é narrado em terceira pessoa, acompanhamos os diversos personagens criados e em cada momento um deles tem enfase, alguns desses personagens se mostraram completamente inúteis pra mim, e me peguei pulando alguns capítulos que estavam muito cansativos. Entretanto a história de Kelsea continua muito intrigante e a personagem forte e decidida continuou me ganhando a cada página e me incentivando a prosseguir na leitura, principalmente porque novos elementos foram surgindo na leitura, um lado de ficção cientifica que foi totalmente inesperado.

O exercito Mort se prepara pra invadir o Tearling, e Kelsea sabe que suas forças não são o suficientes para deter a Rainha Vermelha, apesar de ter conseguido atrasá-los através da magia de suas pedras, em breve eles chegarão a cidade e os Tear ficarão cercados. Enquanto procura estratégias para salvar seu povo, Kelsea passa a ter visões de uma garota em outro tempo, as visões são tão reais que Kelsea sente como se estivesse no corpo dela, um mundo tecnológico onde todos são controlados pelo governo, e um grupo rebelde tenta repelir as ações do governo, a jovem garota se vê envolvida na rebelião, onde todos eles tem esperança de conhecer um novo mundo. e a jovem rainha se dá conta que o novo mundo que eles buscam é o próprio Tearling.


Kelsea ainda precisa lidar com a magia negra que ronda suas terras, um ser negro que ela sabe já ter se aliado a Rainha Vermelha deseja fazer um acordo com ela, e o desejo em solucionar tudo e se mostrar uma rainha justa, o contrário do que sua mãe foi, pode ser a ruína de Kelsea. A garota também enfrenta a oposição da igreja católica, um poder muito grande é conferido ao corrupto santo padre, e eles são os grandes responsáveis pela prostituição que reina em Tearling, além disso como uma adolescente Kelsea precisa lidar com as questões de seu coração e seu desejo físico, apesar de essas questões sentimentais não terem sido exploradas na história.

Com uma mistura de fantasia épica com ficção cientifica, a autora conseguiu me surpreender e muito nesse volume, mesmo tendo as questões que deixaram a leitura um tanto quanto arrastada, ainda acredito que muitas coisas podem se desenvolver e aguardo ansiosa pelo terceiro e último volume dessa trilogia inovadora e que com certeza vai agradar aos fãs de alta fantasia.

Sobre a Série:


No Brasil está sendo publicada pelo selo Suma de Letras da Companhia das Letras, ainda sem data para publicação do último volume, que inclusive cnncorreu na categoria de melhor livro de fantasia em 2017 pelo Goodreards Choice Awards. A trilogia teve seus direitos vendidos, e poderá ser adaptado para o cinema, rumores que Emma Watson interpretaria a rainha Kelsea, mas ainda sem confirmações. Confira as capas internacionais!


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.