Resenha: Inventei Você? - Francesca Zappia

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Título: Inventei Você?
Autora: Francesca Zappia
Classificação:4.3  [Skoob]
Páginas: 346
Editora: Verus
Gênero: Young Adult, Sick-lit

Com um pai historiador nossa protagonista tem o nome em homenagem a Alexandre, o grande, ela se chama Alexandra Victoria Ridgemont. A jovem Lex, como a maioria a chama, está no último ano do colegial e para seu azar, mudou de escola, agora tem que fazer novos amigos, se enturmar... mas coisas típicas de adolescentes nunca foi o seu forte, mas quem sabe nesse ano ela não consiga.

Seu primeiro amigo de infância foi um garoto que ela encontrou no mercado e esse a ajudou a libertar várias lagostas. A ruiva é apaixonada pelos mariscos e os ouviu pedindo para serem libertados, e este garoto de olhos azuis veio a sua ajuda e eles libertaram as lagostas do tanque. Foi neste momento em que sua doença foi descoberta, a pequena Lex tem esquizofrenia e ela terá que aprender a lidar com a doença. Sua mãe sempre lhe disse que ela nunca salvou nenhuma lagosta do tanque e aquele garoto de olhos azuis é apenas algo da sua imaginação.
- Não, você não é uma má pessoa - disse ele. - E o Ritcher não é uma má pessoa, e eu não sou uma má pessoa. Somos apenas pessoas, e as vezes as pessoas fazem coisas idiotas.

 Agora com 17 anos Lex criou algumas formas de saber o que é real e o que não é. Ela sempre sai com sua câmera e tira fotos de todas as coisas que a deixam em dúvida, ela também tem sua bola da sorte e quando está muito triste sua irmã sempre está ao seu lado para ajudá-la. E esse último ano na escola será sua grande aventura.




Miles Richter é temido por todos na escola, se você quer pregar uma peça em alguém pode contar com ele para isso. Ele sempre está dormindo em sala de aula, mas por incrível que pareça é o aluno número um da turma. Quando Lex o vê fica muito intrigada, pois aqueles olhos azuis de Miles se parecem muito com os olhos azuis do garoto que lhe ajudou a salvar as lagostas, mas não pode ser verdade isso, sua mãe sempre lhe disse que o dia do mercado foi uma ilusão de sua mente.

A garota quer entrar para a faculdade e com isso vai parar no Clube de Apoio aos Esportes Recreativos, e quem é o líder desse grupo? Miles. Lá ela vai o conhecer melhor, e fazer seus primeiros amigos na escola.

Enquanto ia acompanhando Lex em sua aventura fiquei como ela, sempre sem saber se aquilo era real ou não. Muito interessante a forma como ela via o mundo, como ela lidava com tudo ao seu redor e toda a força que ela tem para simplesmente não se trancar em casa e jogar tudo para o alto. Acompanhar sua primeira festa, seu primeiro amor, seu primeiro beijo. Me apaixonei por ela e por Miles, adoro personagens inteligentes e Francesca nos brinda com dois. No livro tem o jogo de 10 Perguntas, você pensa em alguém e a pessoa te faz 10 perguntas para descobrir, as vezes que eram Lex e Miles brincando foram perfeitas. 

Quando peguei o livro para ler não sabia que era um Sick-lit e foi algo que me surpreendeu de forma positiva. A leitura é muito fluída e eu não conseguia largar o livro, queria logo saber como terminaria. Eu não curto finais abertos e Invente Você? tem um final dúbio, mas acho que esse final combinou tanto com a história que foi por conta dele que eu dei cinco estrelas para o livro. 

Um livro totalmente fofo e que lhe deixa suspirando depois, em alguns momentos ele me trouxe lágrimas aos olhos. Esse livro fala sobre o amor de uma família e até onde ela é capaz de ir para proporcionar um bem estar para alguém, amizades sinceras e amores que sabem esperar o momento certo para acontecer. Leitura mais que indicada para quem gosta de YA e de finais fofos, sempre que pensamos em sick-lit pensamos em finais tristes, mas esse não é o caso de Inventei Você? Espero que venha mais livros da Francesca Zappia para o Brasil. 

8 comentários :

  1. Oi, Paula!
    Confesso que ando beeem saturada de sick-lit, mas do jeito que você falou que é esse livro, dá vontade de ler o mais rápido possível.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  2. Oi Paula tudo bem?
    Eu já tinha visto essa capa por outros blogs, mas nunca me interessei o bastante para ler uma resenha dele, mas agora fiquei triste de saber que esse livro é tão fofo! Quero ler mais sobre personagens com esquizofrenia e agora quero esse livro para ontem!

    Adorei sua resenha e fiquei apaixonada pela capa!

    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Paula,
    Nunca tinha ouvido falar sobre a autora, mas gostei da sinopse desse livro.
    Me parece que a estória é um pouco confusa, já que vc citou que que a personagem sofre de esquizofrenia
    Quero dar uma chance a esse livro e tbm gostei da capa.
    Esse livro entrou pra minha lista e espero gostar da estória.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Parece ser uma história bem emocionante, acho muito interessante esses livros que tratam de pessoas com alguma doença, no caso desse a esquizofrenia, acho que é bom ler sobre esses temas mais intensos, que bom que o livro tem um final fofo, vou querer ler com certeza.

    ResponderExcluir
  5. Sick-lit é e sempre será um dos meus gêneros favoritos da vida, Inventei Você? é um livro que desde que vi a sinopse dele já quis ler, até hoje não li nenhum livro em que o protagonista tinha esquizofrenia e acho que esse seria o livro perfeito para ser o primeiro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. A arte da capa é linda e por tratar da esquizofrenia fiquei bastante curiosa. Quero ler em breve.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  7. Saudações Lady Paula,

    Que amorzinho de livro. As suas 5 estrelas são a prova de que ele deve ser lido. Veremos se saberei lidar com esse final em aberto hahahah fico muito desesperada com isso.

    Venha visitar o Castelo!

    Att.
    A Rainha ♛ The Queen's Castle
    Oriom vs A ordem dos cavaleiros prateados + sorteio
    Sorteio relâmpago (marcadores)

    ResponderExcluir
  8. Oi Paula.
    Essa é minha leitura atual e já li mais da metade do livro em uma única sentada, a história mexeu bastante comigo e confesso que já estou com o coração apertado, essa dúvida de saber ou não o que é real está me matando de um jeito mais ou menos bom, porque me prende ainda mais a leitura, enfim, não vejo a hora de saber o desfecho final e acompanhar toda a jornada dessa personagem.
    Bjs.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.