Resenha: Como Se Casar Com Um Marquês [Agentes da Coroa #2] - Julia Quinn

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Título: Como Se Casar Com Um Marquês
(Agentes da Coroa #2)
Autora: Julia Quinn
Classificação: 4.4 [Skoob]
Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época

"Pegue uma jovem dama desesperada para conseguir um marido, acrescente um atraente marquês disfarçado e tempere a receita com um manual extremamente irritante. E pronto. Como se casar com um marquês"  Julia Quinn

A Srta. Elizabeth Hotchkiss vem trabalhando como dama de companhia de Lady Danbury já a algum tempo, após a morte de seus pais ela se tornou a única responsável por seus três irmãos pequenos, e sustentá-los não tem sido fácil, é chegada a hora de se casar, de preferência com um homem rico, e o mais rápido possível! Entretanto, as opções de uma jovem dama sem dote ou família no interior da Inglaterra do século XIX são um tanto quanto escassas, mas quando encontra um pequeno livro na biblioteca de Lady Danbury, Elizabeth acredita que sua sorte pode mudar afinal, se ela seguir as instruções do manual "Como Se Casar Com Um Marquês" a oportunidade de conseguir um pretendente possa existir.

James Siddons, Marquês de Riverdale e sobrinho de Lady Danbury acaba de chegar a cidade, sua tia acaba de revelar um antigo segredo de família, e acredita estar sendo chantageada, por isso ninguém melhor que seu sobrinho, que trabalhou durante o período das guerras como Agente da Coroa disfarçado, para investigar quem é que pode estar chantageando sua querida tia. Para isso ele ficará na casa disfarçado como novo administrador de terras, e ele já tem sua primeira suspeita, a jovem dama de companhia  Elizabeth Hotchkiss, justamente a mulher de quem ele não consegue tirar os olhos. Em meio a tantas confusões, eles vão acabar descobrindo que o amor surge das maneiras mais estranhas!



Segundo volume dessa duologia muito divertida de acompanhar, narrada pela rainha dos nossos romances de época, Julia Quinn. Fiquei muito feliz porque a Editora Arqueiro publicou os dois livros em sequência, sem nos dar muito espaço pra saudade da escrita deliciosa e divertida dessa autora que eu amo mais a cada livro. Diferente do volume anterior, aqui encontramos personagens que já são nossos conhecidos, além de outros novos para agregar ainda mais sentimentos a trama, me diverti acompanhando Elizabeth e Lady Dunbury em suas tardes e me apaixonei por esse casal que tão gradualmente descobre seus sentimentos.
"Era comum acreditar que toda mulher solteira estava procurando um marido, mas apenas as mulheres mais patéticas seriam flagradas lendo um manual sobre o assunto."
Elizabeth carrega nos ombros a grande responsabilidade de sustentar uma casa e três crianças pequenas, foi interessante a maneira como a autora trabalhou isso, visto que não era nenhum pouco comum a época a mulher precisar desempenhar esse papel. O casamento torna-se portanto a única alternativa para uma jovem dama respeitável conseguir sobreviver a decadência de sua família, e mais uma vez vemos como a mulher era menosprezada nesse período, principalmente se não possuísse um dote. Apesar da vida difícil que leva, Elizabeth é muito grata por sua família e pelo trabalho com Lady Dunbury, em seu desespero encontramos uma personagem desastrada, engraçada e que enxerga a vida com muita positividade, e apesar de tudo ela ainda sonha com um amor verdadeiro.

James é apaixonante desde a primeira página, e eu já tinha me encantado por ele no primeiro volume dessa série. Muito leal a sua família, fiel aos seus amigos e com um coração que sempre deseja ajudar a fazer o bem, torcemos pra que a nossa mocinha enxergue esse lado tão maravilhoso de nosso personagem. Em meio a inúmeras discussões divertidas e beijos quentes e inesperados trocados, James e Elizabeth aos poucos descobrem sentimentos que os dois jamais pensaram em ter a oportunidade de sentir.
"Santo Deus, o que poderia James, ou qualquer outro homem belo e encantador, ver de interessante em um livro como aquele? Encarando da forma mais simples possível, era um material de pesquisa para mulheres desesperadas. E os homens não tinham por hábito comparar mulheres desesperadas com urtigas, infecção alimentar e peste bubônica?"
Apesar de ser um livro curto, achei que demorou um pouco demais para que alguns fatos acontecessem, e o desenrolar da história só acontece bem depois da metade. Mais uma vez temos pouca participação de outros personagens e esse volume também não se passa na temporada social inglesa como estamos acostumados nos romances de época, e foi interessante essa mudança de ares. Com personagens divertidos e cativantes, muitas brigas, um pouquinho de mistério e romance, Julia Quinn fechou mais uma de suas séries com chave de ouro, já estou com saudade do bate boca desses personagens <3.

6 comentários :

  1. Quero muito ter a oportunidade de ler este livro, espero que isto aconteça o mais rápido possível, pois e notório a forma cativante com que esta estória foi construída. Já que além de ter um romance que nos envolve a leitura, com diálogos inteligente, a estória se desenvolve em novos ares. Outro ponto que gostei, foi o fato de ter uma pitada de mistério.

    ResponderExcluir
  2. Um dos meus gêneros de leitura favorita é romance de época, então gosto muito dos livros de Julia Quinn, e ler sua resenha sobre Como Se Casar Com Um Marquês me deixou bem curiosa para ler este livro, a história parece ser ótima, pretendo ler este livro em breve.

    ResponderExcluir
  3. Os livros da Julia estão cada vez mais se tornando sinônimo de bom romance de época, a cada resenha que leio dos seus novos lançamentos a vontade só aumenta de ler ainda mais obras dela. Eu como um amante do gênero quero conhecer esse livro e aproveitar a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Lady Danbury é maravilhosa! Como é sofrida vida de mocinha, sendo preciso recorrer ao casamento pra tentar sustentar sua família... O bom é que mocinhos legais sempre aparecem hahahahahahaha
    Preciso muito ler James e Elizabeth ensaiando as dicas do livro ♥

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Começo dizendo que fico feliz que não é mais uma série longa, mesmo gostando muito da escrita da Julia, essas séries intermináveis me irritam um pouco.
    De cara já gostei do casal e do fato da história se passar em uma temporada diferente dos demais romances de época, quero muito ler essa duologia, espero gostar também.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá Carla,
    Tenho muita curiosidade de ler os livros dessa autora, mas ainda não tive a oportunidade.
    Eu planejo começar por essa duologia que li muitas críticas positivas.
    Que bom que a autora soube trabalhar com os personagens e fez o leitor gostar bastante deles.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.