Resenha: Maré Congelada [Falling Kingdoms #4] - Morgan Rhodes

segunda-feira, 18 de setembro de 2017


Título: Maré Congelada [Falling Kingdoms #4]
Autora: Morgan Rhodes
Classificação: 4.5 [Skoob]
Páginas: 440
Editora: Seguinte
Gênero: Young Adult, Fantasia
Pode Conter Spoilers de :

Nos episódios anteriores de A Queda dos Reinos... presenciamos o Rei Gaius tomando os reinos para si, e dominando toda Mítica, sua busca incontestável por mais poder, a grande procura pela Tétrade, e a corrida contra o tempo para ver quem encontraria primeiro seus cristais mágicos. Portanto em A Ascensão das Trevas vimos que no fim de tudo cada cristal mágico foi parar nas mãos de um personagem, Jonas, Lysandra e Felix que estavam trabalhando em conjunto com a Princesa Cleo, conseguiram dois cristais, a Princesa de Kraeshia, Amara, após nos surpreender com sua grande inteligência, consegue o terceiro cristal. Porém ninguém é o portador do quarto cristal que compõe a Tétrade, porque ele foi despertado, e descobrimos que dentro de cada pedra há um Deus Elementar preso lá dentro. Agora o Deus do Fogo, Kyan, está livre, e pretende libertar seus irmão, destruir todos que estiverem em seu caminho e conseguir sua vingança contra as pessoas que os prenderam. E para isso ele vai contar com a ajuda da jovem feiticeira, Lucia.


Na última batalha em Limeros, onde Amara, a princesa de Kraeshia, nos deixa chocada com seu grande plano para conseguir seu cristal, nós também presenciamos a morte de muitos personagens. Um deles é o grande amor de Lucia, Ioannes, que além de destruir os últimos sentimentos bons que permeavam o coração da feiticeira, também faz com que Lucia escolha um caminho perigoso a seguir, o da vingança. Após desaparecer misteriosamente, deixando toda Mítica espantada, a Princesa encontra uma nova pessoa para ajudar em seus planos, e que compreende totalmente seus sentimentos, o Deus do Fogo, Kyan.

Magnus precisa lidar com a bagunça que está em Limeros após certos acontecimentos, e além  de estar no comando para achar a Princesa Lucia, ele também está cuidando de todos os assuntos políticos de Limeros, já que decidiu voltar para o castelo, após resgatar a Princesa Cleo de uma execução. Contudo, nada disso será tão fácil de realizar, pois entre liderar Limeros, resolver as questões econômicas em que o Reino se encontra, Magnus não consegue mais negar o que sente pela Princesa Cleo, e todas as loucuras que ele já fez contra seu pai e o reino, para ajudá-la.


Cleo está em um grande conflito sobre qual caminho seguir após a briga pelos cristais, e se realmente pode confiar em Magnus, e em tudo o que sente pelo filho do Rei Sanguinário. Pois de qualquer modo ela precisa conseguir seu trono de volta, e ajudar seu povo. Jonas, que acaba perdendo um dos cristais para Felix, decide que precisa de qualquer modo entregar o que resta para a Princesa Cleo, e isso só será possível quando uma garota misteriosa aparece dizendo que pode ser de grande ajuda no caminho que vão percorrer.

Sendo assim vamos acompanhar novamente uma narração em terceira pessoa, as descobertas e decisões de cada personagem. Magnus e Cleo em Limeros, com seus conflitos internos entre o amor e a política. Jonas, Lysandra e sua acompanhante misteriosa a caminho de Limeros para encontrar a Princesa Cleo. Lucia e o Deus do Fogo em busca das pedras que levam ao Santuário, onde se encontram os vigilantes. E além de todos estes acontecimentos em Mítica, Maré Congela irá abranger um novo reino na história, O Império Kraeshiano, já que a Princesa Amara está de volta à sua terra, e com mais um plano surpreendente para por em prática. E não podemos esquecer do Rei Sanguinário, Gaius, que subitamente deixou o castelo, e está a caminho da capital de Kraeshia, para se encontrar com o Imperador, Cyrus Cortas, também conhecido por ser um governante impiedoso e que está sempre em busca de mais terras para conquistar.

Morgan Rhodes mais uma vez, me deixou surpresa a cada página virada, apesar de ter demorado um pouco para desenvolver o enredo, quando a leitura realmente engata, é plot twist, atrás de plot twist, e você não sabe se para a leitura e tenta assimilar o que acabou de acontecer, ou simplesmente continua porque precisa terminar logo. Fiquei totalmente feliz com a evolução no relacionamento de Magnus e Cleo, e um pouco triste pelo caminhos que outros shipps levaram. Lucia mais uma vez cai nas mãos de um personagem manipulador, e já não sei o que pensar dela. Jonas é o sofredor dos livros, o rebelde em uma causa que não sabemos mais se realmente vale a pena lutar. E não posso esquecer de Amara, a grande revelação do livro, onde tenho uma relação de amor/ódio, pois não dá para negar, ela é muito f*da.

A Série A Queda dos Reinos é indicada para todos os fãs de Fantasia, com uma trama que envolve política, romance e magia.

Um comentário :

  1. Olá!

    Ahhh os livros dessa série têm umas capas lindas! Eles parecem ser muito bons. Amo livros com plot twist, porque normalmente são as leituras mais fluidas!

    Beijos,
    Isa
    Viciadas em Livros
    Participe do Amigo Secreto Literário do Viciadas em Livros

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.