Resenha: A Rosa e a Adaga - Renée Ahdieh

segunda-feira, 7 de agosto de 2017



Título: A Rosa e a Adaga (The Wrath and the Dawn #2)
Autora: Renée Ahdieh
Classificação:  4.5 (Skoob)
Páginas: 364
Editora: Globo Alt
Gênero: Romance, Young Adult, Fantasia


Sherazade Al-Khayzuran se tornou a califa de Khorasan em busca de vingança por todas as garotas que morreram nas mãos de Khalid Ibn Al-Rashid, acreditando que ele fosse um monstro. Ao sobreviver para ver as auroras dos dias seguintes, ela descobriu que o jovem não era o que aparentava ser. Por trás de toda aquela armadura fria, se encontrava um califa amável que fora amaldiçoado, e desde então, vive atormentado e carrega um fardo de culpa por ter causado inúmeras mortes.

Após uma longa tempestade que deixou Rey - a maior cidade de Khorasan  - em ruínas, Shazi se viu forçada a abandonar seu amado califa. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq Imran Al-Ziyad, ela precisa encontrar uma maneira de retornar para sua cidade sem comprometer a segurança de sua família. Enquanto isso um exercito vem sendo formado, com o objetivo de guerrear e destruir o atual rei dos reis. Decidida à encontrar um modo para quebrar a maldição de Khalid e impedir essa rebelião, Sherazade vai adentrar em uma viagem mágica e de auto-descoberta que ela jamais sequer sonhou.



Renée Ahdieh dá inicio ao segundo livro da duologia, exatamente após o desfecho de A Fúria e a Aurora, sem deixar lacunas no enredo. Com maestria, ela dá continuidade ao romance sem perder as características que mais me encantaram no livro anterior, bastante descritiva e objetiva, com protagonistas encantadores e bem construídos. Sherazade continua uma personagem forte e destemida, que não precisa depender de ninguém para seguir o próprio caminho. Obstinada a conseguir o que quer, ela faz aliados portadores de magia que vão lhe auxiliar nessa jornada. Enquanto Khalid, sempre racional e estrategista, está em Rey tentando fazer o possível para reerguer sua cidade dos escombros, determinado a lutar pelo seu amor vai depositar sua confiança em Shazi para lutarem lado a lado contra os obstáculos que estão por vir.
"Quando seus olhos se encontraram, tudo em volta desapareceu. Até a chuva que caía parou de repente. Um minuto paralisado no tempo. Um par de olhos cor de âmbar através do balcão.
E não havia mais medo. Nem preocupação. Nem recriminação. Seus joelhos pararam de tremer. O coração dela firme no peito. Naquele instante de perfeito equilíbrio, ela compreendeu. Esta paz? Estas preocupações silenciadas sem esforço? Era porque ambos eram as duas metades de uma só coisa. Ele não pertencia a ela. E ela não pertencia a ele. Ninguém pertencia a ninguém. Ambos eram um só."
A autora abre espaço para novos personagens, que vão adicionar na narrativa diferentes plots que tornam a leitura mais interessante. Com diálogos bem construídos, Ahdieh conseguiu me surpreender em inúmeras partes da história, me fazendo sentir um misto de alívio e euforia em vários trechos, de tal modo que era impossível interromper a leitura. Esperava um pouco mais de desenvolvimento das histórias dos novos personagens, que se mostraram bastante interessantes quando foram inseridos na trama. E vale ressaltar que, diferente do primeiro volume essa sequência possui mais fantasia envolvida no enredo.

Além de finalizar a duologia de um modo completamente satisfatório, a autora faz nos apegarmos à personagens já conhecidos de A Fúria e a Aurora, como Tariq, Rahim - melhor amigo de Tariq, Jalal - primo e capitão da Guarda Real de Khalid, que estão presentes em toda a trama. A Rosa e a Adaga foi uma leitura gratificante, que não abordou apenas um romance envolto de fantasia. Neste ultimo livro são abordadas questões como maturidade, confiança, lealdade, família e amor. Para os amantes de fantasia jovem adulto, essa duologia está mais do que recomendada.


Sobre a  duologia: The Wrath and the Dawn, contém também 3 contos, que segundo a Editora Globo Livros, em breve serão publicados todos em uma edição única. 
Capa da edição brasileira e links para as sinopses:

The Moth & the Flame (The Wrath and the Dawn 0.25)
The Crown & the Arrow (The Wrath and the Dawn 0.5)
The Mirror & the Maze (The Wrath and the Dawn #1.5)

   

Um comentário :

  1. Olá, Mih!

    Sendo bem sincera com você, eu não gostei de A Fúria e a Aurora por inúmeros motivos. E por isso não tive vontade de conferir a sequência ainda.
    Acredito que algum dia irei ler porque odeio não terminar uma série, mas já imagino tudo o que vai acontecer nesse segundo livro e exatamente como vai ter terminar a história.
    Enfim, prefiro conferir outros livros no momento já que não tenho muito tempo livre sobrando. Mas acho que um dia leio esse também.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.