Resenha: O Beijo do Vencedor [The Winner's #3]- Marie Rutkoski

terça-feira, 13 de junho de 2017

Título: O Beijo do Vencedor (The Winner's #3)
Autor(a): Marie Rutkoski
Classificação: 4.6 [Skoob]
Páginas: 448
Editora: Plataforma 21
Gênero: Fantasia Épica, Young Adult
CONTÉM SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES.

"A guerra não era um jogo, mas ela queria muito fazer com que seu pai soubesse como era perder."

A guerra entre os Herranis e os Valorianos continua, e agora o povo de Dacra é aliado de Herran na tentativa de destruir o império de Valória. O mundo de Kestrel se despedaçou quando a carta que escreveu para Arin contando toda a verdade foi revelada, ela era a espiã de Herran na corte de Valória, ela não pretendia cumprir os planos do imperador de se casar com o príncipe, ela trabalhava para destruí-los, e agora eles descobriram tudo, e a garota está sendo enviada para uma prisão nos campos forçados de trabalho em meio a Tundra.

Com a guerra eclodindo de todos os lados, Arin não consegue acreditar que Kestrel esteve todo esse tempo mentindo, e enquanto ele cria alianças e lidera um exército para impedir Valória de escravizá-los novamente, ele também vai ouvir seu coração e tentar salvar a mulher que ama a todo custo.


Terceiro e último volume dessa trilogia que ganhou meu coração em cada página! No segundo volume acompanhamos nossos protagonistas em um jogo perigoso e oculto de seus inimigos na tentativa de vencer uma guerra que pode ser decisiva. Kestrel trabalhou como agente dupla e foi capturada, agora seu pai também sabe que ela é a grande traidora de seu povo, e abandonou completamente. Nesse volume vamos finalmente todas as revelações e traições sendo trazidas a luz, e o grande momento da guerra que vai decidir o destino dos povos vai finalmente chegar ao seu auge. A autora trabalhou muito bem as amarrações necessárias para concluir a trilogia, e nos pegamos ansiosos a cada página para descobrir o destino desses personagens a quem nos apegamos tanto!

Kestrel vai sofrer bastante nesse livro estando capturada, toda a astúcia e inteligência da protagonista vai ser explorada aqui, e também enxergamos muito mais das fraquezas dessa jovem mulher que sempre se mostrou tão forte e determinada. Ver os momentos de fragilidade dessa personagem me trouxe ainda mais identificação com a personagem, e através das situações que ela vai viver, ela consegue finalmente se decidir por um lado na guerra e reconhecer os seus sentimentos que antes eram tão confusos em relação a Arin. Assumindo seu lugar no exército ela se coloca frente a frente com a guerra que lutou tanto para que não acontecesse, e vai mostrar a que veio!

Arin está muito mais firme em seu lugar a frente de seu povo nesse livro, vemos um crescimento nítido no personagem e conseguimos avaliar todas as mudanças que ele viver desde o primeiro livro. Além disso nosso casal finalmente tem sua oportunidade de esclarecer tudo o que aconteceu desde que se conheceram, e de expor seus corações e sentimentos após seu crescimento e aprendizado pessoal.
"Mas aquela era mesmo você - ele disse.- Inteligente, corajosa. Manipuladora. Bondosa. Você não fazia nenhum esforço para esconder quem era. Então, me peguei querendo que você escondesse. Esse era o luxo da sua posição, não era? Que não precisava se esconder? Era da natureza condenada da minha posição que eu precisasse. E isso é verdade. Às vezes, uma verdade nos oprime com tanta força que não dá para respirar. Era assim. Mas também não era, porque não havia outro motivo para sofrer olhando para você. Você era amável demais. Para mim."
Ainda vemos muitos jogos de poder, maquinações, traições e estratégias nesse livro, ponto alto da escrita da autora que já havia conquistado nos volumes anteriores e que no último ela vem arrematando com tanta fidelidade, mais do que isso ela também trabalha a real natureza do ser humano, da consciência de certo e errado diante de situações adversas, a ideia de se colocar no lugar no outro e sentir compaixão, e diversos tipos de relacionamento, mas principalmente o de pai e filho e da linha tênue entre amor e ódio. 

Apesar de ter achado que o meio do livro foi um pouco lento e o final um pouco corrido para todas as situações que precisavam ser solucionadas, a trama foi bem amarrada e gostei do final político-social e do romance também. Sem sombra de dúvidas essa trilogia entrou para as minhas favoritas do gênero e indico para todos que procuram uma trama intricada recheada de romance, fantasia e um contexto político muito bem desenvolvido!

Sobre a Série:

trilogia está completa e no Brasil foi publicada pela Plataforma21 selo da Editora V&R, se você gosta de livros desse gênero pode conferir outras indicações no post Livros Por Temas: Fantasia Épica YA.

1- A Maldição do Vencedor | 2- O Crime do Vencedor | 3- O Beijo do Vencedor


Um comentário :

  1. Oi Carla, como vai?
    Eu sou apaixonada nessas capas, e a cada resenha que leio sobre os livros fico mais tentada a comprar e conferir. Ainda mais agora que a trilogia já está toda lançada. Gostei muito da sua resenha e de saber que o desfecho foi satisfatório. Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.