Resenha: Ligeiramente Seduzidos [Os Bedwyns #4] - Mary Balogh

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Título: Ligeiramente Seduzidos (Os Bedwyns #4)
Autor(a): Mary Balogh
Classificação: 4.2 [Skoob]
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época, Romance Adulto

Morgan Bedwyn é a mais jovem entre seus irmãos, e acaba de ser apresentada a sociedade. A jovem dama é linda e educada, além de ser irmã do Duque de Bewcastle, o que faz dela um dos melhores partidos da temporada. Entretanto ela não está assim tão preocupada com um casamento, apesar de diversos cavalheiros almejarem o direito de cortejá-la, Morgan quer aproveitar a juventude, e acima de tudo só quer se casar por amor. Com a ameaça de invasão de Napoleão Bonaparte mais uma vez em voga, Morgan acaba indo passar a temporada em Bruxelas acompanhada por uma família querida por seu irmão e lá ela acaba conhecendo Gervase, o conde de Rosthorn, que vai acabar se tornando mais próximo do que ela imaginava.

Gervase Ashford está afastado da corte Inglesa a nove anos devido a uma situação que manchou sua reputação, agora ele planeja não apenas retornar como também ocupar seu lugar de direito como um membro da aristocracia. Ao ver a jovem Morgan em um baile ele não pode deixar de se encantar pela beleza que ela possui, e mais do que isso, o envolvimento se torna perfeito quando ele descobre que ela é a irmã do homem responsável por seu afastamento durante tantos anos. Conquistá-la e realizar sua vingança nunca pareceu um plano tão doce, até o momento em que conhece Morgan verdadeiramente e seus sentimentos se tornam muito mais profundos, com a guerra eminente e tantos perigos e segredos cercando a corte, Gervase e Morgan vão aprender o real significado do amor.




Estava ansiosa pela história de Morgan ela foi a personagem que menos apareceu nos livros anteriores e queria muito conhecê-la melhor. Cada vez que penso ter amado um livro de Mary Balogh ela ainda me surpreende com um ainda mais interessante, e nesse o diferencial foi ter se passado durante um período histórico verídico, a batalha entre Inglaterra e França durante as guerras napoleônicas. Logo no começo a autora começa a traçar uma linha tênue entre o casal com tantos segredos entre eles, e nos vemos com o coração apertado torcendo para que tudo dê certo!
"Deve ter esquecido que sou uma Bedwyn, Nosso assunto não está terminado. Não sairei de fininho, com a cabeça baixa, apenas porque fui tola e inocente demais para reconhecer um patife."
Morgan é incrível, não podia esperar menos de uma Bedwyn, muito decidida e segura de si, ela é mais sensata e menos impulsiva ao contrário de sua irmã Freyja. Ela respeita a posição de sua família e se comporta sempre de maneira adequada para uma dama, mas preza por sua liberdade e seus direitos. Ela se apaixona perdidamente, se entrega completamente, mas também odeia com a mesma força, e vimos todas as facetas de sua personalidade ao longo da história. Quando a guerra eclode e se aproxima de Bruxelas, ela desiste de voltar para a segurança da casa de sua família e fica para ajudar a cuidar dos feridos, a cidade se torna um caos completo mas ela se mantém firme em sua posição e diversas vezes é criticada por sua bondade, afinal esse não é exatamente o comportamento que uma dama deveria ter. Em meio a tragédia ela e Gervase se aproximam cada vez mais, ele sendo seu único consolo em meio a desolação e tristeza, ela só não esperava ser tão absurdamente traída, e vai mostrar toda a força que até mesmo a Bedwyn mais jovem pode ter.
"Ele se sentia muito mais que levemente tentado. A sorte enfim lhe dera uma mão de cartas com grandes possibilidades."
Gervase é um conde sedutor, mas por ter sido acusado erroneamente teve sua reputação completamente deturpada, e para um homem naquela época recuperar sua honra não era nada fácil. Odiado pelo Duque de Bewcastle não vai ser nada fácil viver a paixão que sente por Morgan, e ele vai precisar de toda sua coragem para assumir seus sentimentos e seus erros. Adorei a química entre o casal, como a amizade gradual deles se tornou um sentimento tão forte e envolvente, ameaçado por segredos que podiam separá-los para sempre, além dos momentos muito românticos eu gostei muito dos diálogos divertidos entre os dois, e esse volume teve menos cenas sensuais que os anteriores.

A autora aprofundou bastante do contexto histórico do período da Batalha de Waterloo, o contexto da guerra entre Inglaterra e França foi muito bem inserido e mesclado com as partes ficcionais do romance, ouso dizer que o foco histórico foi muito mais explorado que a própria história do casal, uma mudança para a série que sempre aborda muito mais os protagonistas. Os irmãos Bedwyns não apareceram com tanta frequência, mas o envolvimento de Wulfric foi de extrema importância e fatos que são narrados nesse livro criam conexões importantes para os dois próximos volumes sem sombra de dúvidas.

Com uma trama histórica muito bem amarrada, personagens apaixonantes e um romance envolvente que ainda será destrinchado até o final da série, Mary Balogh me conquistou em mais um de seus romances de épocas deliciosos de acompanhar!
"Amo você por tudo o que é e por tudo o que irá se tornar. Admiro-a como mulher e como pessoa. Valorizo-a como amiga e companheira. Amo sua inteligência, sua visão artística, suas percepções da vida, seu espírito. Adoro-a como amante. Alimentarei sua liberdade pelo resto da vida, se me aceitar, E ofereço a você a minha verdadeira essência em troca." s2
Sobre a Série:

A série conta a história da família Bedwyn, mas os livros são independentes, entretanto pode ser que você perca alguns passos da dinâmica da família se não ser na ordem. São um total de 6 livros, publicados no Brasil pela Editora Arqueiro.


1- Ligeiramente Casados | 2- Ligeiramente Maliciosos | 3- Ligeiramente Escandalosos
4- Ligeiramente Seduzidos | 5- Ligeiramente Pecaminosos | 6- Ligeiramente Perigosos

Próximo Volume:



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.