Resenha: A Profecia do Pássaro de Fogo [Echo #1] - Melissa Grey

quarta-feira, 5 de abril de 2017


Título: A Profecia do Pássaro de Fogo (Echo #1)
Autor(a): Melissa Grey
Classificação: 4.0 [Skoob]
Páginas: 355
Editora: Seguinte
Gênero: Young Adult, Fantasia Urbana


"De acordo com as nossas profecias, o Pássaro de Fogo acabará com esta guerra contra os Drakharin, mas a natureza do fim depende de quem o controlar."

Completamente oculto do mundo humano, debaixo de grandes cidades, existe um submundo onde duas raças diferentes estão em guerra. Os Avicen possuem penas no lugar de pelos e os Drakharin possuem escamas de dragão no rosto, não se sabe necessariamente quando a guerra começou, mas milhares de ambas as espécies já morreram em combate, e a única saída para o fim desse embate pode ser encontrar o Pássaro de Fogo, uma lenda que muitos desacreditam ser verdadeira, e não se sabe exatamente o que é esse pássaro.


Echo tinha 7 anos de idade quando foi encontrada pela Ala, uma Avicen poderosa que pertence ao conselho de seu povo, e mesmo apesar de Echo ser humana, a Ala a acolheu como filha, levando-a para o submundo com ela. Agora a garota já tem 17 anos, e toda sua lealdade está com os Avicen, ela passeia entre os mundos tentando ajudá-los sempre que pode, cumprindo pequenas missões para a Ala, e mesmo namorando um jovem garoto Avicen que é seu melhor amigo de infância, ela sabe que jamais será aceita verdadeiramente. Quando conspirações começam a acontecer, Echo é enviada em uma missão para encontrar o Pássaro de Fogo, e quando sua melhor amiga é capturada e levada para o palácio Drakharin por causa dela, Echo vai fazer de tudo para salvá-la e vai acabar envolvida em uma aventura ao lado de pessoas que pertencem ao povo que ela supostamente deveria odiar.

Me interessei pela trama desde o seu lançamento, não somente a capa é interessante mas a própria sinopse parecia trazer algo de inovador pra esse gênero. Apesar do começo da trama ter me lembrado muito "Feita de Fumaça e Osso" de Laini Taylor, a autora tomou um rumo totalmente diferente e me surpreendeu não somente com sua narrativa cativante, mas com sua protagonista espirituosa e forte, e com seus personagens completamente apaixonantes, eu não conseguia tirar meus olhos das páginas aguardando os próximos passos das aventuras, além de um romance daqueles que deixam a gente suspirando SHIP REALIZADO COM SUCESSO!


Echo é do tipo de mocinha que sabe se virar sozinha, desde que foi viver nas ruas muito nova, e mesmo sendo acolhida pelos Avicen, ela sabia que era a única dona de seu próprio destino. Sua sagacidade me conquistou logo nas primeiras páginas, inteligente, destemida, e disposta a fazer tudo por aqueles que ama, além de ter sido uma personagem muito divertida!
"Ele estava errado. Ela tinha que encontrar o pássaro de fogo, mesmo que significasse juntar forças com alguém que Rowan havia sido ensinado a odiar desde pequeno. Era a única forma de ajeitar as coisas, de tirar seus amigos do perigo, de garantir que ninguém mais se machucaria por causa de uma guerra de cujo ínicio ninguém mais que estava vivo se lembrava. Ela não podia ir para casa, não até encontrar o que estava procurando, não enquanto era vista como traidora."
Apesar de ser uma lenda para os dois povos, o Pássaro de Fogo pode ser o único caminho para acabar com essa guerra, e Echo não é a única procurando por ele. O príncipe dragão Caius, após ser destituído por sua irmã, também está a procura da lenda, que ninguém sabe como ou o que é, e o caminho desses dois personagens vai acabar se cruzando, eles terão então que trabalhar juntos se quiserem descobrir mais pistas e saber se o Pássaro é real ou não, e tentar finalmente trazer paz entre os dois povos. Caius é doce! Ele é o completo oposto de tudo que pensei que ele seria quando os Avicen falavam dos Drakharin, apesar de ser firme e fiel ao seu povo, seu maior desejo é trazer a paz após ter passado por tantas perdas, e ele não vai conseguir controlar seus sentimentos por Echo.

A autora trabalhou duas questões muito importantes pra mim, primeiro o fato de não se importar com a aparência para se amar alguém, e a segunda foi os sentimentos entre dois personagens do mesmo gênero que depois aparecem no livro e florescem ao longo da leitura, achei super válido as representações e gostei de ela ter abordado isso. Me apaixonei pelo romance! Apesar de ter uma pontinha de triângulo amoroso que ainda vai dar dor de cabeça, eu fiquei muito envolvida pelo casal e shipei forte sofrendo com eles! Foi difícil pra mim tentar imaginar o que a autora tentou transmitir através das descrições das duas raças, me deixou um pouco confusa. O desfecho apesar de ter sido surpreendente, eu esperava mais, mas aguardo ansiosamente o próximo volume da série pra saber mais sobre esses povos incríveis e esses personagens brilhantes.

Sobre a Série:

A trilogia de Melissa Grey é publicada no Brasil pela Editora Seguinte, e o segundo volume "A Ameaça Sombria" é lançamento de Março de 2017, ainda sem data de publicação para o terceiro volume, mas você pode conferir a capa internacional, a editora tem mantido as capas no Brasil.

  

2 comentários :

  1. Estou com esse livro na minha lista de leitura, me interessei bastante pelo cenário que ele passa (não li Feita de Fumaça e Osso, mas quero).

    www.papuff.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla!!!

    Esse é um dos livros que estão no meu Kindle há séculos e que ainda não me dignei a ler... Hahahahahaha
    Mas adorei sua resenha e agora estou morrendo de vontade de começar! Espero gostar tanto quanto você!! :D

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.