Resenha Dupla: A Rainha Exilada [Os Sete Reinos #2] - Cinda Williams Chima

quarta-feira, 26 de abril de 2017



Título: A Rainha Exilada (Os Sete Reinos #2)
Autor(a): Cinda Williams Chima
Classificação: 4.5 [Skoob]
Páginas: 456
Editora: Suma de Letras
Gênero: Young  Adult, Fantasia Épica
Pode conter spoilers do primeiro livro!

Após sua partida desesperada de Fells, fugindo da rainha e de um casamento forçado, Raisa agora está a caminho de Val de Oden, o local onde se encontram as academias de estudos para magos, guerreiros e artesãos. Foi a única saída para impedir o casamento com Micah Bayar, e agora ela anda escondida em meio ao grupo de guardas, como se fosse um deles. Em Val de Oden ela pretende se tornar uma aprendiz de soldado, e assim adquirir conhecimentos que podem ser imprescindíveis quando ela se tornar a rainha, mas por enquanto ninguém pode saber sua identidade, e Amon vai se certificar de protegê-la, principalmente porque a conexão entre eles está mais forte que nunca.

Han Alister descobriu tudo sobre seu passado, sua conexão com a magia é muito maior do que ele imaginava, e agora ele foi enviado para ser treinado como um feiticeiro juntamente com seu amigo Dançarino de Fogo, e o caminho para Val de Oden não vai ser nada fácil, bastante perigoso, principalmente porque mesmo forjando sua morte, seus inimigos estão em seu encalço, e todos eles vão se encontrar na academia. Han e Dançarino vão viver uma aventura enquanto são treinados e descobrem mais sobre seus poderes, além de fazer novos inimigos e reencontrar outros, eles vão descobrir que a magia pode ser muito mais perigosa do que eles pensam.



Segundo volume dessa saga de fantasia épica, que eu (Carla) e a Nik decidimos ler e comentar juntas dessa vez! Foi bem divertido, porque gostamos do mesmo gênero e temos opiniões muito parecidas, e quem é que não adora ter um amigo pra conversar enquanto está lendo aquele livro tão esperado né? Por isso na resenha de hoje vocês vão conferir um pouquinho da opinião de cada uma, e entender mais sobre o universo criado por Cinda Williams.

Han e Raisa são dois personagens com passados e vidas totalmente diferentes, ela criada como uma princesa para reinar no lugar de sua mãe um dia, e ele crescido nas ruas, passando fome e roubando para sobreviver e cuidar de sua família. A autora nos leva a cada capítulo a um ponto de vista dos personagens da história, trazendo uma visão mais ampla dos acontecimentos e nos preparando para o reencontro deles.

Apesar de gostar muito de ver o cotidiano dos personagens e isso geralmente cria um vínculo maior do leitor com eles, achei a história muito lenta! Na primeira metade acompanhamos o caminho deles até alcançarem Val de Oden, os dois são foragidos, cada um está em um caminho diferente, mas nesse momento possuem os mesmos inimigos, que vão fazer o possível para impedi-los de alcançar seus objetivos. Na segunda parte, estamos na academia, Han treinando para se tornar um feiticeiro, e Raisa para ser uma guerreira, e os caminhos deles se cruzam tardiamente no livro, deixando o leitor bastante ansioso.

Gosto muito de Raisa, ela é uma personagem forte e determinada que quer fazer o melhor por seu reino e sua sensatez é muito surpreendente pra uma personagem de sua idade, ela só me irrita um pouquinho quando não consegue compreender seus sentimentos, o que faz com que os romances sejam bastante complicados nesse volume. Han é o protagonista vítima, ele sofre muito, todos querem matá-lo, é sempre menosprezado, mas guarda um poder enorme dentro de si, mais do que magia, sua coragem é sempre admirável, mas achei os capítulos dele bem cansativos.

Apesar de ter gostado muito de alguns fatores que aconteceram no livro, esse volume foi extenuante e cansativo, acho que a autora perdeu muito tempo com detalhes desnecessários que não acrescentaram muita coisa, mas aguardo uma mudança nos próximos volumes da série, pois esse foi apenas um prelúdio de tudo que ainda veremos se desenrolar.




Oie gente! Como a Carla já disse, esta será uma resenha dupla, e os próximos da série pretendemos fazer o mesmo, já que vamos ler todos juntas. 
Em comparação com o primeiro livro da série, A Rainha Exilada caiu na maldição do segundo livro das sagas, onde a autora praticamente não desenvolve o enredo, para deixar a história para as sequências. 
Nós acompanhamos os dois personagens principais, Raisa e Han, no seu caminho para Val de Oden, e praticamente 50% do livro é esta viagem deles. Com a narração intercalada, imaginei que não seria cansativo, e Cinda Williams iria trabalhar melhor estas cenas, mas foi o contrário, a leitura ficou maçante, principalmente nos pontos de vista de Han, e quando finalmente chegam à escola a única expectativa que temos é quando será o reencontro dos dois personagens. Pois após sua chegada perdemos mais uma porcentagem do livro no cotidiano repetitivo dos dois.

Por outro lado, temos um pouco do desenvolvimento em ambos protagonistas da história, tanto físico quanto emocional, onde cada um evolui muito, mas percorrem um caminho com algumas decisões impulsivas e muitas vezes imaturas. A autora cria um belo mistério em volta de um novo personagem, que tecnicamente foi o que me manteve na leitura. E novamente ela trouxe um bom final, que com certeza te impulsiona a ler o próximo. E espero que no terceiro livro, possamos ter algumas repostas, e que a autora não guarde todo o progresso da história apenas para o final.



Sobre a Série:

Os livros são publicados pelo selo Suma de Letras da Cia das Letras, e tem um total de 4 volumes, todos já publicados no Brasil. Confira as capas:


2 comentários :

  1. Oi, meninas!
    Gente, eu sempre tive vontade de ler essa série, mas ainda não havia lido nenhum comentário sobre.
    Pena que caiu na maldição do segundo livro, mas pelos comentários de vocês vale a pena conferir.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  2. Gente essa serie é maravilhosa, li toda e deu até tristeza qd eu terminei de ler kkkkk, vale mt a pena ler

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.