Resenha: A Descoberta das Bruxas [Trilogia das Almas #1] - Deborah Harkness

quarta-feira, 29 de março de 2017


Título: A Descoberta das Bruxas (Trilogia das Almas #1)
Autora: Deborah Harkness
Classificação: 4.2 [Skoob]
Páginas: 640
Editora: Rocco
Gênero: Fantasia, Romance Sobrenatural

Durante uma pesquisa na Biblioteca Bodleinada de Oxford, a históriadora Diana Bishop encontra um manuscrito, nomeado Ashomole 782, que vai atrapalhar seus planos de viver como uma humana. Diana, é a última descendente de uma antiga e notória linhagem de bruxas, no entanto, desde os seus sete anos, ela reprime seu poder, e faz o possível para não precisar de recorrer à mágia. Convencida de que é melhor ser uma humana do que um bruxa, ela buscou focar em uma área acadêmica em prol de contrubuir para o mundo sem utilizar seus dons. É realizando suas anotações sobre sua área de pesquisa - Alquimia -  que ela solicita o Ashomole 782 para consulta, completamente estranho e muito antigo, ela não esperava que ele fosse um manuscrito encantado e perdido durante séculos, e que ao ser descoberto e tocado por ela, iria despertar a curiosidade de muitas criaturas que ela tenta manter distância.  


Um dos interessados na antiga obra alquimca, é Matthew Clairmont, um geneticista apaixonado por Darwin e estudo das éspecies. Aparentemente é um jovem acadêmico, misterioso e galanteador, no entanto Matthew já viveu mais de 1.500 anos. Ao se aproximar de Diana, o vampiro desperta nela uma certa desconfiança. Motivado pela sua busca pelo exemplar, seu interesse pela historiadora ultrapassa os limites da amizade, e esse afeto não demora muito a ficar evidente, para ambos. Com demônios e vampiros cruzando o seu caminho, Diana se torna vulnerável e relutante em assumir sua natureza de bruxa, e a única pessoa a quem pode recorrer em Oxford, é Matthew.
- Não uso magia nem poder nem feitiçara ou o nome que se dê. Isso não tem nada a ver com quem eu sou. (Diana)
- Claro que a magia tem a ver com você. Está no seu sangue. Está nos seus ossos. Você nasceu de uma bruxa, da mesma forma que nasceu loura e de olhos azuis. (Matthew)
Juntos, eles vão fazer o possível para que o manuscrito não caia em mãos erradas, seja de demônios, outros vampiros ou de bruxos mal-intencionados. À medida que a aliança do vampiro e da bruxa passa a ser mais íntima, mais conflitos envolvendo uma misteriosa e antiga congregação, vão interferir nos planos do casal. Desse modo, Diana vai ter que aceitar e aprender a lidar com os poderes sobrenaturais do seu legado Bishop, e com a ajuda de Matthew vai tentar desvendar os mistérios do seu passado e a importância do Ashmole 782.

Deborah Harkness me surpreendeu com sua narrativa detalhista e muito bem criada. Com as doses certas de magia, romance e mistério. Os personagens são muito bem desenvolvidos, tantos os principais quanto secundários. A autora também insere diálogos científicos que se adequam bem às atividades acadêmicas dos protagonistas. O livro tem um enredo fluído, em alguns aspectos esperava um pouco mais de ação, mas mesmo assim, a passagem de tempo dos acontecimentos é bastante coerente. Repleto de detalhes e boas descrições o leitor vai conhecer todos os cantos de Oxford até as montanhas e châteaus da França. A Descoberta das Bruxas, foi bem finalizado e deixou um bom gancho para a sequência, que espero ler em breve. Para os fãs de romance paranormal, com bastante foco na magia e no paranormal, essa é uma leitura mais que recomendada, e estou satisfeita por ter conhecido o talento de Deborah Harkness.  

Sombra da Noite (Trilogia das Almas #02)
O Livro da Vida (Trilogia das Almas #03)
Sombra da Noite O Livro da Vida

4 comentários :

  1. Olá!
    Eu tenho muita vontade de ler essa trilogia. Ela parece tão interessante. A premissa, esse lado fantástico *-* Fiquei curioso.
    Além disso acho as capas super lindas.
    Não li muitos livros de bruxos na minha vida, e essa é uma trilogia que tenho vontade de conhecer.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Mano, gostei bastante da premissa do livro... Tinha que ser da rocco kkkk! Gostei muito da resenha Curta e bem explicada! Mas n ser se leria!

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mirian!
    Eu vi sobre essa trilogia outro dia, mas ainda não havia lido nenhuma resenha sobre ela. Lendo a sua, acho que seria uma ótima leitura para mim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mírian!!!

    Eu tenho esse livro há anos e ainda não parei para ler, acredita?! Foram surgindo tantas coisas e outros títulos também que entraram na frente e está até hoje na minha prateleira.

    Pelo menos a trilogia já foi toda publicada, né?

    Gostei muito da sua resenha e estou querendo tirar esse livro parado há algum tempo já. Vou me programar para isso! :D

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.