Resenha: Mundo Novo #01 - Chris Weitz

domingo, 6 de novembro de 2016



Título: Mundo Novo [Mundo Novo #01]
Autor: Chris Weitz
Classificação: 4.0 [Skoob]
Páginas: 328
Editora: Seguinte
Gênero: Jovem Adulto; Distopia

Podemos dividir o mundo no Antes e no Agora, um Mundo Novo foi criado depois que um vírus dizimou grande parte da população. Todas as crianças e os adultos morreram, E agora temos apenas os jovens/adolescente vivos. Mas eles também já tem seus dias contados, a maioria falece assim que completa 18 anos. Imagina um mundo comandado por esses jovens que não possuem esperança ou sonham com um futuro melhor, que lutam por sua sobrevivência com unhas, dentes e armas. Por todo o mundo os sobreviventes se juntaram em pequenas comunidades, e o grupo que iremos acompanhar vive em Nova York, uma cidade pós-apocalíptico onde existe várias tribos guerreando por alimentos, medicação, armas e conhecimento.
Essas duas perguntas resumem muito bem as coisas hoje: um grande POR QUÊ?, e, ao lado, um grande POR QUE NÃO.

Washington Square é a tribo onde vive Jefferson e Donna, os dois jovens eram amigos desde pequenos e dentro da tribo Jefferson é considerado o líder, e Donna a médica. Ambos com personalidades muito diferentes. Enquanto ele é aquele nerd fofo que pensa no bem de todos, ela é aquela menina com o foda-se ligado que não está nem aí para nada, mas quando um membro da tribo aparece, falando que acredita existir uma cura para a Doença ela decidem entrar nessa busca.
Eu: Cara. Topei fazer uma visita à biblioteca e voltar para o jantar. Agora você quer salvar o mundo? [...]
Crânio: Vamos colocar dessa forma: o que você tem a perder?
Minifu: É. Você vai morrer de qualquer jeito. Porque não tentar fazer algo útil.
Primeiro eles vão atrás de informações na biblioteca, mas lá acontece coisas inimagináveis. Então eles seguem para uma outra tribo e ficam sabendo da lenda "O Velho", dizem que existe um adulto que não morreu quando o vírus se espalhou. Depois de muitos tiros, sangue derramado e pessoas mortas pelo caminho eles vão seguir até onde suas forçar permitirem para descobrir se realmente existe uma cura.


Eu não consegui me conectar com essa leitura, vários momentos durante ela eu me sentia dentro de The walking Dead, mas sem o lado fantasioso, não existia zumbis ou algo do tipo na leitura, mas as tribos, a briga por poder e as andanças extremamente perigosas me deram essa impressão. O livro tem a narração intercalada entre Donna e Jefferson, enquanto ele seria considerado o fofo ela é considerada a desbocada. Ele acredita em um futuro, em quem sabe começarem a criar um Novo Mundo a partir dessa desgraça. Que tudo poderia ser diferente, Jeff é um otimista. Já Donna só espera o dia em que irá completar seus 18 anos e morrer, não acredita no amor, não se imagina em um futuro melhor, eu diria que ela é uma realista durante a situação que estão vivendo.

O livro é narrado dois anos após o caos que aconteceu. Chris Weitz é roteirista de grande sucesso e essa foi sua estreia no universo literário. Não gostei da forma que alguns diálogos foram apresentados no livro, você pode ver como eram na segunda quote da resenha. Em alguns momentos os narradores estavam no presente e do nada surgia lembranças do Antes e isso me deixava bem confusa. Porém o livro foi uma leitura bem dinâmica, se você é fã de distopias tem que conferir Mundo Novo.
Então, só para você saber, vou ser uma narradora confiável.Tipo totalmente confiável. Pode confiar em mim.
A primeira coisa a meu respeito: não sou bonita. Se você está tentando imaginar como eu sou, não imagine uma estrela de cinema ou algo assim.
Todos os livros da Trilogia Mundo Novo já foram lançados no Brasil. Confira as capas.
Acho elas M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.A.S.

      

3 comentários :

  1. Oi Paula! A resenha tá mto boa, uma pena eu não conseguir me envolver num enredo assim, talvez seja o gênero não sei...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. A capa do primeiro livro e linda, já tinha visto antes no entanto ainda não conhecia a história. Essa coisa de tribo me deixou curiosa, porque ainda não li nada do tipo, a trama parece ser realmente confusa, pelo que me pareceu pela sua descrição. Fiquei bastante curiosa para saber mais sobre os personagens, e as formas como eles são. Irei dar uma chance a esse livro, pois a leitura me pareceu ser bastante dinâmica.

    ResponderExcluir
  3. Essa coisa toda de mundo apocalíptico, luta pela sobrevivência e busca da cura... a primeira coisa que me veio à mente foi TWD tbm 😂😂😂😂😂
    Talvez tenha sido uma inspiração, com uma abordagem diferente...quem sabe? O fato é que o livro não me chamou atenção.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.