Resenha: Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently - Douglas Adams

terça-feira, 4 de outubro de 2016


Título: Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently
(Dirk Gently #1)
Autor: Douglas Adams
Classificação: 4.0 (Skoob)
Páginas: 240
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção Científica, Comédia/Humor
“Um colossal épico cômico musical romântico policial de horror sobre viagens no tempo, fantasmas e detetives.” - O autor

Você pode achar inicialmente que essa história é completamente desconexa, não se assuste, ela é. Douglas Adams, com seu modo peculiar e excêntrico vai lhe fazer dar boas gargalhadas com esse livro.

Richard MacDuff é um engenheiro da computação, inteligente e habilidoso, se tornou bem sucedido criando softwares fora do comum.  Ele namora Suzan Way, a filha do patrão - Gordon Way, que inusitadamente, foi encontrado morto! Após Richard, deixar um recado equivocado na secretária eletrônica de Suzan, ele se vê fazendo uma loucura pra desfazer essa gravação. Ao mesmo tempo, que o inusitado britânico Dirk, é testemunha de tal façanha e decide interver, fazendo uma interconexão obscura entre a atitude do ex-colega com o assassinato de Gordon. 

Svlad Cjelli. Mais popularmente conhecido como Dirk, embora a palavra "popular" não fizesse muito sentido no caso dele, estudou com Richard na faculdade, e agora é um detetive - que age totalmente diferente dos padrões de investigações. 

AGÊNCIA DE INVESTIGAÇÕES HOLÍSTICAS DIRK GENTLY: Solucionamos qualquer crime. Encontramos qualquer pessoa. Ligue hoje mesmo para obter qualquer solução para qualquer problema
 (Especializados em gatos desaparecidos e divórcios complicados).

Adams vai lhe apresentar, um Monge Eletrônico (intertemporal) com defeito, que acredita que o mundo é rosa, e que crê também, em todo tipo de coisas, de forma mais ou menos aleatória. Um Cronologista de mais de 200 anos. Uma égua que aparece inusitadamente em um banheiro da faculdade. Um sofá entalado na escada e um fantasma inexperiente. Tudo isso, não parece ter nada em comum, mas para Dirk está tudo conectado. Ele tem um caso interessante em mãos, mas o que faz ele ficar mais empolgado, são as peculiaridades por trás de todos aquelas situações (bizarras) e seu objetivo é provar a interconexão fundamental de todas as coisas - e comer muita pizza, muita, muita pizza. Afinal, ele precisa desvendar um misterioso mistério, solucionar um assassinato, auxiliar um amigo, e de brinde salvar a humanidade!

Douglas Adams é um autor consagrado na ficção científica, devido sua homônima série - O Guia dos Mochileiros das Galáxias. Que eu particularmente indico para todos que gostam de ficção com um misto de humor e busca pelo sentido da vida.

Em Agência de Investigações e Holísticas Dirk Gently, ele nos apresenta mais um história cômica, com diálogos loucos e absurdos, viagens no tempo, e descrições peculiares de situações simples do dia a dia. Conecta personagens inimagináveis e brinca com tudo isso, do modo mais normal, que pra nós leitores, não tem nada de normal. Até a metade do livro, vamos conhecendo um pouco de cada personagem e alguns plots sem sentindo, mas no decorrer, Dirk será imerso no enredo e tudo se torna mais divertido. Esse é o estilo Douglas de criar histórias. Pra quem já está familiarizado com o modo de narrativa do autor, essa é mais uma leitura indispensável, que além de fazer você ficar se perguntando "WHAT?!" durante boa parte do livro, vai também te prender com um suspense excêntrico, e te surpreender da forma em que TUDO (mas tudo mesmo) se conecta no final.
Por meio de uma engenhosa série de negações estratégicas das coisas mais empolgantes e exóticas, pôde criar o mito de que Dirk, era paranormal, místico, telepata, predestinado, vidente e morcego vampiresco psicosássico. O que significava “psicosássico”?
E olha aqui, mais um motivo pra você dar uma chance pro Douglas Adams na sua meta de leitura, isso claro, se você for um seriador! 
Agência de Investigações Holísticas já tem uma nova série de TV sendo produzida. 


A série, produzida pela BBC América em parceria com a Netflix, estreia em outubro, e em dezembro estará disponível pela Netflix. O primeiro trailer foi exibido na Comic Con de San Diego 2016, e já nos apresenta um pouquinho do que vem por aí, com uma mistura de comédia com ficção científica, o programa terá Samuel Barnett, como o excêntrico detetive e Elijah Wood, interpretando um relutante assistente; juntos eles vão se aventurar pelo tempo e espaço para solucionar mirabolantes mistérios. 

5 comentários :

  1. Oi, Mih!!

    Não estava sabendo dessa série ainda, mas já estou com problemas para acompanhar as antigas - imagina começar novas!! Hahahahaha

    A história parece ser ótima e carregar todo o estilo doidão do Douglas Adams. Acho os livros dele muito legais apenas pela diferenciação do formato da história e dos personagens doidos (o melhor, na minha opinião). Hahahaha

    Vou adicionar na minha lista com certeza!! ;)

    Bjs!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O dilema das séries! hahahah Não tem como viver e acompanhar tudo neh. Mas parece ser bem legal, e com certeza doida, afinal quando se trata de Douglas, não tem nada de normal! hahaha

      Excluir
  2. Oii! Me indicaram a série esses dias, confesso q qdo li uma resenha pensei q não iria gostar, mas aí fui acompanhando e estou bastante curiosa por conta do enredo q têm me agradado bastante. Espero conseguir ler o mais breve..
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja a série sim Aline, é ótima. E o livro apesar de divergir bastante da série, também é muito legal. :)

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.