Resenha: A Garota do Calendário: Março || Abril - Audrey Carlan

sexta-feira, 2 de setembro de 2016


Título: A Garota do Calendário - Março
Autora: Audrey Carlan
Classificação: 3.9 [Skoob]
Páginas: 144
Editora: Verus
Gênero: Romance adulto, Erótico




No mês de Março Mia irá para Seattle com o propósito de fingir ser a noiva de Anthony, um italiano super famoso, dono de um conjunto de restaurantes em Chicago e também ex-lutador de boxe. Mas ela não esperava que seu novo cliente precisava dela porque ele ainda não estava preparado para assumir para sua família que era gay, e principalmente que desde a faculdade ele mantém um relacionamento com seu melhor amigo, Hector

Assim que Anthony aparece com sua suposta noiva, a família dele já fica louca, esperando data de casamento, quantos filhos irão ter, e milhares de outras coisas. Mas a questão é que certamente tudo era uma atuação, que resultava em mais tempo para Anthony decidir contar à sua família sobre sua escolha sexual. O problema mesmo é que nesta indecisão do personagem, ele acaba ferindo os sentimentos de Hector no processo, pois seu parceiro sempre foi calmo e entendia sobre o fato de manterem o relacionamento escondido dos outros. Contudo sempre chega o momento do "basta!", já que certamente ninguém quer viver em segredo e nunca poder manisfestar seu afeto pela pessoa que ama, em público.


O mês de março trouxe uma surpresa muito grande tanto para mim quanto para Mia, neste terceiro mês a personagem está mais leve e divertida depois de ter passado trinta dias com o intenso Alec Dubois. Anthony e Hector são um amor, e gostaria de acompanhado um pouco mais deste casal ♥. Com certeza este livro elevou minhas estrelinhas, porque foi uma história diferente e não tão repetitiva quanto achei que seria, quando os meses fossem se passando. Tenho certeza que muita gente também amou e ficou maravilhado com as coisas inesperadas que ocorreram no enredo.

Não é atoa que março foi um dos melhores. É o mês do meu aniversário XD




Título: A Garota do Calendário - Abril
Autora: Audrey Carlan
Classificação: 3.9 [Skoob]
Páginas: 160
Editora: Verus
Gênero: Adulto, Erótico


Em Abril, Mia continua sua jornada em Boston, onde terá que trabalhar para melhorar a imagem do astro de Beisebol, Mason Murphy, para seus patrocinadores e para a Mídia. Nossa protagonista é uma grande fã do esporte, e com certeza neste mês ela vai ter uma experiência incrível, com um jogador super sexy e lindo. Assim que chega na cidade Mia pensa que esse mês seria muito mais divertido que março, já que não teve nenhuma "ação" com seu cliente posterior. 

Mas em Abril, além de fingir ser a namorada do jogador de beisebol por trinta dias, Mia terá que agir como cupido. Pois é, ela também não vai conseguir tirar uma casquinha de Mason, porque irá ajudar Rachel, a relações-públicas dele, a admitir os sentimentos que tem pelo Sr. Murphy

A protagonista irá passar por alguns conflitos em Boston, mas nada que entre no caminho da evolução que estamos vendo dela durante os meses. Mason é um jogador totalmente arrogante, convencido e muito sexy, sempre acostumado a ter o que quer e não estava preparado para o furacão Mia, no mês de Abril. Rachel é super tímida, mas muito fofa, e nunca teve coragem para dizer o que sente, e mal ela sabia que Mason poderia retribuir este afeto. Por mais que este livro tenha trago algumas surpresas como em Março, achei o enredo um pouco fraco, tanto que demorei mais de um dia para finalizar. Estou louca pelo mês de Maio, pois Mia irá para o Hawaii e terá a companhia de sua irmã e sua amiga louca Gin. Ansiosa!

11 comentários :

  1. eu estou apaixonada por essa série, até agora só consegui ler os 4 primeiros mas já torço muito p a Mia encontrar a felicidade. #Confie na jornada #somos todos Wia Adoroooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #Confienajornada hauahuahauha adorei.
      Leia os oooutros xD
      São muito bons

      Excluir
  2. Estou gostando da série e o mês de março foi o meu favorito até agora. Acredito que foi o livro no qual Mia pode de fato ajudar alguém e fazer algo mais útil. Além disso, foi explorado o fato do preconceito que a família teria em frente ao fato do filho se assumir gay. O mês de abril também gostei, ela também se faz útil ao unir o casal, mas ainda prefiro o mês de março dentre todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho o mesmo Patricia, no mês de março ela teve uma "utilidade" melhor. Também é o que mais gostei até o momento!

      Excluir
  3. Tenho os dois primeiros livros dessa série, mas sou o tipo de leitora que gosta de ter a serie toda, para ler tudo de uma vez, porém após ler sua resenha dos meses de março e abril, e percebe o quantos a histórias são diferentes, cativantes, e muito amor, fiquei balançada para começar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom ter tudo publicado pra ler sem se preocupar com sequências não lançadas.
      Mas vale a pena, cada mês nos mostra algo diferente e criativo.

      Excluir
  4. Este de março está parecendo bem mais interessante e mudou um pouco. Aí tem graça. Porque fiquei pensando em como a autora iria mudar o clima de cada livro, se não iria ficar chato e repetitivo e acho que ao menos nesse tem algumas coisas que podem surpreender. O outro até achei legal de premissa porque gosto de histórias assim, mas se for fraquinho...humm =/
    Ainda quero ver se leio esses livros.

    ResponderExcluir
  5. Amei todos os livros que li até agora, Mia é bem safadinha!!! adorooooooo!!
    Achei que ia ser hot o tempo todo mas as histórias são interessantes. Tô amando!!!

    ResponderExcluir
  6. Em ainda não li nenhum livro da série, pois sempre que vejo resenhas dos livros encontro tanto pontos positivos quanto negativos. E por esse e outros motivos ainda não me arrisquei na leitura, mas depois de ler a resenha do de Março vou dar uma chance a Mia e ver se consigo ler todos os livros! Adorei a resenha, beijso

    ResponderExcluir
  7. será que eu sou a única pessoa que não está conseguindo engolir essa série?
    sei lá, o motivo que levou ela para fazer isso não dá para mim e ainda por cima se tanto o pai e o ex não sofrerem bem muito...
    como eu não consegui aceitar o motivo eu acabei que não consegui ler
    ficou aquele livro que se eu pegar emprestado, se alguém me der ou algo assim eu leio
    e tb pq eu acho que é muito livro para pouca história

    ResponderExcluir
  8. Oi Nikolle,
    Confesso que a grande repercussão que a série A Garota do Calendário vem tendo está me deixando bem curiosa, tenho que dar uma chance e iniciar a leitura já.
    A maior parte da minha curiosidade se deve ao número de páginas, a expectativa que tenho é de que as histórias serão rasas e sem muito aprofundamento, deixando a sensação de que falta algo a mais, sem falar que tinha o receio de que seria muito repetitivo. Mas pelo jeito estou um pouco enganada, pelo menos o livro Março parece ser bem interessante.
    Como faz tempo que não leio um livro desse gênero acho que o primeiro volume será uma ótima oportunidade.
    Beijos

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.