Resenha: A Guardiã de Histórias [The Archived #1] - Victoria Schwab

domingo, 14 de agosto de 2016


Título: A Guardiã de Histórias [The Archived #01]
Autora: Victoria Schwab
Classificação: 4.1 (Skoob)
Páginas: 322
Editora: Bertrand
Gênero: Young Adult; Fantasia


Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras.

Mackenzie Bishop é uma guardiã de histórias, os mortos são chamados de histórias pois seus corpos, - isso mesmo, os corpos estão guardados no grande Arquivo - e eles contém os relatos das vidas das pessoas. 

Mac, como os mais próximos a chamam, é uma jovem de 16 anos que trabalha arduamente para manter tudo organizado na seção em que está designada, mas algo está acontecendo de errado no Arquivo, Histórias que não deveriam, estão acordando e a paz do Arquivo vem sendo perturbada.

O Exterior, com o qual você não gasta muito fôlego porque é tudo que está ao nosso redor, o mundo normal, o único que a maioria das pessoas vai conhecer a vida toda.
Os Estreitos, um lugar de pesadelo, uma porção de corredores manchados, com sussurros distantes, portas e uma escuridão densa como camadas de poeira engordurada.
E o Arquivo, uma biblioteca dos mortos, vasta e acolhedora, madeira, pedra e vidro colorido e, por todo o lugar, uma sensação de paz.
O mundo de Mackenzie é dividido nesses três espaços: Exterior, Estreitos e Arquivo. Nos estreitos ela acaba encontrando as Histórias que acordaram, ela deve achar as Histórias e mandá-las pelas portas de Retorno. A jovem possui uma chave que abre as portas do Estreitos e um anel que a inibe de sentir as emoções das pessoas, mas como o anel não bloqueia tudo, Mac tenta ao máximo não tocar nos humanos. Outra grande habilidade sua é mentir para os seus pais, ela sempre some por horas e nunca foi pega. 

A Guardiã consegue ler lembranças em objetos ou qualquer coisa que foi importante para uma pessoa, até pisos arranhados guardam o passado, e desde que se mudou para o edifício do Coronado ela vem se perguntando quais histórias ele possui, e por isso um dia ela não resiste a curiosidade e acaba descobrindo um assassinato. Quando ela começa a questionar e buscar fatos do que aconteceu no prédio, ela descobre que alguém está manipulando as Histórias do Arquivo, apagando algumas partes de suas lembranças e acordando várias. Qual é o segredo que existe por trás desses acontecimentos?

— Você sabe o que é uma História?
— É o passado — respondo.
— Não, Kenzie. Isso é história com h minúsculo. Estou falando de História com H maiúsculo. Uma História é... — Você pega um cigarro e o gira entre os dedos. — Você pode pensar nela como um fantasma, mas não se trata realmente disso. Histórias são registros.
Mackenzie não foi uma protagonista que me encantou, mas também não desgostei dela. Ela não é cheia de frescura, e tenta a todo momento ser forte, mas acaba falhando nisso. Irei classificá-la como uma protagonista melancólica, mas com motivos. Ela é uma excelente mentirosa e senti os pais dela muito distantes, eles acreditavam em todas as mentiras que ela contava, e isso não me agradou na trama. 

O foco do livro é na parte da fantasia, mas não quer dizer que não tenha o desenrolar de um romance. Temos o Wesley, o garoto vestido de preto, com cabelos arrepiados e  delineador nos olhos, e um outro personagem também, mas deixarei que vocês descubram durante a leitura. Só tenho uma coisa a dizer: EU SHIPPEI ERRADO. Entretanto, não fiquem preocupados pois não é um triângulo amoroso.

A escrita da Victoria é bem precisa e instigante, a todo momento eu queria saber o que aconteceria com a Mac. O livro em sua maior parte é narrado em primeira pessoa por ela e em alguns momentos acompanhamos seu passado como um diálogo dela com outra pessoa, com você. O final do livro tem uma reviravolta que me deixou chocada, e muito empolgada para aprofunda mais na história.

Sobre a Série: 

O primeiro livro de The Archived  foi lançado em 2013 lá fora e o segundo em 2014. O Goodreads informa que temos a possibilidade de um terceiro volume, mas nada confirmado. Confira as capas internacionais:
     

Victoria também assina com V. E. Schwab e esse mês está sendo lançado pela Record seu livro "Um Tom Mais Escuro de Magia". Já quero. Clicando na capa você será direcionado para a sinopse do livro.

Um comentário :

  1. Oi, Paula!!!

    Gostei do livro também!! Eu confesso que achei o começo cansativo, mas compreendo que era a questão de introduzir o leitor a todas as regras desse universo.

    E não shippei a Mackenzie com ninguém porque não achei que seria bacana qualquer um dos romances! Hahahahaha

    Não fiquei muito surpresa com os vilões e tudo mais porque era bem óbvio em alguns momentos sobre a questão da Biblioteca e tal, mas gostei da jornada e vou querer ler outros livros da autora também!! :)

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.