Resenha: Meio Rei [Mar Despedaçado #01] - Joe Abercrombie

segunda-feira, 25 de julho de 2016


Título: Meio Rei [Mar Despedaçado #01]
Autor: Joe Abercrombie
Classificação: 4.3 (Skoob)
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Gênero: Fantasia Épica


Yarvi cresceu à sombra de seu irmão, ele nasceu com uma das mãos deformadas e como não conseguia segurar uma espada e um escudo, era considerado uma pessoa fraca perante aos outros. Desde muito jovem começou a estudar para ser ministro, sua função seria aconselhar o rei e curar enfermidades. Com isto aprendeu várias línguas e a cultura de vários povos. Seu corpo não conseguia lutar batalhas, mas sua mente, era muito bem treinada e foi o que o ajudou em sua trajetória.
Um idiota é escravo de sua raiva, dissera uma vez a mãe Gundring. O sábio faz da raiva sua ferramenta. - Hurik, você luta por mim.
Era mais uma simples noite de estudo com a  mãe Gundring, a pessoa que aconselhava o rei e ensinava tudo o que Yarvi precisava saber para se tornar um ministro, quando seu tio chega a Gettland e lhe chama de rei. Nesse momento ele percebe que perdeu o pai e o irmão e apenas lhe resta governar. 

Seu pai e seu irmão foram assassinados e sua primeira missão a cumprir como rei é buscar vingança por suas mortes. Ele sabe que não pode estar a frente de um exército lutando, mas que pode acompanhar seus homens e os comandar. É nesse momento que sua vida vira de cabeça para baixo e ele terá que mostrar que apesar de suas limitações e ser considerado um meio homem ele pode fazer um juramento inteiro e ir até o fim para cumpri-lo.
Uma vez, depois que seu pai havia batido nele, furioso, a mãe o encontrara chorando. O tolo bate, dissera ela. O sábio sorri, observa e aprende. Depois bate.
Meio Rei não é apenas um livro que nós apresenta lutas, vitórias e derrotas. Ele nos mostra um jovem que é forçado a crescer, a lutar suas próprias batalhas e utilizar de sua inteligência e sagacidade para cumprir sua palavra.  Yarvi foi um personagem que me conquistou, apesar dele ser considerado fraco e inferior aos outros, não se sentia dessa forma e não se fazia de coitadinho. Como disse, ele podia não lutar com uma espada, mas quando se tratava de usar as palavras para alcançar seus objetivos, você podia contar com ele. Joe criou um personagem fantástico, perspicaz e surpreendente. O livro possui tantas reviravoltas, e a cada uma delas Abercrombie conseguiu me surpreender. 


A narrativa do livro é em terceira pessoa e acompanha toda a trajetória de Yarvi. O Reino de Gettland fica localizado no Mar Despedaçado, que gera o nome da trilogia. No final do livro a Editora Arqueiro já colocou a capa dos próximos livros: Meio Mundo e Meia Guerra, ambas são tão lindas quanto a de Meio Rei. Essa trilogia vai contar com protagonistas diferentes em cada um dos livros. 








Um comentário :

  1. A proposta desse livro me conquistou. Gosto de livros que tenham uma mensagem bonita, algo para acrescentar na vida. Além disso, se tratando de uma história de época, com guerra e reviravoltas, parece ser muito bom!
    Agora o título do livro faz sentido hahah antes eu ouvia falar e não tinha a menor ideia do que era.
    Espero um dia ter a oportunidade de lê-lo para saber do final!

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.