Resenha: A Promessa da Rosa [Flores da Temporada #01]- Babi A. Sette

terça-feira, 14 de junho de 2016


Título: A Promessa da Rosa [Flores da Temporada #01]
Autor(a): Babi A. Sette
Classificação: 4.5 Skoob
Páginas: 432
Editora: Novo Século
Gênero: Romance de Época, Romance Histórico, Adulto

Kathelyn Stanwell é a jovem filha mais velha de um conde, aproximando-se da idade de se casar, tudo que seu pai espera é manter o nome da família conseguindo um bom casamento para suas duas filhas. Entretanto, Kathelyn não parece nada satisfeita com o fato de submeter-se a um marido, ela é uma garota obstinada que costuma ir contra todas as regras da aristocrática sociedade londrina onde vive, com uma língua afiada e modos que não correspondem com a educação de uma dama, ela costuma causar escândalos onde passa.

Em um dos bailes de máscaras da temporada, a jovem se sentindo um tanto espirituosa e travessa vai acabar se envolvendo com um cavalheiro galante e distinto, e na expectativa de viver uma aventura com um estranho ela vai acabar agindo impulsivamente, mas Arthur Harold é ninguém menos que o Duque de Belmont, um dos solteiros mais cobiçados da temporada, e que vai se encantar pela garota completamente. Um amor apaixonado e inocente no princípio, mas uma história cheia de reviravoltas, escândalos e traições no final, na jornada de Kathelyn vamos descobrir que nem todos os amores de romances de época são tão lindos e perfeitos quanto parecem.

O livro da Babi ficou parado durante um bom período na minha estante. Tive a oportunidade de conhecer a autora na Bienal do Rio de Janeiro de 2015, e além de adquirir o livro que já estava entre os desejados a um bom tempo, também pude conferir de perto a simpatia e carinho da autora com seus leitores. A Promessa da Rosa foi muito comentado desde o seu lançamento e eu me interessei logo que vi qual era o gênero, mas não conhecia a premissa da obra, e por isso não tinha expectativas, mas a escrita de Babi foi surpreendente e emocionante desde o começo e eu me vi entrelaçada com personagens maravilhosos e uma história completamente diferente de tudo que já li do gênero.


A nossa protagonista é a típica mocinha que vai contra os padrões da época, Kathelyn é claramente apaixonada pelo mundo e pela vida, e principalmente por seus ideais de liberdade, dos quais ela é constantemente privada por sua família e pelo que a sociedade diz ser correto. Quando ela se envolve em uma travessura nos jardins do baile - passeio proibido e escandaloso para uma jovem dama - ela começa a descobrir mais sobre a paixão e sobre como é se envolver com um homem, principalmente com um tão atraente como Arthur Harold. Ao descobrir a real identidade de seu galante cavalheiro, afinal ele é um duque, Kathelyn tem finalmente esperanças de se casar por amor como sempre sonhou, afinal ele é diferente de todos os cavalheiros insossos e moldados pelos padrões sociais que já conheceu. Mas o seu felizes para sempre está ainda distante, uma série de acontecimentos vai afastar o nosso casal, e perdidos em meio a falta de comunicação, ressentimentos e sentimentos confusos, eles terão que enfrentar muitas barreiras até finalmente ficarem juntos.

Eu poderia dividir o livro em duas partes, nossa história acontece ao longo de cinco anos, então por aí já prevemos muitos acontecimentos, e alguns deles eram totalmente inesperados e me fizeram surtar! Gostei muito dos protagonistas, Kathelyn é cheia de vida, não se conforma com o fato de as mulheres serem tratadas de maneira inferior e não tem medo de se expor. Arthur é um cavalheiro extremamente sexy e obstinado também, ao se apaixonar pela garota ele se entrega completamente, mas ao mesmo tempo fica cego para tudo a sua volta e falta confiança nesse relacionamento que além da paixão, não possui nenhum outro embasamento, e pela falta de comunicação e confiança desses personagens, a história vai acabar demorando um pouco pra se desenvolver.

A escrita da autora é muito envolvente, ela consegue nos transportar para o século XIX de maneira primorosa, e percebemos claramente uma longa pesquisa sobre fatos históricos, costumes, padrões sociais, etiqueta e até mesmo a moda da época, detalhes que eu amo e fiquei completamente deslumbrada. A linha do tempo criada também foi muito interessante, conhecemos uma jovem inocente que acabou de debutar e acaba se desiludindo com o amor, e em seguida vemos uma Kathelyn já mulher, independente, que sofreu muito, mas que superou com muito esforço e dedicação as barreiras da vida, e esse crescimento e amadurecimento da personagem foi obra dessa linha do tempo super bem construída.

Como a história possui uma carga dramática grande, quando finalmente achamos que tudo vai se resolver, temos "plot twist" totalmente inesperados, alguns eu gostei outros me deixaram irritada, mas não consegui parar de ler, entretanto achei o meio da história um pouco cansativa, mas no final compreendi que tudo foi necessário para a construção da trama, mas isso me fez retirar alguns pontinhos na minha nota final para o livro.

Babi me ganhou com sua escrita detalhada dos costumes do século XIX, mas ao mesmo tempo delineando um romance intenso, forte e recheado de reviravoltas inesperadas que em suma, deixam o leitor boquiaberto e com vontade de muito mais. Espero ansiosa pelos próximos volumes da série.


Sobre a Série:

Inicialmente A Promessa da Rosa seria um livro único, mas a autora se encontrou no gênero e tem muito mais pra nos contar, por isso o seu novo livro da série "O Despertar do Lírio" é a grande aposta da Editora Novo Século. Ainda não temos informações sobre quantos volumes vão compor a série.



5 comentários :

  1. Oi, Carla!!

    Esse livro está na minha lista de desejados há muito tempo, mas ainda não comprei ou ganhei e ainda não o li!

    Mas sua resenha está ótima e estou morrendo de curiosidade de conhecer esses personagens tão carismáticos! Adoro romances de época e estou precisando voltar a lê-los já! Hahahahaha

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla!
    A promessa da rosa está um tempão na minha lista de desejados, sou fã da nossa literatura e amo romances de época principalmente aqueles onde a mocinha vai contra os padrões da época como é o caso da Kathelyn. Só estou com receio em relação a essas reviravoltas, cinco anos é muito tempo para os protagonistas conseguirem seu tão desejado final feliz, não sei se vou conseguir controlar minha ansiedade rsrs.

    ResponderExcluir
  3. Não tive muito contato com romances de época, mas que amorzinho essa história! Já estava entre meus desejados há muito tempo e essa resenha só fez com q eu quisesse mais!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  4. OH Esse livro parece muito bom, já entrou na lista dos desejados! E o que são essas capas gente?? Lindas demais! Amei! <3

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonada por Romances de Época e esse parece ser com certeza um que promete muito!
    Essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro, embora eu já havia visto esse livro antes, não sabia como era a história.
    Adoro personagens de personalidade forte e com opinião. Mas com esse tempo de 5 anos... não sei o que esperar. Normalmente, eu me canso com livros em que a história dura muito tempo para terminar masss preciso ler primeiro para saber e com certeza quero lê-lo o quanto antes!
    Beijos,
    joice-alano@hotmail.com

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.