Resenha: Mil Pedaços de Você [Firebird #01] - Claudia Gray

domingo, 10 de abril de 2016


Título: Mil Pedaços de Você [Firebird #01]
Autora: Claudia Gray
Classificação: 4.1 (Skoob)
Páginas: 288
Editora: Agir Now
Gênero: Ficção Científica; Aventura; Romance


"O universo é, na verdade, um multiverso. Há incontáveis dimensões quânticas da realidade, que se encaixam umas dentro das outras. Vamos chamá-las apenas de dimensões, para abreviar. Cada dimensão representa um conjunto de possibilidades. Basicamente, tudo o que pode acontecer, de fato acontece."

Marguerite Caine é a filha mais nova de um casal de físicos renomados, sua irmã está seguindo os mesmos passos de seus pais, mas a arte plástica é o que realmente lhe interessa. Ela é a diferentona da família, porém a garota não é totalmente alheia ao que acontece em sua casa, seus pais e dois estagiários estão trabalhando em um equipamento que possibilitará viagens entre dimensões, o nome dado ao equipamento é Firebird - nome dado a trilogia.

O pai de Meg - Marguerite - foi assassinado e tudo indica que quem cometeu o crime foi Paul Markov um de seus estagiários. O rapaz veio de uma classe social mais baixa e praticamente passava quase seu dia todo trabalhando junto com Theo, o outro estagiário e os pais da garota. Ela não consegue acreditar que o Paul - cientista lindo, charmoso, malhado - traiu a sua família desse jeito, pegou o Firebird e viajou para outra dimensão. Sua motivação é de matar Paul, ele não pode simplesmente fugir desse jeito e quando Theo lhe apresenta a possibilidade de viajarem atrás do assassino de seu pai ela não pensa duas vezes e se joga nessa eletrizante busca por vingança.

Os Firebird's de Theo e Meg estão conectados com o de Paul e em qual dimensão ele estiver eles poderão lhe seguir. Todavia conforme a garota vai atrás de Paul ela começa a questionar se ele realmente cometeu o crime. Theo é a figura que está ao seu lado lhe dando apoio, o amigo que pode contar a única coisa tangível que veio de sua dimensão. Paul o cara que ela não consegue perdoar, a casa dimensão que ela vai e se encontra com Paul suas defesas começam a serem derrubadas.
- Você não é minha Marguerite. E, ao mesmo tempo... é. O essencial que vocês duas compartilham, a alma, é isso que eu amo. [...] - Eu amaria você em qualquer corpo, em qualquer mundo, com qualquer passado. Nunca duvide disso.

Sim! Esse é um triângulo amoroso. Eu cheguei a shippar ela com um em certas partes do livro e com o outro em outras, porém eu defini o meu shipp e não irei contar pra vocês. Meg como protagonista e narradora da história conseguiu me estressar um pouco, suas indecisões e algumas partes no final do enredo me fizeram gostar um pouco menos da obra. O livro apresenta um pouco de Paul e Theo dois Nerd's meus amorzinhos ambos são bonitos, mas com suas peculiaridades.
Essa foi minha primeira experiência com a temática - viagens dimensionais - no começo foi um pouco confuso acompanhar o universo criado pela Claudia, mas conforme a leitura foi fluindo comecei a entender tudo melhor. A autora consegue explicar de forma satisfatória todas as viagens, como a pessoa consegue se manter ela mesma independente em qual dimensão ela esteja e para quais dimensões ela pode viajar. 
As possibilidades se chocam, as emoções se confundem como nós górdios. Há mil maneiras de amar, perder e duvidar [...] e sinto que estou só começando a descobrir todas elas.
A dimensão que eu amei foi a da Rússia czarista, Meg era uma grã-duquesa, e me emocionei nessa parte. Essa foi uma leitura fluida e agradável, já conhecia o trabalho da autora e gosto muito da escrita dela. É um livro pequeno de apenas 288 páginas, mas que não teve nenhum momento corrido. O final foi fechado apesar de ser uma trilogia, não fiquei desesperada para a sequência. Mas espero que a Agir Now não demore muito a lançar.

O primeiro livro foi lançado lá fora em 2014, segundo em 2015 e a previsão de lançamento do terceiro é para 1 de novembro desse ano. Deixo para vocês todas as capas da Trilogia Firebird. Lindas demais! Estou in love com elas.


    

9 comentários :

  1. Eu adoro ficção científica, mas confesso que é difícil um livvro mais moderno do tema me agradar, tenho lido livros mais antigos. Esse parece vários livros em um, né, pois nunca sabemos o que esperar nas próximas páginas, ponto positivo!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro ficção científica, mas confesso que é difícil um livvro mais moderno do tema me agradar, tenho lido livros mais antigos. Esse parece vários livros em um, né, pois nunca sabemos o que esperar nas próximas páginas, ponto positivo!

    ResponderExcluir
  3. Ficção científica não é muito meu estilo de leitura, mas a trilogia parece ser muito boa, assim que tiver a oportunidade irei ler, Bjos :*

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Que história diferente! Nunca li algo sobre outras dimensões, parece ser bem interessante!
    E esse triângulo amoroso? Quero saber tudo! E já to bem desconfiada desse Theo hahaha
    As capas são mesmo lindas! <3

    ResponderExcluir
  5. Essa capa é maravilhosa, fui atrás da sinopse assim que a vi. Por sorte, a sinopse foi melhor ainda. Entrou imediatamente pra lista de desejados.
    Porém, não sabia que haveria um triangulo amoroso, e para mim essa é a primeira descoberta que me faz ver algum ponto negativo neste livro. Cansei de triangulos! Mas de toda forma ainda continuo muito curiosa para ler!!! Não vejo a hora de poder compra-lo.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  6. A história desse livro parece ser bem diferente. Quando eu vi a capa eu imaginei outra coisa totalmente diferente, e não sabia que ele era bom assim. Fiquei com bastante vontade de ler ele também. E eu gosto bastante de livros que se passam na Rússia. A única coisa que não gostei é do triangulo amoroso, já desanimei só de saber que tem. Mas ainda pretendo ler o livro mesmo assim.
    Sem contar que essa capas são realmente lindas *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Adorei a história, o tema q a autora desenvolve eh mto interessante e ao msm tempo mto chamativo...
    Gosto mto de livros assim, q começam confusos e qdo se nota, já estamos envolvidos com os personagens...
    Adorei! Qro ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Paula!

    Eu comecei a ler uma série de vampiros da Claudia Gray, mas não sei porque acabei parando no segundo livro.
    Fiquei muito interessada nessa nova série também! Vou anotar o nome e adicionar na minha lista de desejados! ;)

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, não li nada desta autora ainda, gostei muito da resenha ainda não li nenhum livro com esse tema de viagem dimensionais, mas lendo a resenha me pareceu um pouco com um dos livros da serie Fallen (o ultimo eu acho, não lembro mais)onde a protagonista viaja pelo tempo conhecendo um pouco a vida e vivendo seus "eus" do passado.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.