Resenha: A Rainha Vermelha [Red Queen #01] - Victoria Aveyard

quarta-feira, 16 de março de 2016


Título: A Rainha Vermelha (Red Queen #01)
Autor (a): Victoria Aveyard
Classificação: 4.4[ Skoob]
Páginas: 422
Editora: Seguinte (Cia das Letras)
Gênero: Distopia, Fantasia, Young Adult

" Por centenas de anos os prateados caminharam sobre a terra como deuses de carne e osso, ao passo que os vermelhos não passam de escravos sob seus pés. Até você aparecer. Se isso não é uma mudança, não sei o que é."

No mundo de Mare Barrow o povo é dividido entre prateados e vermelhos. Os prateados se consideram deuses, fazem parte da nobreza e das classes mais altas da sociedade, possuem riqueza força e poder, e esse é seu lema. Também possuem dons especiais que os diferenciam uns dos outros além do sangue, poderes que utilizam para inferiorizar ainda mais os vermelhos.

Mare é uma garota simples nascida numa família vermelha, ela não possui muitos talentos, além da esperteza para roubar, uma necessidade tendo em vista as condições precárias de sua família, e de todo o vilarejo onde moram. Os vermelhos não tem muitas posses, não tem direito a saneamento básico, e vivem com uma cota de eletricidade e comida que é conseguida a duras penas pelas famílias. Além disso, ao completar a maioridade, se os jovens não estiverem empregados por alguma família ou área relacionada pelos prateados, eles são enviados para as frentes da guerra, uma guerra entre países diferentes que vem se perpetuando durante muito tempo, e o destino dos soldados vermelhos destreinados é a morte. Os irmãos de Mare já foram enviados, e cada vez mais se aproxima sua vez, mas quando rumores de uma rebelião e de um grupo supostamente terrorista, chamado de Guarda Escarlate começa a atacar a monarquia prateada, a garota vai enxergar uma chance de mudança.

" Esta é a verdadeira distinção entre prateados e vermelhos: a cor do sangue. Esta´única diferença os torna mais fortes, mais inteligentes e melhores que nós."
No mês onde escolhi vários livros de fantasia e distopia, mergulhei completamente na história de Victoria Aveyard, que merece palmas por essa estréia mais que brilhante no universo dos Young Adults de fantasia. Com uma sociedade dividida pelo sangue, que nos remete muito ao mundo que vivemos e que ainda se divide muito por etnias, religiões e pelas diferenças das pessoas num geral, a autora nos dá um panorama de onde o mundo pode vir a chegar através da maldade do ser humano que insiste em inferiorizar o diferente.



Mare não tem muitas aspirações, e é uma personagem incrível que se vê presa dentro de uma trama de poder e tentativas de mostrar a superioridade dos prateados. Após conhecer um estranho em seu vilarejo, ela vai se ver diante de uma oportunidade que nunca sequer imaginou, fugir da guerra e ainda conseguir ajudar sua família, e é assim que sua vida será mudada para sempre! Quando ela consegue um emprego no palácio, descobertas inacreditáveis sobre si mesma vão levar a garota a ascensão e vão levá-la para o meio de um jogo de traições, mentiras, e onde sua cabeça vai estar a prêmio, mas através dela seu povo pode finalmente ter uma chance de liberdade, e ela vai fazer tudo que estiver ao seu alcance para conquistá-la.

Com uma escrita envolvente, fluida e cheia de reviravoltas a autora nos leva pra seu universo paralelo com grandes influências das crises e situações políticas e sociais do mundo atual. Apesar de os livros de distopia partirem do mesmo princípio de mundo pós apocalípticos, e guerras políticas, econômicas e sociais, o livro tem o seu diferencial quando vemos uma sociedade monárquica que inferioriza e divide seu povo pela cor do sangue, que considera alguns mais importantes que outros, e a autora encontra sua própria forma de enfatizar e elevar esses diferenciais. Os poderes que os prateados possuem, conferem a carga de fantasia da história, seres humanos evoluídos com dons especiais que com um toque podem virar a história de cabeça pra baixo, me surpreenderam e me deixaram completamente apreensiva.


Outros personagens são extremamente importantes, mas não vou mencioná-los para evitar spoilers, só digo uma coisa: escolha bem o lado de qual dos príncipes você vai tomar, porque todo mundo pode trair todo mundo. Não podia faltar mesmo uma carga romântica na história, que eu AMO, e sofri bastante com as decisões da Mare. Normal do gênero nos fazer sofrer bastante com os SHIPPS!

Com uma trama intrincada, que envolve política sangue e guerra, Victoria fez a mescla perfeita entre Guerra dos Tronos, Jogos Vorazes e X-Men, tenho certeza que os fãs dessas sagas vão se envolver completamente por essa história, e ficar tão desesperados quanto eu para conhecer os outros volumes!
"Pensei que ser marionete deles seria fácil comparado ao resto. Estava muito enganada. Mas não posso deixar essa gente me abater, não agora. Não agora que meu próprio destino se desdobra no horizonte. Tenho que fazer tudo o que posso até identificarem meu sangue e o jogo terminar para mim. Até me tirarem da frente das câmeras e me matarem."

Sobre a Série: 

No Brasil os livros são publicados pela Seguinte, selo da Cia das Letras. Até o momento o primeiro e segundo volume, que se chama "Espada de Vidro", já foram publicados, e o volume 3 e 4 que não saíram lá fora, já tem previsão para 2017 e 2018 respectivamente.
Também temos dois contos relacionados ao universo da série, "Canção da Rainha" e "Cicatrizes de Aço", estão disponíveis para download gratuito na Amazon, clique nos nomes para ser redirecionado. Os dois contos foram reunidos numa edição física que se chama "Coroa Cruel", com a mesma linda capa metalizada dos outros dois volumes, deixando os fãs muito felizes por ter a série completa na estante. Recomendamos a leitura dos contos após a leitura de "A Rainha Vermelha", para gerar uma maior compreensão dos fatos e evitar spoilers.

  

 



11 comentários :

  1. Adorei a resenha Carla, eu peguei recentemente para ler e assim que tiver um tempo começarei essa aventura. Só escuto coisas boas sobre a história. <3

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla!
    Pra ser bem sincera, eu não curti esse livro, mas estava na esperança de Espada de Vidro ser bom. Me enganei porque achei o livro bem arrastado e desisti da leitura.
    Fico feliz que você tenha gostado e realmente boa parte dos fãs das sagas que você citou irão gostar.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Li o livro da Victoria Aveyard e amei, assim que li a sinopse ela me conquistou e deixou doida para ler o livro, gostei muito da historia e de como Maré cai no meio dessas trama e adorei a personagem e as reflexões que ela faz, as reviravoltas me surpreenderam e adorei o final que me deixou doida para ler o próximo !!

    ResponderExcluir
  4. Saudações Lady Carla,
    Essa série me encantou em todos os pontos possíveis: conteúdo, CAPA (tem coroas, como eu poderia resistir?), embates, romances e ships destruídos hauhauahuahauhauah

    Não consegui pegar o segundo livro ainda, mas tenho grandes expectativas para ele!

    Venha visitar o Castelo
    Att Ana P. Maia ♛ The Queens Castle

    Entre Vidas - Kiara
    Crônica - Ela nunca ganhou flores
    The Queen's Castle no Instagram

    ResponderExcluir
  5. Hey!
    aah,comprei este livro super loucamente apaixonada pela capa e devido a sinopse e aos comentários que só elogiavam a história da Victoria... Comecei lendo com as expectativas super altas e não me decepcionei muito! fui ver uma resenha que a menina não gostou do livro,antes de terminar a leitura( e nunca mais farei isso,jamais) e acabei meio que imagnando qual seria o final e... aquilo me desanimou um pouco :/ Mas no geral foi uma ótima leitura e quero ver o que acontece no segundo..
    "Vermelhos como a aurora"
    bjos ^^

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carla!

    Comprei esse livro em uma super promoção, mas como já tem resenha dele no blog tenho que ler conforme dá tempo, sabe? Muito difícil isso.

    Mas estou ansiosa porque só leio elogios e a história parece ser ótima!
    Espero conseguir lê-lo esse ano ainda. xD

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Todo mundo traia todo mundo!
    Essa frase é tão significativa, como eu amo essa série!
    Gosto da Mare, é um personagem feminino que apesar das fraquezas e impulsos, ainda te conquista.
    Call nem se fala, adoro demais, foi fiel aos seus valores do inicio ao fim.
    Com certeza virei fã da Victoria e a escrita é muito envolvente e fluida, delicia de ler.
    LOUCA PELO RESTO!
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhhhhhhhhhh vocês não fazem ideia de como eu amo esse livro. Sou apaixonada. E a capa é muito bonita. Sua resenha foi espetacular. Amei a descrição!

    ResponderExcluir
  9. OMG.... Que resenha.... Já tinha ouvido falar super bem da série... Mas depois de ler sua resenha preciso desse livro pra ontem... rsrsrs.... Tenho certeza que vou amar a leitura...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler essa série achei tudo tão bom, uma historia diferente de tudo que já li, maluca para ler logo a premissa está ótima, as capas estão lindas, pena que ainda não dei sorte de encontrar numa promoção.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.