Resenha: O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016


Título: O Garoto dos Olhos Azuis
Autor(a): Raiza Varella
Classificação: 4.7 (Skoob)
Páginas: 352
Editora: Pandorga
Gênero: Romance Contemporâneo

Bárbara Bittencour sonhava desde criança com o seu casamento, ela sempre se emocionava quando em alguma cerimônia via transparecer o sentimento nos olhos do casal, mas ela sempre prestava mais atenção no noivo, como ela gostaria que seu noivo um dia irradiasse aquela mesma paixão ao vê-la entrando pelo corredor. Quando o seu dia finalmente chega, ela está preparada para o felizes para sempre de contos de fadas que sempre almejou, com seu príncipe no cavalo branco, até ela sofrer a maior decepção da sua vida e se sentir completamente traída. Agora ela precisa recomeçar, deixar tudo pra trás, incluindo a vergonha e humilhação, e traçar um novo caminho não vai ser nada fácil.

Abandonando São Paulo, Bárbara volta para Florianópolis e passa a viver no apartamento com seus dois irmãos, enquanto aguarda que seu apartamento seja vendido ela aproveita para sentir de perto o carinho e proteção da família nesse momento tão difícil, e poder assim reconstruir a sua vida. Ian Vitorazzi divide o apartamento com Augusto e Gustavo e mais um amigo, o Bernardo, e soube do momento de dificuldade que a irmã dos garotos estava passando. Com um quarto sobrando no apartamento, ele não se importa que a garota fique na sua casa até se ajeitar, mas ele tem regras:

1- Nada de trazer homens pra casa.
2- Nada de tomar o sorvete dele que fica escondido atrás das tortas de palmito no freezer.
3- Nada de dar leite para sua gata alérgica a lactose.

Ian achou mesmo que conseguiria aguentar numa boa uma nova moradora na casa, mas além de quebrar todas as suas regras, e ser linda demais, Bárbara vai enlouquecê-lo com as suas trapalhadas e dramas, e é claro, ela também vai arrumar um jeitinho de além de roubar seu sorvete e seu carro, roubar um pouquinho do seu coração. Pensando bem, não é tão pouquinho não.




Me encantei por essa capa no lançamento do livro, e fiquei curiosa pra conhecer essa história que parecia um conto de fadas moderno. A autora Raiza Varella foi um amor ao me enviar o exemplar autografado com o maior carinho do mundo, e então mergulhei e me encantei por sua escrita, e me emocionei com a história de uma garota sonhadora que nunca esqueceu o seu garoto dos olhos azuis.

Após sentir na pele o peso de uma traição e humilhação pública, Bárbara só conseguiu tirar forças pra recomeçar com a ajuda de sua família, incentivada desde criança pela avó a nunca deixar de sonhar e acreditar que na hora certa ela iria conhecer o homem certo pra sua vida, a garota começa a ver os indícios de ter se enganado tanto, e passa a acreditar que nunca mais poderá amar novamente, não se ela não quiser se machucar. Apesar de tudo, ela é uma mulher independente, não abaixa a cabeça para as dificuldades, ama sua família incondicionalmente, tem um relacionamento muito carinhoso com os irmãos mais velhos, e consegue ser muito engraçada enquanto nos narra sua história. Uma personagem muito divertida, com qualidades e defeitos muito bem construídos, mas acima de tudo a autora nos conseguiu passar a humanidade dessa menina mulher sonhadora e onde conseguimos nos enxergar tanto.
"Sou companhia, mas posso ser solidão. Tranquilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos e ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio." 

Citação de autor desconhecido
Bárbara vai aprontar muitas peripécias ao se mudar para um apartamento com quatro homens, e você se diverte muito nas cenas onde todos estão juntos. Todos os personagens secundários agregam muito a trama, e se mostram importantes na vida da protagonista, tanto que os irmãos dela vão ganhar um livro só deles \o/ recebam essa novidade! Ao mesmo tempo em que perde a esperança no amor e na amizade, Bárbara também mantem firme na memória uma situação quando era criança e foi salva por um garotinho de olhos azuis que ela nunca mais encontrou, ela acredita que ter se iludido tanto com a bondade do garoto, pode ter trazido consequências aos seus relacionamentos na vida adulta, mas ela não consegue resistir a se apegar a essa memória.

Ian é completamente encantador! Sua bondade, responsabilidade, o carinho que ele demonstra livremente, e até mesmo as situações hilárias quando ele está bravo com alguém, principalmente com a Bárbara, nos fazem suspirar e nos apaixonar por um homem lindo, dedicado e que valoriza tudo que conseguiu conquistar, além disso, ele mostra o tempo todo que faz de tudo pelas pessoas que ele se importa, uma característica linda.
"- Porque eu nunca senti por ninguém o que eu sinto por ela. Porque ela é única, é linda, é meiga e extremamente chata como só ela conseguiria ser, porque ela é meu primeiro e último pensamento do dia, porque seu cheiro me deixa louco e seu sorriso me desarmar. Eu faria tudo por ela."
A escrita da autora é muito envolvente e os capítulos fluem rapidamente, com uma diagramação linda e citações cheias de significado no começo dos capítulos, Raiza transformou um romance clichê numa história deliciosa. Apesar de o final ter uma carga dramática excessiva e que eu particularmente achei desnecessária, essa é uma história de amor sobre recomeços, perdão e amizade que eu recomendo para todos os fãs de Chic-lits e romances mais leves.


Sobre a Série:

Como mencionei, o livro que antes era único se tornou uma trilogia. O segundo volume da Trilogia Encantados, "O Garoto que tinha Asas" vai trazer a história de Augusto, irmão de Bárbara e está previsto para Março/Abril de 2016, entretanto esse volume vai ser publicado de forma independente pela autora, apenas no formato e-book. O terceiro volume com a história de Gustavo, apesar de já estar concluído ainda não possui informações ou data de publicação. Confira a sinopse e capa do segundo volume:



Sinopse: 

Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencour, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há anos não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém. Pela primeira vez na vida o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra quem sabe se apaixonar. Em O Garoto que Tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera.

16 comentários :

  1. Depois dessa resenha, quero ler todos os 3 livros!!!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa pra ler. A premissa de ficar encantada e se apegando a um menino no passado é parecida com "Azul da Cor do Mar" da Marina Carvalho. Gostei muito da citação do autor desconhecido. A capa ficou linda ❤

    ResponderExcluir
  3. O garoto dos olhos azuis está na minha lista de desejados e depois de ler sua resenha, minha curiosidade que já era grande, aumentou.
    Quando vi este livro a primeira vez me encantei logo com a capa que é maravilhosa. Agora gostei muito de saber que o livro é tão bom e de uma leitura tão agradável. A trama sem dúvida é atrativa e quero muito conhecer mais de como a autora conseguiu explorar o drama da personagem.
    P.S: Não sabia que irá se tornar uma trilogia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla!
    Já queria ler esse livro, agora quero mais ainda!
    Sou fã assumida de romances, e a premissa desse me encanta... Ah, e essa capa é maravilhosa né? Adorei a resenha, parabéns!

    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Carla!
    Gostei muito de todo enredo e gostaria de poder ler para saber o que Bárbara apronta e se tudo vai dar certo entre ela e Ian.
    E claro, qualquer livro que nos leva a risada, é sempre bom de acompanhar.
    “ Educação é uma coisa admirável, mas é bom recordar que nada do que vale a pena saber pode ser ensinado.” (Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A capa é realmente linda e chama a atenção. Fiquei encantada, pois capas com animais(cães, gatos, cavalos e lobos), são meus preferidos. A resenha me chamou a atenção para a série que faço questão de ler tão logo os tenha em mãos.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que capa mais linda, dá vontade de comprar o livro só por ela rs
    Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas parece ser uma leitura encantadora.
    Fiquei com uma vontade imensa de conhecer a história.
    Ainda mais por ser de uma autora nacional né? Merece :)
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla,
    Imagino a Bárbara morando nessa casa e as confusões que surgem daí rsrs... Achei bacana a capa (apesar de não gostar de capa com pessoas O.o), só não curti muito saber que o livro único virou trilogia, mesmo assim pretendo lê-lo mais para frente.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  9. Muito bonitas ambas as capas, da até vontade de ter na minha estante haha fora que esse é um gênero que gosto muito, dependendo. Fico feliz quando vejo livros únicos bons, mas ai me desanimo depois quando acontece isso. Gosto de livros com citações. Confesso que não gostei do quote, me pareceu muito "eww".

    ResponderExcluir
  10. É Tão recorrente e nunca cansa adoro............quero muito por favor...k

    ResponderExcluir
  11. Realmente as capas são encantadoras. sobre a história, não sabia que ficaria tão empolgada assim ao ler a resenha. Gostei muito de conhecer a trama. Vou tentar ler e espero amar a história assim como amei a capa do livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Não pensei que fosse gostar tanto desse livro, mas a historia me conquistou gostei da Bárbara que mesmo sofrendo tudo isso parece ser o tipo de personagens forte e também gostei do Ian, quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  13. Não sei se gostei muito da protagonista, achei meio abusada... rsrsrsr

    ResponderExcluir
  14. Não sei se gostei muito da protagonista, achei meio abusada... rsrsrsr

    ResponderExcluir
  15. Gostei de toda a trama, parece ser um livro bem light, a capa é linda com certeza, mas o segunda capa da serie é maravilhosa, acho que me interessaria mais pelas continuações falando um pouco sobre os irmãos de Bárbara! Espero ler um dia!

    ResponderExcluir
  16. Eu já tinha visto essa capa linda na internet, mas não sabia de que se tratava de um romance. Fiquei muito ansiosa em ler o livro agora, ainda mais por saber que se refere a uma história de amor sobre recomeços, perdão e amizade, tudo o que eu mais gosto em um livro. E pela sua resenha me pareceu ser bem delicado, já está na minha lista de desejados, quero descobrir mais sobre esse garoto dos olhos azui! <3

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.