Resenha: Malícias e Delícias - Tara Sivec

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016


Título: Malícias e Delícias (Seduction and Snacks)
Autor(a): Tara Sivec
Classificação: 4.4 (Skoob)
Páginas: 304
Editora: Valentina
Gênero: Romance Adulto


Claire tinha a vida toda pela frente, uma mar de possibilidades se abre quando um jovem está na faculdade e pode decidir seu futuro. Tudo que ela e sua amiga planejavam naquela noite era sair e se divertir, e talvez Claire pudesse se livrar de uma vez de sua virgindade. Ao conhecer Carter naquela festa e passarem a noite juntos, ela não sabia que apenas uma vez seria o suficiente para mudar sua vida para sempre.

Anos depois daquela festa Claire vê as consequências, teve que voltar a sua cidade, abandonou a faculdade e agora trabalha meio período em um bar, além do mais tem todas as responsabilidades que não planejava e nem queria ter. Sua amiga Liz também está de volta a cidade, e faz uma proposta a Claire de montar uma loja conjunta, assim a garota pode realizar o sonho que sempre teve de ter uma confeitaria, Liz por sua vez vai rechear o seu lado da loja de uma maneira mais maliciosa, revendendo produtos de sex shop. Claire vê sua vida finalmente entrando nos eixos, mas então Carter chega a cidade, e encontra Claire no bar onde ela trabalha, e então é hora da verdade, ela precisa contar a ele o segredo que guardou durante esse tempo todo, enquanto se apaixona novamente pelo cara com quem passou a primeira e memorável noite que mudou sua vida.

Essa capa te faz pensar em um milhão de coisas diferentes certo? E não me chamou nenhum pouco atenção quando vi o lançamento desse livro, e então quando procurei saber mais no Goodreads, era um dos livros com uma das melhores classificações do gênero, 4.19 não é pra qualquer livro, e depois que minha amiga Alessandra leu, se encantou e morreu de rir, deixei meus preconceitos de lado e resolvi solicitar com a nossa parceira Editora Valentina. Preciso agradecer as duas pela indicação desse livro tão engraçado, que me fez passar vergonha no ônibus enquanto eu gargalhava alto com as peripécias desses personagens.

Claire é engraçada, boca suja, e reprimida sexualmente depois de suas péssimas experiências. Também notei que a personagem tem um pouco de auto-estima baixa, o que vai mudando aos poucos conforme nossa leitura avança, ela também é uma mulher que passou por uma situação muito difícil sozinha, e aprendeu a ser completamente independente e lutar por seus objetivos, mas a personagem nos ganha mesmo por sua irreverência e falta de papas na língua. 
"Liz tinha uma mala imensa ao lado, a maior que já vira, e afastou a mão de Jim quando ele tentou ajudá-la a colocar a bagagem no porta-malas. Eu deveria ter reparado na bandeira gigantesca que foi o sorriso maroto de Jim quando nos viu ir embora. Devo explicar, em minha defesa, que não costumo sair muito de casa. Imaginei que iriamos vender velas decorativas e perfumadas, tupperware ou produtos de beleza. Afinal, essas eram as coisas que Liz mais curtia. Eu devia ter desconfiado. Ou então devia ter prestado mais atenção à palavra "MaliciosaMente" bordadas na lateral da mala, numa elegantíssima caligrafia cor-de-rosa!"
A verdade é que todos os personagens desse livro não medem esforços pra te fazer morrer de rir conforme conhecemos suas histórias, Carter é um cara com poucas aspirações, tudo que ele queria era poder reencontrar a garota com quem passou uma noite maravilhosa e que fugiu logo em seguida, e por isso ele nem sequer sabe o nome dela. Ao reencontrar Claire ele percebe que a vida está dando uma nova chance pra que ele viva o amor verdadeiro, e você também vai se apaixonar por ele, por seu lado romântico, responsável, safadinho e fofo ao mesmo tempo.

Eu também ri muito com o amigo de Carter, Drew é aquele amigo sem noção e sem limites, que te faz morrer de rir apenas por um diálogo, e as amigas de Claire, Jenny e Liz também foram muito divertidas. A história de amor desses dois é envolvente, fofa e ao mesmo tempo muito cômica, e eu me encantei por essa parte.



O livro é narrado de maneira revezada por Claire e Carter, e eu fiquei um pouco confusa ao longo da história porque a parte de cada um deles não foi demarcada. Não sei se na edição americana também está assim, ou se foi uma opção da editora nacional não fazer essa separação, mas eu precisava ficar adivinhando quem é que estava narrando aquele momento. Além disso, eu percebi uma certa dificuldade da autora em realmente separar o personagem masculino do feminino, conforme eles narravam eu não percebia muita diferença nas personalidades dos dois, parecia que eles se mesclavam até mesmo nos diálogos, e isso tornava ainda mais difícil adivinhar quem estava narrando, então achei esses dois pontos negativos no livro. 

A capa ainda não me agrada 100%, particularmente prefiro a versão americana, mas vejo que ela tem toda uma coerência com a história agora, o que justifica o fato de ela ser tão polêmica. Sem dúvidas quem gosta de livros do gênero que possuem essa irreverência como os de Emma Chase e Christina Lauren vão adorar essa história de amor hilária.

Sobre a Série:

"Malícias e Delícias" é o primeiro volume da trilogia "Chocolate Lovers". No segundo volume ainda conhecemos mais um pouco da história de Carter e Claire (o que eu acho super desnecessário, visto que o final do primeiro é bem fechado e ótimo), e no terceiro volume conhecemos mais a história de seus amigos Drew e Jenny. A Editora Valentina ainda não deu informações se vai continuar publicando, mas o primeiro livro pode ser lido como um livro único tranquilamente. Confira as capas gringas:

1- Malícias e Delícias (Seduction and Snacks) | 2- Futures and Frosting | 3- Troubles and Treats

  

11 comentários :

  1. Gostei da história, romance bem básico. O que me chama a atenção nesses romances, é que a garota conhece um cara, transa com ele, fica grávida, volta pra cidade natal e depois de certo tempo o cara aparece naquela cidade que elas está. Isso acontecer na realidade, digamos que é na porcentagem de 1 em 100 casos e olhe lá. Mas valeu a resenha que foi bem escrita.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou da indicação. Eu amei esse livro, eu gosto dessa capa e fiz questão de ler no ônibus (pq se não for pra chocar nem vou ;) ). A história é ótima, li as gargalhadas, o Gavin é muito fofo e super me identifiquei com os sentimentos que ela descreve logo no inicio. Fiquei sabendo que era uma trilogia e não entendi o pq, pois o final é fechadinho. Quero muito que a editora publique o livro da amiga e além deles ainda tem um spin-off sobre os filhos, louca pra ler o livro da Gavin.

    ResponderExcluir
  3. Tenho que dizer que se fosse pra comprar o livro pela capa eu não compraria não. Não achei nada apresentável rsrs
    Maaaas, não tinha ouvido falar sobre esse livro ainda *o*
    E conferindo sua resenha confesso que me interessei bastante pela história.
    Gosto de romances assim e esse parece ser bem agradável de ler.
    Espero poder conferir ele em breve :)
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Carla, o interessante desse livro é o fato dele ser divertido, eu adoro autores que falam sobre coisas que nem todo mundo tem coragem de falar e abordar de uma forma única e aconchegante que faz o leitor se aninhar na história e se sentir pertencente.
    A capa não é a das mais lindas, mas por seu conteúdo ser tão divertido eu daria uma chance á obra.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sinopse desse livro, antes não tinha me chamado a atenção, mas ai li uma resenha dele e fiquei super curiosa. Parece ser bem engraçado mesmo, gosto de livros assim, leves. Fiquei um pouco desapontada em saber desse fato, da má distinção dos personagens. Não tem algo que me deixe mais irritada quando estou lendo do que isso!

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla, eu já li uma resenha desse livro ele parece ser um livro bem engraçado e a capa do livro é meio bizarra rsrrsrs, mas eu gostei da sinopse e da resenha e ele já está na minha lista de leitura bjs.

    ResponderExcluir
  7. Carla!
    Realmente a capa não ficou das melhores, mas se é como falou, que ao ler o livro faz sentido... As capas americanas são bem mais bonitas.
    Gosto desse estilo e se é para rir, é comigo mesma, adoro leituras hilárias.
    “Se não queres que ninguém saiba, não o faças.” (Provérbio Chinês)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Oi bom dia.
    Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro, meu Deus essa capa teve o que falar, vir no facebook um monte de discursão sobre ela , eu confesso que amei, só que a poria bem no fundo da minha estante, não gostaria de explicar aos meu irmãos o que ela significa kkkkk.
    Adorei a resenha, com certeza essa será, minha próxima aquisição na minha estante.
    njks

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. OLá!!!!
    Sua resenha está muito boa!!!!
    Esse livro parece ser bom,romance/rir é bem o que estou procurando agora..Eu gostei da capa apesar de achar que as outras são muito melhores...mas gostei bastante da dica.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Também a primeira vez que vi esse livro pela a capa achei que não iria me interessar pela historia, mas vi alguns comentários positivos o que me deixou curiosa para ler e me surpreendi parece ser um livro muito engraçado e com uma ótima historia !!

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.