Resenha: A Estrela dos Mortos [Supernova #02] - Renan Carvalho

terça-feira, 17 de novembro de 2015


Título: A Estrela dos Mortos - Supernova #02
Autor(a): Renan Carvalho
Classificação: 4.8 (Skoob)
Páginas: 480
Editora: Novas Páginas - Selo da Novo Conceito
Gênero: Aventura; Fantasia


Nesse segundo livro de Supernova conhecemos novos personagens e suas histórias. Fui cativada pela narrativa e adorei conhecer mais do Continente Leste. Leran e Luana estão agora fora da cidade de Acigan e suas aventuras estão apenas começando.


Fora de Acigan, Leran e sua irmã Luana tem uma missão a cumprir, chegar até Mabra e encontrar a pessoa que pode ajudar a garota a dominar seus poderes. Mas ao longo do caminho entre as duas cidades esses dois jovens vão passar por algumas aventuras e descobertas a respeito de como a civilização fora da cidade natal de ambos se comportam. Em Acigan era proibido o uso de magia, mas nas outras cidades não é assim que os dominadores se comportam.

A Ordem dos Paladinos é um grupo que trabalha para remover a arte das trevas das cidades e eles descobriram que a cidade de Cimérium está infestada dela. Tlavi Hur é a Estrela da Cura, ela e sua equipe irão para a cidade descobrir de onde veio as trevas que dizimou a cidade. As pessoas que tocadas pelas trevas viram mortos-vivos e seu comandante a Estrela dos Mortos está elaborando um plano de dominar todas as outras cidades.
- Você não entende. Você é a cura e eu sou a morte. Nenhum pode viver sem o outro. É melhor que estejamos juntos. Podemos escolher quem vive e quem morre. Somos deuses, Tavli.
O livro começa sendo narrado por Tavli e ela nos apresenta o plot twist, ou reviravolta, do livro. Leran narra alguns capítulos e Guet Hur também. Luana tem grande importância nesse livro, a garota terá que começar a dominar seus poderes.O destino deles está entrelaçado, todos eles terão que  se unir contra as forças das trevas, será que nossos heróis irão conseguir vencer essa batalha entre a Cura e a Morte?
-Não se cura o que está morto.


Quando peguei esse livro estava com um pensamento fixo na mente: Vai ser tão lento quanto o primeiro. Ledo engano! Eu mergulhei na história e fiquei realmente triste de abandonar os personagens. No começo estranhei um pouco as atitudes de Tavli, eu já queria saber do Leran e da Lua, mas conforme as páginas foram passando eu vi a importância desse começo com ela narrando. Guet seu irmão é um lindo com o coração mais puro, sabe aqueles personagens que você quer pegar no colo e cuidar? Foi assim que me senti com ele.
" Isso me faz pensar muito sobre várias convicções que eu tinha. Para começar, mudei a forma de ler o termo "família". Sei que é difícil pensar sobre uma sem se remeter a mãe, pai e filhos. Porém, cheguei a conclusão de que não é isso que forma uma família. Ela não está no laço sanguíneo. Ela se cria a partir de interesse e, às vezes, se desfaz da mesma maneira. Pode parecer uma visão cética alguém considerado altruísta, mas esse também é outro termo que andei revendo." - Guet
Encontrei uma aventura envolvente e a cada página ficava mais presa a leitura. As batalhas que foram narradas eram bem elaboradas. As vezes tenho dificuldade de criar os cenários que estão descritos nas páginas e isso não ocorreu com A Estrela dos Mortos. Renan continuou trazendo várias mortes nesse segundo livro (Adoro escritores assassinos), fui realmente surpreendida e estou super ansiosa com o próximo. Espero que não demore muito. Senti falta apenas de saber como ficou Acigan depois da partida de Leran e Luana.

Se você é fã de fantasia tem que conferir os livros de Supernova, tenho certeza que não irá se arrepender.

Bye. ;)

10 comentários :

  1. Já ouvi falar bastante dos livros do autor. Fantasia nunca foi meu gênero preferido, mesmo que esse ano tenha me interessado por mais livros do gênero.
    A trama parece ser interessante, e é animador quando um segundo livro tem um desenvolvimento melhor que o primeiro, com personagens que nos conquistam ao ponto de não queremos abandona-los.
    Não sei se darei uma chance aos livros, mas não descarto a ideia.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. OI, Paula. Eu possuo o primeiro livro desta série, O Encantador de Flechas, mas ainda não o peguei para leitura. Enfim, A Estrela dos Mortos me conquistou bastante quando soube das novas aventuras dos protagonistas e do reconhecimento de poderes da garota. Não posso negar que também gostei das cidades por onde passaram onde a magia não era proibida. Enfim, pretendo ler!

    ResponderExcluir
  3. Paula!
    É minha leitura atual e também embarquei nas aventuras de Leran e Tlavi, bem obstinada.
    Bom saber que achou esse melhor que o primeiro, que já amei.
    “Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Minha paixão foi amor a primeira vista, quando vi o primeiro livro, eu simplismente me apaixonei rolou uma química e eu comprei sem nem mesmo ler a sinopse, comecei a leitura indo pra casa no busú, e não parei mais de ler até chegar ao fim , depois de ler e me apaixonar fui pesquisar e vi que era nacional e que o Renan Carvalho era um fofo, a partir daí só soube desejar que lançasse logo o segundo livro, e depois de muita espera, eis que "A Estrela dos Mortos foi lançada", no momento mais complicado de minha vida e não pude comprar e até hoje não melhorou minha situação pra eu comprar... então me perdoe mais não quero saber exatamente nada sobre esse livro além do que ja sei rsrs , quero ler no escuro depois leio sua resenha.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  5. To muito afim de lervessa serie com essabresenha fiquei muito.mais afim

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. OI! É muito difícil eu gostar de livros de fantasia e confesso que esse não me atraiu. Pra passar para o segundo eu tenho que ler o primeiro primeiro e não gosto de leituras lentas e isso é um grave problema. Não sinto dificuldades em criar os cenários, mas tem uns que deixam a desejar. Gosto e ver a evolução dos personagens, essa Luana parece que vai ter um papel significativo nas batalhas.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Fico feliz que tenha gostado do livro, mas sabe eu não curtir o primeiro livro da série e por isso não irei ler o segundo, mas foi bom ler a resenha pra ter uma ideia do que vai acontecer no segundo mesmo não lendo o livro ^^

    ResponderExcluir
  8. Ja pensei em ler os livros da serie Super nova, mas acho essas capas me deixam achando que vai ser mega juvenil e tal.Ai vem vc e fala q adorouuu....me deixando na duvida.
    Bom saber que o livro 2 é mais dinamico que o primeiro, gosto de livros que a gente vicia mesmo...
    Tb tenho certa dificuldade de imaginar cenarios se forem com mta ação, com mtos personagens envolvidos, mas pelo jeito Renan Carvalho soube descrever tudo mto bem.
    Acho q vou dar uma chance.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Depois de ler muitas resenhas sobre essa série do Renan eu fiquei bem curiosa em ler seus livros.E que bom que esse segundo volume fluiu bem melhor que o primeiro e pelo visto você gostou mesmo dos personagens.Só achei o nome deles um pouco diferentes mas vou me acostumar com isso.E espero mesmo que o próximo livro seja lançado logo dai assim não preciso ficar esperando.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom quando a sequência supera o primeiro. Já conhecia o livro, mas apesar de falar um pouco de magia, não fiquei empolgada para ler. Não sabia que o autor é brasileiro, fui reparar agora.

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.