Resenha: Sedução ao Amanhecer [Os Hathaways #02] - Lisa Kleypas

terça-feira, 13 de outubro de 2015


Título: Sedução ao Amanhecer [Seduce Me at Sunrise]
[Os Hathaways #02]
Autor(a): Lisa Kleypas
Classificação: 4.4 (Skoob)
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Gênero: Romance de Época
 

O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev.

No segundo volume da série sobre os irmãos Hathaway, vamos conhecer agora a história de uma das mais delicadas. Win é doce, e fragilizada por sua doença se tornou a grande preocupação de seus irmãos. A garota sempre nutriu sentimentos por Merripen, mas sempre soube que se tratava de um amor impossível, pela diferença entre suas classes sociais, e principalmente porque o jovem cigano nunca assumiu seus verdadeiros sentimentos pela garota, mesmo quando ela foi muito além do que uma moça deveria, demonstrando para ele quais eram suas reais intenções. Ao retornar da França, após uma temporada para se tratar, Win é agora uma nova mulher, muito mais saúdavel e recuperada e está disposta a mostrar pra Kev, o quanto ela quer viver essa história de amor.



Kev foi uma surpresa incrível, um personagem misterioso e que guardava muitos segredos e magoas do passado e nunca se permitiu ter mais do que ele acreditava ser o merecido para um cigano abandonado. A família Hathaway o acolheu como a um filho, mas ele sempre preferiu ser tratado como um empregado, sempre servindo aqueles que um dia lhe estenderam a mão, principalmente por sua devoção a Win. Um amor que ele carregou consigo durante anos, e que acredita mesmo ser impossível. Mas o retorno de Win vai mudar algo dentro de Kev, agora que a garota está to segura de si, e deseja tanto conhecer mais sobre o povo e o passado de Kev, cada dia ficará mais difícil resistir aos encantos da garota.

– O lado ruim de amar alguém, Merripen, é que sempre haverá coisas das quais você não vai poder proteger a pessoa amada. Coisas que estão além do seu controle. Então finalmente você percebe que existe algo pior do que a morte… que é acontecer um mal a essa pessoa. É preciso conviver com esse medo sempre. Porém, para ter o lado bom, você precisa aceitar o lado ruim.

Com uma escrita primordial, num romance ainda mais envolvente que o volume anterior da série, a autora nos brinda com um casal que vence todas as diferenças entre classes sociais e raças através do amor. Kev se tornou meu personagem favorito, e descobrir seu envolvimento com toda a família foi formidável. Me envolvi mais com as explicações dadas em relação ao povo cigano e fiquei ainda mais curiosa para conhecer a história dos próximos irmãos, que a cada vez se colocam em situações mais inusitadas e inapropriadas para sua época.

Adoro as capas dessa série, são todas lindas e mostram exatamente o espírito das páginas do livro, logo na capa somos transportados para outra época com esses personagens, e o trabalho editorial da Arqueiro está cada vez melhor, não apenas nesse gênero, que somos gratos pela editora estar investindo, mas em vários outras publicações.

Leitura rápida, leve e agradável que vai encantar a todos os amantes de romances de época!


SOBRE A SÉRIE:

Composta por 5 livros, todos já publicados no Brasil pela editora Arqueiro, cada livro vai nos contar a história de um casal diferente, com o foco principal sendo a família Hathaway.





16 comentários :

  1. Oi, Carla! A escrita da autora Lisa Kleypas não me convence o bastante, mas estou extremamente interessado em sua série, Os Hathaways. Além de possuir capas bem bonitas, as histórias nos apresentam um mundo com várias garotas, uma para cada livro, e os romances vividos por elas, respectivamente não são de todo um clichê, mas bastante inovadores quando se trata de Lisa Kleypas.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla! Desde que conheci os romances de época, sou fascinada por esse tipo de gênero. Lendo sua resenha, percebi que esta serie será mais uma das histórias que irá me cativar, não só pelas capas que são maravilhosas, quanto pela leitura, personagens únicos e narrativa intrigante que não deixa parar por nenhum só momento. Adoraria conhecer mais da família Hathaways e seus romances.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Carla, eu preciso ler a série. todo mundo fala bem. preciso tomar vergonha na cara kkkk
    bjs, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sou mtooo fã da Lisa Kleypas e tenho todos os livros dessa serie linda, as capas sao um capricho a parte ne?!
    E so de ser romance de epoca eu ja fico de olho, pq amo demais esse genero.
    Gostei de conhecer um pouco mais do casal da vez e eles conseguem vencer todas as diferenças entre classes sociais e raças através do amor, achei fofo!
    Acho que foi o primeiro livro com ciganos que vi e que gostei, é raro personagens assim aparecerem nos livros que costumo ler.
    Ameiii a resenha, falou bem demais do livro e espero que mais pessoas leiam.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Vou ver se começo esta série este mês, só falta comprar o último volume. As capas são lindas mesmo, e estou curiosa sobre esta relação do povo cigano.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Não conhecia a série e fiquei muito feliz em ler sua resenha e conhecer a série e um pouco mais sobre Sedução ao amanhecer. Adorei o enredo, de amor proibido entre o Kev e Win, mesmo sendo um sentimento recíproco, eles permanecem sozinhos. Quero muito saber o desenrolar desse romance, espero muito que tenha um final feliz. As capas são realmente lindas. Parabéns pela resenha.
    Bjos e sucesso!!

    ResponderExcluir
  7. Me cansei tanto de encontrar sempre a mesma mesmice nos livros com esse tema - mocinhos que se conhecem na infância que acabam se apaixonado quando adulto mas que sempre há um que não quer se envolver - que fiquei com um pé atrás em iniciar a leitura desse livro mas como eu queria ler a série completa decidi engolir, e não é que acabei me encantado pela história de Sedução ao amanhecer?! A transformação que o Ken sofre na ausência da Win é chocante, fica claro o que a vida dele seria sem ela... O romance deles é lindo, a Win um mocinha perfeita para o selvagem e bronco Ken.
    Também acho as capas dessa série um encanto e óbvio que recomendo esse livro e todos os outros dessa série!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Esse livro da serie foi uma figura, mas acelera o processo chega logo no livro do Lea e da Beatriz porque eles sem duvida são o melhor da série, sou super fa da Lisa Kleypas porque seus livro tem de tudo um pouco e isso me atrai em muito em relação ao livro. Adoro a construção dos personagens e seus jeitos sarcástico e dessa escritora tudo o que lançar no Brasil eu to lendo kkk

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler a série Os Hathaways, adoro livros de romance de época e sem contar que as capas dessa coleção estão lindas.
    Sua resenha está muito boa, e acredito que quando eu começar a ler a série irei gostar, pois é o estilo de leitura que me agrada.

    ResponderExcluir
  10. TODOS os blogs que vejo falando sobre essa série é sempre positivamente, eu já disse que nao tenho costume de ler esses romances de época, mas falam tao bem de alguns (todos né kkkk) e principalmente dessa série que já conseguiu me deixar muito curioso.

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito dessa série, mas o 'chove e não molha' do Kev me incomodou, o meu favorito sempre será Tentação ao pôr do sol. As capas são lindas mesmo, principalmente essa.

    ResponderExcluir
  12. Oi Carla,já ouvi falar da série,mas eu não gosto de romances de época,é um gênero que não chama nem um pouco a minha atenção,não consigo ter interesse algum nesses livros .

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla,já ouvi falar da série,mas eu não gosto de romances de época,é um gênero que não chama nem um pouco a minha atenção,não consigo ter interesse algum nesses livros .

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi falarem muito bem dessa série, já li várias resenhas do livro. Mas não li ainda, ultimamente não estou com tempo para ler. Mas amo romances de época tenho que ler essa série o mais rápido possível, pois amei muito as histórias desses livros.

    ResponderExcluir
  15. A capa dessa série é linda, dá vontade de colecionar, gostei da Win ter atitude, e não ser tão faquinha quanto eu achava nos livros anteriores.

    ResponderExcluir
  16. As capas dessa série são maravilhosas e a série também, né? Amo a escrita da autora, o modo como ela desenvolve os personagens. Ainda não li esse, mas já quero porque gostei do Merripen pelo o que deu para ver no livro anterior. Quero muito ler. Amei a resenha!

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.