Resenha: Zac & Mia - A. J. Betts

domingo, 27 de setembro de 2015


Título: Zac & Mia
Autor (a): A. J. Betts
Classificação: 4.2 (Skoob)
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Gênero: Romance; Drama; Sick-Lit

Toc, toc!

Uma música infernal tinha começado a tocar e Zac muito irritado decide bater na parede do quarto para fazer seu vizinho diminuir o volume. A partir desse momento tudo que ele menos esperava acontece.
Um livro totalmente delicado e surpreendente, venha conhecer a história de Zac & Mia! ✿✿✿

De todos, eu sou o menos corajoso. Nunca me alistei para essa guerra. A leucemia me convocou, essa filha da puta. ~Zac
Zac tem 17 anos e dessa vez estava internado para fazer o transplante de medula. Desde que descobriu que tem leucemia vive constantemente passando pelo hospital, já fez alguns tratamentos e dessa vez os médicos decidiram pelo transplante. Sua mãe tem ficado com ele desde que foi internado, e ele sempre arruma um jeito para que ela deixe o quarto, para ter alguns momentos sozinho, mas quando Nina começa a explicar as funcionalidades do quarto vizinho ao seu ele e sua mãe ficam bem silenciosos para tentar descobrir quem está sendo internado.

A garota é mal humorada e tem um gosto musical duvidoso para Zac, mas pela primeira vez ele vai ter como vizinho uma pessoa de sua idade. Mia não está gostando de ser internada e quer que sua mãe a deixe sozinha, então ela escolhe a pior música que possui, coloca na maior altura e assim consegue tirar sua mãe do quarto. Assim que ela escuta as batidas em sua parede ela responde, mas a comunicação entre eles não acontece de maneira eficiente.
Coragem é ficar parada, apesar de querer correr. Coragem é se plantar no lugar e encarar coisas que assustam, quer seja sua perna, ou seus amigos, ou o cara que pode partir seu coração de novo. É abrir os olhos e encarar o medo até ele recuar. ~Mia
Um convite no Facebook e a interação entre eles melhora. Zac ensina algumas táticas de como passar da melhor forma os dias no hospital e assim eles começam a se conhecer. Zac é fissurado em estatísticas e sabe todas as chances de vida que possui, mas será que desistir de tudo é a melhor saída? Você precisa ler esse livro.



Eu esperava apenas mais um livro sobre câncer que alguém iria morrer no final, mas fui surpreendida de varias formas durante essa leitura. A autora trata o tema de uma forma bem crua, sabemos as chances de nossos protagonistas, acompanhamos seus medos e revoltas. Mas torcemos por eles de todas as formas. Teve um momento que cheguei a falar com as meninas do PB "Não me deixem mais ler livros com doenças", mas depois que terminei essa leitura eu já não pensava mais dessa forma. O final do livro é aberto, pela primeira vez na vida um final aberto me agradou. *Dança*

Zac e Mia me conquistou, me envolveu, emocionou e divertiu. Não encontrará apenas drama nessas páginas, irá encontrar pessoas fortes encarando suas doenças da melhor forma possível e tentando extrair alegria nas pequenas coisas. O livro é narrado em primeira pessoa tanto por Zac quanto por Mia. Ele é dividido em três partes, mas não irei falar muito disso se não posso levar você a tirar algumas conclusões erradas. Se você ama dramas como eu não pode deixar de ler este livro.

Outras capas de Zac & Mia. 

  

Beijos, beijos e até mais!

21 comentários :

  1. Saudações Lady Paula,
    Quero esse livro, agora! Sem mais.
    Jura que o final aberto de agradou? Tenho graves problemas com isso, porque nunca fico satisfeita, sempre acho que a falta de conclusão vai me matar e a vontade é sair correndo atrás do autor até que ele sane todas as minhas dúvidas hauhauahuaha


    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛

    The Queens Castle

    A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

    A Chave do Mundo –Livro I: As Torres de Phart Halor

    Tudo que você queria saber sobre Mitologia

    ResponderExcluir
  2. Zac e Mia é um dos lançamentos da Novo Conceito que eu mais queria ler, acho q capa linda e a sinopse já tinha me chamado a atenção.
    Gostei dos personagens, acho que passar a vida em um hospital nao é nada a facil e mesmo assim a autora conseguiu nos surpreender com um livro mto elogiado, pelo que vi nos blogs.
    Bom saber que nao é apenas um livro que alguem morre por causa do doença, mas vai mto alem disso.
    A capa daqui eu achei mais linda e ja quero o marcador...hehe.
    Beijos

    https://fuxixiu.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Tenho problemas sérios com finais abertos, mas me empolguei um pouquinho em saber que o final desse te agradou. A capa é linda e é bom saber que esse é um livro diferente dos outros que abordam esse tema, porque eu já estava começando a achar tudo muito mais do mesmo. Foi para a lista!

    ResponderExcluir
  4. Primeira resenha que leio sobre o livro e com certeza já irei incluir ele a minha lista de desejados, gosto de livros com temáticas assim para a gente se por no lugar no outro, viver " mais de perto" com a historio. creio que deva ser um livro que dê alguma forma nos traga uma mensagem. Linda capa.Maravilhosa resenha!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Paula,
    Não vou mentir, só a sinopse do livro já me conquistou, mesmo com o fato de eu não gostar de livros sobre "doenças". Essa foi a primeira resenha que vi do livro e gostei muito, vou até adicionar logo ele no skoob (haha).

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei mais das outras capas de zac e mia do que a nossa. Eu não gosto muito de ler livros sobre doença acho muito triste, nunca peguei para ler, mas não tenho muita vontade de pegar um livro que sei que irá me fazer chorar para ler.

    ResponderExcluir
  7. Eu amei a ultima capa, simples mas com grande significado, tenho que admitir que livros com personagens que possuem doenças graves não são meu forte, principalmente o com o tema câncer pois minha mãe foi diagnosticada com essa doença e tento não pensar no assunto porque ainda é uma coisa assustadora pra min, mas sabe depois de ler sua resenha eu decidi dar uma chance a esse livro, talvez eu me agrade com ele né ? Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  8. Que lindo, gostei da proposta do livro!
    O livro me parece ser bem emocionante em fazer com que o leitor reflita sobre vários aspectos da vida, mostrando também um lado diferente da doença que até antes não tinhamos conhecimento. Eu não poderia estar mais curiosa em relação a um livro, e com certeza está na minha lista de desejados.
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  9. Bom, eu não curto nem um pouco livros com finais abertos, mas como o final aberto desse livro te agradou, espero que ele me agrade, estou bem curiosa em relação a esse livro e pretendo lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  10. Oi Paula, tudo bem ?
    Não conhecia o livro, gostei da sua resenha , no entanto, livros com finais abertos me deixam muito frustrada, de modo que eu ficaria extremamente irritada ao fim.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ei Paula!
    Me apaixonei pelo livro, a resenha me deixou com um gostinho de quero mais.
    Parabéns, beijos

    ResponderExcluir
  12. Ola!!
    Essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro e já começou o aperto no meu coração. Trabalhei por um tempo na internação de crianças com câncer e esse tema sempre meche muito comigo, sei que quando eu ler esse livro irei chorar do inicio ao fim, mas mesmo assim quero muito ler.
    Bjos e sucesso

    ResponderExcluir
  13. Paula, confesso que julguei Zac & Mia no começo devido ao seu gênero, o sick-lit. pensei que seria mais uma cópia de A Culpa é das Estrelas ou outros livros sobre o câncer e outras doenças. Mas, percebi o meu tamanho engano. Foi fascinante conhecer a estória dos dois personagens que levam suas doenças em um ritmo diferente, algumas cenas de diversão e a amizade criada no livro.

    ResponderExcluir
  14. Sick-lit é outro gênero que não costumo ler, leio para fugir por um momento da realidade então esse gênero não é uma recomendação para esse meio, certo?!
    Mas acontece de que alguns livros acaba me chamando a atenção e eu não consigo resistir, esse foi o caso de Zac e Mia. Sem dúvida a lição de vida que a história passa ao leitor é muito linda, o quotes sobre a coragem que você colocou na resenha é muito sábio. Mas confesso que não sei se esse final aberto vai me agradar, o jeito é ler e descobrir, verdade?!
    Amei a resenha!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Oi Paula, confesso que não me interessei tanto pelo livro quando ele foi lançado, e pelo que tenho visto me enganei. Tenho notado que os personagens são mais reais, o que tornam a leitura ainda melhor e normalmente eu costumo gostar mais.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Não me interessei por esse livro, sick-lit meu <3 não aguenta, não gosto de dramas, mas vou recomendar para uma amiga minha que ama esse estilo. Muito comum um vizinho ouvir musica alta haha. Não achei a capa bonita :/

    ResponderExcluir
  17. Desde a primeira resenha desse livro que li já adorei, realmente se alguem chegasse e me dissesse que esse era mais um livro com personagens que tem câncer eu já nao saberia se ia querer ler ou nao...rsrs
    Mas esse com certeza eu quero ler, acho que vou gostar desse final aberto tbm *-*

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante da resenha,me despertou um interesse muito grande em ler o livro . Esses temas são bastante complicados,mas me chamam bastante atenção . E minha capa preferida foi a última que mostrou ,a capa brasileira não me agradou muito,já as outras achei bem mais bonitas .

    ResponderExcluir
  19. Gostei bastante da resenha,me despertou um interesse muito grande em ler o livro . Esses temas são bastante complicados,mas me chamam bastante atenção . E minha capa preferida foi a última que mostrou ,a capa brasileira não me agradou muito,já as outras achei bem mais bonitas .

    ResponderExcluir
  20. Esse livro tem cara que é um romance fofo, quando estou com ressaca literária gosto de ler esse tipo de romance. E como ultimamente estou com muita ressaca literária leria ele sem dúvida.

    ResponderExcluir
  21. As capas internacionais são lindas, mas não me interessei por parecer uma história monótona. Me lembra a culpa é das estrelas e cante para eu dormir
    #ICry

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.