Resenha: Beleza Perdida - Amy Harmon

sexta-feira, 10 de julho de 2015


"AS VEZES A BELEZA OU A FALTA DELA, SE TORNA UM OBSTÁCULO PARA REALMENTE SE CONHECER UMA PESSOA."
Título: Beleza Perdida [Making Faces, livro único]
Autora: Amy Harmon
Classificação: 4.6 [Skoob]
Páginas: 332
Editora: Verus
Gênero: Sick Lit, Drama, Young Adult
Hey gente!
Eu queria fazer uma resenha diferente sobre esse livro. Sempre começo falando sobre o casal principal, como vai ser o desenvolvimento deles, e por aí vai. Mas quem leu a sinopse imaginaria que seria apenas um livro com um romance, entre a menina bonita e o cara que ficou desfigurado depois da guerra um reconto da Bela e a Fera, e viveram felizes para sempre.... Então parem, porque não é tão simples assim.

Já havia lido o ebook desse livro a um bom tempo, então tive que reler essa edição da Verus para relembrar. Beleza Perdida é todo em 3° pessoa, eu sempre tenho um problema com esse tipo de narração, mas a escrita da Amy Harmon é profunda, ela consegue colocar os pensamentos de todos personagens que estão no meio da cena, sem que você se perca e embole na história.



Achei que seria meio difícil de falar sobre o livro porque, todos os personagens que aparecem são protagonistas para mim, todos tem um pouco para contar, principalmente a Fern, o Ambrose e o Bailey. Esse é o trio que vai nos guiar na história.

Fern e Bailey são primos e melhores amigos desde crianças, ela sempre esteve ao seu lado e cuidando dele, não só por causa de sua doença - distrofia muscular de Duchenne*** -, mas também porque um precisava do outro. Ela sempre foi apaixonada por Ambrose Young, mas nunca foi reparada por ele. Ambrose é cara o popular da escola, com seu rosto e corpo perfeito, mas que toma uma decisão na sua formatura, que vai mudar tanto a sua vida, quanto a dos cidadãos de Hanna Lake.
"PERDIDO OU SOZINHO?" Ambrose respondeu "sozinho", e Fern respondeu: "Eu prefiro ficar perdida com uma ressalva". Ambrose respondeu: "Nada de ressalvas", ao que Fern respondeu: "Então perdida, porque sozinha parece algo permanente, e o que é perdido pode ser encontrado".
A ideia de ir para o Iraque, para proteger o seu país, já não parece tão bonita quando Ambrose volta para Hanna Lake, agora com o rosto desfigurado, e sem seus amigos, ele acha que teria sido melhor se ele não tivesse tido a sorte de sobreviver. Mas tudo pode mudar quando a pequena ruiva Fern, vê a beleza em Ambrose, onde ele acha que não existia mais.
"Como seria a sensação de ser bonito e ter essa beleza levada embora? Seria mais difícil do que nunca ter conhecido a beleza para começo de conversa?"

O livro vai nos mostrar vários tipos de perdas, vai falar da amizade, da aceitação, do amor, da família, da filosofia, da religião, vai te fazer pensar, chorar, e pensar novamente. Mas o principal, é a mensagem que a autora quer te mostrar. É ótimo passar um tempo com personagens tão únicos, com ótimas personalidades. O Ambrose NÃO é um bad boy, típico pegador e sem sentimentos, ele é um cara sensível, tanto antes de se alistar quanto depois, um cara que gosta de ler e  ama Shakespeare. Bailey é um personagem MARAVILHOSO, mesmo estando na sua cadeira de rodas, ele não tem medo do que vida guarda para ele por causa de sua doença, e continua vivendo cada momento como se fosse o último. Fern é uma garota doce, que adora romances, que escreve, tem pensamentos profundos, é engraçada e consegue encontrar o melhor nas pessoas, quando ninguém mais acredita.
A editora fez um ótimo trabalho com a capa, e diagramação, cada título no capítulo só te faz pensar nos acontecimentos que irá ter, eu fiquei meio desolada a partir de uma página do livro, porque dela até o final eu apenas chorava, eu já não conseguia ver as letras porque minha visão estava embaçada, tive que fazer várias pausas para depois tentar continuar, e apenas chorava mais ainda, não pensem que fiquei assim porque era uma cena triste okay? Era linda, mas não expressava totalmente felicidade, mas é algo emocionante de ler e imaginar. Apenas recomendo para vocês!
Se Deus faz todos os rostos, Ele riu quando me fez?
...
Ele nos esculpe para o Seu prazer, por uma razão que não posso ver?
Se Deus faz todos os rostos, Ele riu quando me fez?
E para quem quer conhecer mais da história e passar um tempo com esses personagens lindos, participe do top comentarista, pois é uma das escolhas que vocês podem fazer!
...
***Distrofia de Duchenne é uma doença genética, se caracteriza pela ausência de uma proteína essencial para a integridade do músculo, que vai degenerando progressivamente.
...
A editora Verus já confirmou a publicação de mais três títulos da autora que são: Infinty+One,  Running Barefoot e A Different Blue. Todos livros únicos, como em Beleza Perdida.


A autora normalmente lança mais livros únicos, mas tem uma série que está sendo publicada na gringa, que se chama "Purgatory", temos também o livro The Law of Moses. E o The Song of David que não é uma continuação de "The Law of Moses", mas autora recomenda a leitura dele, para que não sofra spoilers.
  

xoxo~

14 comentários :

  1. Olá Nik, tudo bem?? Como não desejar urgentemente este livro depois da tua resenha? Nossa, realmente esta historia esta superando minhas expectativas, li muitas resenhas positivas como a sua sobre o livro, o que faz que a gente tenha mais interesse, adoro ler reeituras,mas esta com certeza é a mais desejada. Espero poder conferir em breve e matar minha curiosidade. Maravilhosa resenha!

    ResponderExcluir
  2. Estou a tempos querendo ler esse livro e agora com essa resenha maravilhosa fiquei mais ansiosa ainda pela leitura. Me convenceu totalmente a ler. Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha!
    Super pretendo ler Beleza Perdida, o livro meio passa uma lição de que beleza não é tudo, pretendo ler em breve, ainda não li nenhum livro da autora mais foi legal conhecer mais algumas obras dela.

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Eu estou louca para ler esse livro, a sua resenha foi mais uma que li elogiando esse livro e estou louca para conhecer essa história desenvolvida pela autora, parece ser uma história que mexe com o leitor pelo que entendi na sua resenha.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro esse livro!
    Li o ebook, mas ainda não a a versão em português! Amo os livros da Amy Armon, ela tem uma escrita muito delicada e ao mesmo tempo profunda, esse livro é uma história linda e emocionante e a música que você colocou para ir lendo a resenha junta ficou muito bom!
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  6. Já quero, quero e quero.
    Um livro lindo, ao que me parece, que vai fazer as pessoas refletirem.
    Como não amar livros que tenta fazer de seus leitores pessoas melhores?
    Por que eu posso estar enganada, mas não é essa a função desse livro?
    mil beijos!

    ResponderExcluir
  7. Vim ler com um baita medo de pegar algum spoiler, por que eu estou louca para ler ele, tipo... muito louca mesmo! Na primeira oportunidade que eu tiver vou correndo comprar. E final a resenha só me fez querer ainda mais essa coisa linda ♥

    ResponderExcluir
  8. Ahhh, esse livro! <3 Já achava que ele tinha uma narrativa linda, mas deposi dessa resenha agora tenho ainda mais certeza. E que bom que o nosso mocinho não é o típico pegador que virou febre nos últimos tempos. Me empolguei também em saber que vão publicar mais livros da autora e que são independentes, porque tô atoladas em séries até o pescoço.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Primeiramente devo dizer, que música linda, e perfeita você colocou no inicio da resenha, já me vi lendo o livro e escultando essa música hehehe, amei a resenha, confesso que eu não estava assim curiosa para ler o livro, mas depois dessa resenha vi o quanto ele é lindo, eu tenho que ler, gente um reconto de A Bela e a Fera, tudo que eu estou precisando rsrsrrs, irei ler assim que foir possivel, aaahhh e eu gostei tanto da música que baixei ela.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Não li nada da autora ainda, mas este é sem dúvida o livro que mais me chamou atenção entre os últimos lançamentos da editora. Pelas resenhas que tenho acompanhado, não me arrependerei da leitura.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Umas das coisas que amo em livros é o tipo de assunto, esse muito variado, fala sobre coisas diferentes, assuntos intensos sobre perdas. Não conheço a autora mais de certa forma gostei muito do que andam falando de Beleza Perdida.

    ResponderExcluir
  12. Oi ... eu li esse livro no mês passado e simplesmente me arrepio toda vez que lembro dessa história MARAVILHOSA... q livro minha gente .... o Bailey é o cara, acho q meu coração acabou dividido entre o casal principal( tbm amei de paixão ) e ele ... q personagem q conseguiu me fazer rir, chorar, gritar, querer entrar dentro do livro para dar um abraço ... eu amei esse livro, esta entre os favoritos da vida e INDICO para todos lerem ... perfeito
    parabéns pela resenha, seria impossível descrever todos os sentimentos que esse livro pode trazer mas você conseguiu expressar muito bem...
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?

    Eu li esse livro faz um tempo e foi em inglês e agora quero ler em português. Amei a história, um romance lindo e que passar uma mensagem de fé e amor.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse sem dúvidas é o livro que mais preciso no momento,desde o lançamento estou vidrada nele.Só li resenhas positivas e a sua só vem deixar ainda mais claro o quanto a história é linda.E se você chorou com o livro imagina eu que sou a maior manteiga derretida que chora com qualquer coisa.Parabéns pela sua resenha,eu adorei ela <3

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.