Resenha: Primeiro e Único- Emily Giffin

quarta-feira, 17 de junho de 2015


Título: Primeiro e Único (The One and Only)
Autor(a): Emily Giffin
Classificação: 4.1 (Skoob)
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
Gênero: Romance Contemporâneo




''(...)Sim. Mas não se deixe enganar. As melhores coisas da vida parecem simples. Mas só parecem.''



Shea Rigsby tem 33 anos e uma vida inteira dedicada e envolvida ao futebol americano. Desde criança o esporte é um dos grandes amores da sua vida, na juventude ela trabalhou como jornalista esportiva na faculdade e depois de adulta conseguiu um ótimo cargo na publicidade de seu time favorito, o que fez com que permanecesse na pequena cidade onde cresceu. Sua melhor amiga Lucy acabou de perder a mãe para o câncer, não apenas uma perda para a família, pois Shea também sempre foi muito apegada a Sra. Carr, e principalmente ao pai da amiga, o Treinador Clive Carr com quem ela sempre teve o futebol americano em comum.

Shea está passando por uma fase de grandes mudanças em sua vida, e agora que ela viu que a morte chega para todos a qualquer momento, ela está decidida a sair de sua zona de conforto e tomar um novo rumo em sua vida. Um novo emprego, um novo guarda roupa, um novo namorado, tudo isso vai trazer novos ares, e talvez alguns sentimentos inesperados, onde ela terá que decidir entre a amizade, o amor e sua própria felicidade.

Escolhi esse livro pela capa, confesso. A sinopse não é uma das mais reveladoras, e eu também não costumo ler livros onde a faixa etária dos personagens é mais adulta, além disso, eu já queria ler alguma coisa da Emily Giffin a algum tempo, e não me decepcionei com a autora! Ela tem um desenrolar maravilhoso da trama, uma escrita sucinta e bastante detalhista. Mergulhei muito na história de cada personagem, principalmente nos medos, anseios e pensamentos de Shea, pois a história é narrada por ela em primeira pessoa.

Shea é uma jovem mulher anticonvencional, afinal de contas, não é muito comum mulheres serem tão envolvidas e fixionadas com esportes, quanto mais com futebol, e eu achei bem bacana conseguir ver esse outro lado da moeda. Qualquer campeonato, qualquer título, e o nome de qualquer jogador da liga, Shea sabe! E foi bem interessante conhecer mais detalhes sobre um esporte que também não é comum no nosso país. Foi notável ao longo da história que a autora fez uma grande pesquisa pra conseguir cobrir todos os detalhes de seu livro, e eu admiro muito quem se preocupa com esses detalhes, são eles que costumam me ganhar na trama.


Infelizmente não posso dar muitos detalhes da trama pra não dar spoilers, mas posso justificar o motivo da minha nota ter sido apenas três estrelas. Eu esperava um romance delicioso de se acompanhar, achei que ao longo de sua jornada de realização, Shea iria encontrar o amor e isso me faria suspirar, ela encontra sim o amor, mas não da maneira como eu imaginei. O leitor precisa ter uma mente aberta para algumas situações que irá se deparar ao longo da leitura, pois o final realmente não foi fácil de aceitar pra mim. Achei que o recurso que a autora utilizou como virada de jogo, muito prevísivel e pouco trabalhado, confesso ter torcido contra o casal do final, e isso me deixou um pouco desapontada com o livro. Tentei abrir minha cabeça e permitir que aqueles personagens me ganhassem, que eu conseguisse enxergar o gancho e a profundidade entre eles, mas realmente não me convenceu, então esse é o motivo de não ter dado uma nota maior, porque pela escrita, a autora definitivamente merecia.

Mesmo não gostando muito da história, a realidade é que o livro foi impossível de largar (principalmente porque torci para que o final não fosse o que eu tinha imaginado), a autora tem um dom de escrever sobre a natureza humana, suas falhas, anseios e comportamentos de uma maneira única, e vou levar de lição que o amor pode nascer a qualquer momento, por pessoas que nós menos esperamos, que a vida é cheia de reviravoltas e que realmente não temos noção do que pode acontecer na próxima curva. Acima de tudo, aprendi que quem decide o que fazer com sua vida, é apenas você, que podemos ser e amar qualquer coisa que quisermos, a escolha sempre será apenas nossa, a escolha pela felicidade ou não.

13 comentários :

  1. Oi Carla, gostei bastante da tua resenha muito bem argumentada e agora consegui entender do por que o livro estar ganhando uma nota tão baixa. Confesso que mesmo assim estou curiosa para descobrir que final é este! Parabéns!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. Ontem eu li a resenha desse livro escrito por uma das minhas colaboradoras e agora lendo aqui eu fiquei bastante interessada no livro. Espero gostar bastante, porque me parece ser uma história muito boa. Eu também confesso que amei a capa desse livro. Espero poder amar a história também. =D

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-spirit-animals-lacos-de-sangue.html

    ResponderExcluir
  3. Parece interresante a morye meche com as pessoas fiquei curiosa mesmo nao tendo tanto romamce

    ResponderExcluir
  4. A lição que o livro passa é bonita, mas eu realmente detesto não gostar do casal principal e acabar torcendo contra eles. Parece que não comprei a ideia do autor ou algo assim. É como gostar só pela metade. Não sei se eu gostaria da leitura, fiquei na dúvida. Mas adorei a resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Com a resenha não fiquei muito animada. Pela sinopse até poderia ter me motivado.
    Outra coisa que está me deixando intrigada é a capa... tenho a impressão de conhecer essa imagem de algum outro lugar. kkk
    bjs, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
  6. Hello!
    Eu estava em dúvida se leria ou nao o livro... Tinha gostado um pouco da sinopse, mas esporte não é comigo, no máximo assisto as olimpíadas e a copa, mas olhe la... Sou pessima!
    Gostei da resenha, acho q deu pra ver q nao se encaixa mesmo no meu tipo de leitura... Pra mim tem q ter romance de verdade, desses q a gente deseja pra gente...
    Bom, por enquanto não leria.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carla! Tudo bem?

    Gostei da resenha deste livro e pretendo ler algum dia, logo após eu ler os quatro que tenho em minha prateleira da mesma autora.. mas somente para depois...

    Carla, gostei muito do blog de vocês e já estou seguindo.
    Siga o blog Irmãos Livreiros também! Ficarei muito feliz! Inclusive sempre tem promoções por lá!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  8. Ah Emily! Eu só li um livro da autora mas esse se tornou meu favorito no ato (Uma prova de amor) desde então estou buscando loucamente ler outra coisa dela ^^ também não sou muito ligada em histórias que envolvam esportes (com personagens ligados nesse mundo..) mas vou dar uma chance porque to muito afim de algo novo dela.

    ResponderExcluir
  9. Não tive interesse no livro, até porque ele não é daqueles que chamam muito a atenção.
    Um lado positivo é a autora escrever sobre a natureza humana presente em nós.

    ResponderExcluir
  10. Nunca lia nada da autora e confesso que nem pretendo. As sinopses dos seus livros nunca me aninam, achei sem gracinha Apesar desse ser de uma mulher que ama futebol americano, o que é bem incomum na literatura, eu também não me entusiasmei :(

    ResponderExcluir
  11. É uma pena que não tenha gostado muito, mas mesmo não gostando a história te prendeu e isso já ganhou alguns pontos comigo, ainda não li nenhum livro da Emily mas pretendo dalgum dia e esse tem uma otima premissa e os pontos positivos parecem bons

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito, principalmente pelo perfil da protagonista, foge dos clichês que normalmente encontramos, adorei!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Ao ler a sinopse eu imaginei uma coisa sobre este livro, mas agora que estou lendo as resenhas percebo que não é bem o que eu imaginava. Ainda assim vou ler, mas pelo menos sei que não posso ir com muitas expectativas.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.