Resenha + Playlist: Tensão [Collide #01] - Gail McHugh

terça-feira, 14 de abril de 2015

Título: Tensão (Collide #01)
Autor (a): Gail McHugh
Classificação: 3.8[ Skoob ]
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Gênero: Romance Contemporâneo, New Adult

"Não era só o fato da presença dele pulsar dentro dela. Não era porque o perfume dele lhe embriagava os sentidos, ardendo em sua mente e importunando todos os seus sonhos. Não era nem mesmo aquele maldito beijo. Era o charme resoluto, a autoconfiança ousada, a atração insana e a inegável dominância que ele exalava por todos os poros. [...] Era como se, toda vez que eles se encontravam, ocorresse um paradoxo distorcido: por mais que sentisse necessidade de fugir, Emily também sentia-se inegavelmente atraída por ele."

Emily Cooper perdeu a mãe recentemente, por isso ela decidiu deixar a pequena cidade do interior onde vivia e se mudou para Nova York. Seu namorado Dillon, se mudou pra lá a algum tempo, e vem insistindo para que ela se mudasse também. Morar com sua melhor amiga Olivia pareceu ser a melhor decisão, afinal ela não se sentia realmente pronta para dar um passo tão grande com Dillon. Um emprego despretencioso em um café era tudo que ela precisava para ocupar seu tempo e recomeçar sua vida, até conhecer um moreno misterioso e atraente na mesa do restaurante que pareceu ficar fascinado por ela.

Gavin Blake é rico, lindo e sexy, com muito trabalho e esforço ergueu um império no setor publicitário junto ao seu irmão. A imagem que todos construíram dele é a de um garanhão, que nunca se envolve seriamente com as mulheres e que não se preocupa com sentimentos, o que não é verdade, ele apenas não encontrou a garota certa. Por uma infelicidade do destino, Emily vai descobrir que o cobiçado moreno que chamou tanto sua atenção, é Gavin e ele vem a ser um dos amigos de seu namorado Dillon. Gavin não vai aceitar as recusas da garota assim tão facilmente, ele sabe que a conexão que sentiu com Emily transcendeu todos os sentimentos que ele já sentira em relação a outra mulher. Emily por sua vez vai se ver cada vez mais divida entre seu relacionamento seguro, estável e cômodo com Dillon, e a paixão avassaladora, o desejo ardente e a tentação que Gavin lhe representa. Insegura, confusa e com a mente cheia de conflitos a garota vai ter que fazer uma escolha que poderá mudar seu futuro.
Já havia um tempinho que eu não escrevia a resenha de um New Adult, e como vocês sabem esse é o meu gênero favorito. Foi estranho começar uma leitura narrada em terceira pessoa, a grande maioria dos livros desse gênero é narrado em primeira pessoa, pela mocinha ou pelo mocinho, e muitas vezes revezada entre os dois protagonistas. Aqui a autora usou essa outra forma, que eu acredito buscava abranger outros horizontes da história, mesmo assim ela tentou dar uma visão mais aproximada mostrando capítulos revezados focando em cada protagonista.
"Não tinha como negar que o achara muito atraente. Ficara alarmada por não ter conseguido parar de encará-lo quando o vira pela primeira vez. Havia algo de misterioso naqueles olhos, de um tom azul tão claro que quase imploravam a ela que se submetesse a ele, que o obedecesse e fizesse com ele algumas das coisas mais sacanas que sua mente podia imaginar. Talvez fossem os malares, quase proeminentes demais. Ou talvez o tom suave e rouco da voz que basicamente desarmara cada pensamento coerente que Emily tivera desde a primeira vez que ele falou."
Emily é a típica mocinha que encontramos no gênero, ainda muito fragilizada pela perda  da mãe, a garota pareceu muito perdida e sem saber que rumo tomar na vida, até aí achei justificável, não é fácil perder um parente tão próximo para uma doença tão díficil quanto o câncer. Mas o que realmente me incomodou na garota foi o fato de ela não se dar conta que vivia em um relacionamento opressivo, e isso acontece com várias garotas atualmente, então foi um ponto que me chamou a atenção na trama. Dillon é extremamente machista, controlador, ciumento, e não trata Emily como deveria, e o tempo todo a garota busca justificativas para as atitudes agressivas dele. Ela realmente acredita que ele é o melhor que ela pode conseguir, afinal de contas ele a apoiou em todos os momentos durante a doença da mãe, principalmente financeiramente, e mais uma vez vemos o pensamento machista da nossa sociedade impregnado na cabeça da protagonista. Confusa, pessimista, cheia de conflitos, e acostumada a receber migalhas de carinho e atenção, Emily é extremamente insegura e indecisa, e esse foi outro ponto que influenciou vários acontecimentos no livro.

Gavin me ganhou desde o primeiro momento, eu achei que seria um mocinho conquistador, que procurava apenas sexo casual e mulheres para acompanha-lo em seus eventos sociais, mas o seu jeito de ver a vida, sua responsabilidade com trabalho e família, seu cavalheirismo, educação e caráter me fizeram mesmo suspirar. Eu não costumo ser aquela que torce por uma traição, na verdade na grande maioria das vezes eu sou terminantemente contra, mas Dillon é tão canalha, que eu queria que ele sentisse na pele tudo a que ele vinha submetendo Emily. Gavin sendo tão cavalheiro e protetor, ainda limpou o nome do amigo em frente a namorada várias vezes, como não se apaixonar? A relação desses dois vai ser cada vez mais conturbada, conforme eles veem que sentimentos verdadeiros estão muito mais envolvidos que apenas o desejo e a paixão.
Eu fiquei aguardando o momento em que Emily iria colocar sua cabeça no lugar e tomar uma atitude decisiva, mas a protagonista continuou postergando, negando seus sentimentos, se apegando a um relacionamento fadado ao fracasso, enquanto Gavin lhe prometia que ela teria sim onde se assegurar. O que mais me incomoda nesse tipo de personagem é a necessidade de outro para ser alguém, ou para ser feliz, mas estamos falando de livros, e ainda de romances, então o que eu realmente podia esperar? Depois de tudo isso, é claro que seria um final de tirar qualquer um do sério. Mas pelo Gavin, por tudo que ele disse e representou valeu a pena.




Tensão é o primeiro volume da duologia Collide (título americano, que eu prefiro!). O segundo livro, "Pulsação" será publicado em breve pela editora Arqueiro. Amei essas capas, escolheram a melhor edição estrangeira para manter!



Como eu gostei muito do livro, mesmo ficando irritada, e achei o amor de Emily e Gavin inspirador, acabei criando uma playlist com algumas músicas que eu achei que me lembravam o casal. Foram músicas aleátorias, apenas La Vie En Rose é realmente mencionada no livro , e foi em uma das minhas cenas favoritas na leitura. Espero que vocês curtam, e pra quem já leu, me conta aí se achou que a playlist combinou com os personagens.
Beijos e até a próxima!


Livro: Tensão by Paradise Books on Grooveshark

32 comentários :

  1. New adult nao é muito meu estilo .mas lendo algumas resenhas . Estou me aventurando rs gostei de alguns . E esse me deu curiosidade p saber o final rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naiara, é sempre bom dar uma oportunidade, quem sabe o gênero novo pode te ganhar né?
      Beijos

      Excluir
  2. Olá, não gosto muito de new adult, esse livro está fazendo bastante sucesso em varios blogs vejo pessoas resenhando e gostando muito dele!!
    Sua resenha ficou muito bem escrita!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, mesmo não sendo o seu gênero :)
      Beijos

      Excluir
  3. Li poucos New Adult, mas gosto do gênero.
    Eu tenho que admitir que estou de saco cheio dos livros mais hot contendo um homem gostosão, rico e com um Q do protagonista de 50 tons de cinza, mas pela resenha parece que o Gavin é realmente apaixonante.
    Eu também não costumo torcer por uma traição, mas as vezes é inevitável, tipo em Uma mulher, um homem, um drink, onde a protagonista é noiva de um canalha e conhece um cara lindo e maravilhoso. kkkkkkkkk

    Adorei a resenha e me interessei em ler o livro.
    Beijos

    Coleções Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu sempre digo, podem até ser meio repetitivos, mas eu sempre vou amar! HAHAHA
      Espero que curta o livro.
      Beijos

      Excluir
  4. Esses dois parecem ser muito bons juntos. Adoro livros hot. Principalmente se eles tiverem um bom conteúdo. Uma trama envolvente e marcante é tudo num romance hot. Espero que esta série seja tudo isso e muito mais. Com certeza vou ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth!
      Tbm curto muito o gênero, acho que você vai gostar, é bem envolvente.
      Beijos

      Excluir
  5. Oii,
    Adorei a resenha e NA também é meu gênero favorito!
    Sério, não sei de quem vou gostar menos.. se é da Emily ou do Dillon. Saber que ela é desse jeito já me deixa desanimada rs E até me lembrou a Kiera (vaca) de Intenso demais.
    Agoraaaaa, eu to louca pra conhecer o Gavin <3
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana!
      Que bom que curtiu. Acho que o Dillon é ainda mais odiável tá? HAHA
      Ela é menos cretina que a Kiera, mas ainda vai te deixar tão irritada quanto.
      Acho que vai adorar!
      Beijos

      Excluir
  6. Eu quero muito ler esse livro, mais muito mesmo, hehe, já à tempos vejo sinopses desse livro, muito boa mesmo, mais vou esperar lançar o segundo, pq ultimamente pego um livro para ler, aí tenho que esperar meses para ter a continuação, aprendi com titia Sylvia Day, esperar ter a todos os livros, se não leio, pq esperar mais de um nano por um livro é f***. Gostei da capa, e o legal é que a mesma da edição americana, ficou lega. Tbm prefiro o nome , como vc , hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran! Acho que você vai curtir. Realmente, a gente fica super ansiosa quando apenas um livro da série foi lançado, mas eu nem sempre consigo esperar.
      Beijos

      Excluir
  7. Sou sincera não conhecia e acho que em Portugal nem existe esse livro publicado por nenhuma editora.
    No entanto pareceu-me bem interessante, a serio, acabei por ficar super curiosa para ler.
    Beijo. http://coisinhasdamiia.blogspot.pt/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria!
      Acho que você pode conseguir o ebook, se gosta do gênero, vale muito a pena!
      Beijos

      Excluir
  8. Real e sinceramente, não consegui me interessar por Tensão. É um tanto raro acontecer, mas às vezes eu olho pro livro, ele olha pra mim (rç) e simplesmente não sinto aquela vontade enorme de ler. Pois é, aconteceu com esse, infelizmente.
    Essa playlist esta maravilhosa *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, mas obrigada por comentar mesmo assim.
      Que bom que a playlist você curtiu né?
      Beijos

      Excluir
  9. Adoro ficar irritada com o livro, sabia? Isso só faz com que eu goste ainda mais da leitura. E é diferente mesmo saber que ele é narrado em terceira pessoa, porque geralmente os livros desse gênero ou não narrados por uma só ou com capítulos alternados entre os protagonistas. Depois dessa resenha acho que vou até passar esse livro na frente de alguns outros.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro isso Cecília, acho que esse efeito faz com que o livro seja marcante de alguma forma e com que a gente fique envolvida. Acho que você vai gostar bastante!
      Beijos

      Excluir
  10. Carla!
    Sou bem fã dos NA, mas é bom dar um tempinho vez ou outra, porque tornam-se um tanto repetitivos.
    Bom saber que mesmo apesar das recusas da protagonista, no final eles se acertam. Adoro os finais felizes onde os conteúdos são intensos.
    Amei toda playlist, principalmente Adele.
    Bom final de semana!
    “O segredo da felicidade é encontrar a nossa alegria na alegria dos outros.” (Alexandre Herculano).
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy! é verdade, as histórias são bem repetitivas, mas eu sou tão viciada no gênero que nunca consigo largar! HAHAHA
      Acho que você vai gostar da trama.
      Obrigada pelo carinho.
      Beijos

      Excluir
  11. Oi Carla, tudo bem? Tenho visto bastante resenhas de "Tensão" e até está me dando vontade de ler... adoro NA, mas não leio muito, mas gostei de saber que esse tem a visão em terceira pessoa, é bem diferente mesmo em livros desse gênero.

    Bom, acho que com certeza eu iria ficar um pouco com raiva da Emily e sua fragilidade, tudo bem que ela perdeu a mãe, mas manter um relacionamento por puro comodismo não entra na minha cabeça, mesmo depois de ter conhecido o Gavin e passar a gostar dele, mas enfim... é uma coisa que terei que superar se quiser ler o livro. Também vou ficar com muita raiva do Dillon, odeio personagens machistas e que fica tentando manipular os outros, como o que ele faz com a Emily. E o Gavin parece ser um lindo <3 já gosto dele, mesmo sem ter lido o livro.

    Adorei a playlist, tem algumas músicas que eu gosto muito, como a da Adele e Katy Perry *-*

    Adoro essa capa, ficou muito bonita, e espero que no segundo livro a editora mantenha.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, que bom que te deixou ainda mais interessada. Prepare-se para passar um pouco de raiva com eles mesmo, mas acho que o livro vale a pena se você gosta do gênero.
      Obrigada pelo carinho, e que bom que gostou da playlist.
      Beijos

      Excluir
  12. Oiiii!! Faz tanto tempo que não leio algo desse gênero que fiquei super curiosa quanto à esse livro, já odiei esse tal de Dillon e amei o Gavin! haha Acho que esse livro é exatamente o que estava precisando no momento, pena que não o tenha em mãos e nem tenho como adquiri-lo... vou procurar algumas promoções, quem sabe a sorte finalmente não da o ar da graça na minha vida haha

    beijos
    http://garotanaalcateia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      HAHAHAHAHAHA é verdade, na resenha eu já fiz vocês odiarem o cara! Que bom, porque ele não presta mesmo. Acho que você vai curtir, dá uma olhadinha online, quem sabe vc acha um ebook.
      Beijos

      Excluir
  13. Infelizmente não me interessei muito pelo livro. Mas amei a capa, ela é muito, muito, muito, MUITO linda mesmo.
    E ah arrasou na playlist. Vou já procurar algumas dessas músicas para baixar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liih!
      Que bom que curtiu a playlist, mesmo não curtindo o livro :)
      Beijos

      Excluir
  14. Bem, não sei o por que mais não apreciei este livro, Emily e Gavin, não conseguiram me conquistar, achei os personagens meio sem graça, achei a historia repetida, como se já existisse esse enredo em outro livro. Gosto de historia diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirian,
      É natural do gênero ser um pouco repetitivo, por isso recomendo pra quem curte mais.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir
  15. Estou doida pra ler esse livro, curto muito New Adult, parece ser ótimo e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história, amei a playlist.

    ResponderExcluir
  16. Eu amei tua resenha garota, serio eu já estou querendo comprar esse livro já a algum tempinho, mas sempre coloco outro no lugar dele rs.
    Eu amo essas historias de cafajeste, a qual o personagem é todo ' Cheguei, chegando' e a personagem tem uma vida normal, porém que dizer, quase normal.
    Estou querendo muito mesmo ler esse livro, tem uma narrativa ótima, e estou com uma curiosidade a mil.
    Espero que eu consiga comprar ele logo, porque parece ser melhor do que eu achava que eram na verdade.

    Bjus <3

    ResponderExcluir
  17. Quero muito ler esse livro,adorei a sua resenha . Já adicionei a minha lista de desejados ,e se bobear vai pular na frente de outros .

    ResponderExcluir
  18. Quero muito ler esse livro,adorei a sua resenha . Já adicionei a minha lista de desejados ,e se bobear vai pular na frente de outros .

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.