Resenha: Willow - Julia Hoban

quarta-feira, 24 de setembro de 2014


Título: Willow
Autor (a): Julia Hoban
Editora: LeYa
Classificação: 4.2 [skoob]
Páginas: 352
Gênero: Sick Lit, Drama
 
Eu fiz um post á dois dias falando sobre o lançamento da LeYa "Willow", e comentando um pouquinho sobre livros que falam de personagens que se sentem "culpados". Como fiquei super curiosa com a história peguei o e-book e li. E com certeza recomendo a todos.


É difícil guardar um segredo quando você o leva escrito pelo corpo inteiro.

O livro é narrado em 3° pessoa, mas dá destaque aos pensamentos da nossa personagem principal. Willow é uma garota que perde seus pais em um acidente de carro, onde ela era a pessoa que estava dirigindo. Mas o que envolve a trama toda é o fato de ela se culpar pelo ocorrido. Após a morte de seus pais, ela abandona tudo para poder morar com seu irmão, que já é casado e tem uma filha. Nos deparamos com uma garota quebrada, que não tem amigos e que não consegue manter uma simples conversa com o único membro da sua família que lhe restou. Isso tudo acontece, porque a culpa a consome, assim o único modo que ela encontrou para mandar essa dor embora foi cortando a si mesma, e mantendo várias cicatrizes no seu corpo.

Willow trabalha na biblioteca da Universidade onde seu irmão dá aulas, e um dia ela tem que ajudar um garoto que precisa de um livro. Após ver o que Guy procurava Willow se espanta por ser um dos livros preferidos dela, e assim começam a conversar sobre vários clássicos da literatura, um vínculo se cria ali, mas sempre chega o momento das perguntas sobre os pais dela que é o que Willow mais odeia. O fato de eles serem professores e também terem escritos livros foi o que fez com que ela se apaixonasse pela literatura e historias antropológicas. Mas o problema ali, era que Guy conhecia os livros publicados por eles e já havia visto palestras dos pais dela, questionando várias coisas, fazendo com que ela se lembrasse de como era ter a família dela e de como tudo era normal antes.
"- Acredito que o que mais me assusta agora é o pensamento de que eu não seja capaz de protegê-la.
Willow o encara. Ela não sabe como responder a essa coisa extraordinária que ele disse."
É um pouco difícil entender os impulsos da garota, o que a leva a se cortar e tudo mais. Depois da tragédia, ela pensa que todos a olham como se fosse culpada por algo, acha que não merecesse ter amigos, pois não quer ver ninguém mais machucado por decisões suas, mas é aí que a amizade com Guy entra. Mesmo depois de dispensá-lo e falar que não precisava de ninguém ali por ela, não impede de ele tentar derrubar as barreiras de Willow e descobrir seu segredos.


Trata de uma história de superação, de amizade e amor. É difícil ler as cenas em que ela se corta, ou mesmo os momentos que ela quer fazer todos felizes, menos a si mesma. A autora também aborda a literatura e a antropologia em seu livro, sendo um dos assuntos mais falados. Gostei muito dos momentos na biblioteca, onde se passa a maior parte da história, é tudo bem escrito e explicado, não demora para acontecer as coisas. Julia Hoban vai sempre ao ponto, sem lenga lenga, ou repetições.

10 comentários :

  1. Oi!
    Não conhecia o livro, mas parece ser uma história bonita sobre superação... Devem ser bem difíceis de ler as partes em que ela se corta, não é um tema muito explorado em livros e é bem pesado...
    Beijos
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmesnte , mas a história é maravilhosa vale muito a pena ler!!
      Xoxo

      Excluir
  2. Nik,que resenha mara ! Quero esse livro urgentemente,já tem físico ? Adorei a história e quero saber o que vai acontecer e como acontece tudo . Parece ser bastante emotivo,mas muito bom .
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee Gabs, ja tem sim! Ja esta na pre venda na saraiva!!!

      A editora enviou o ebook pra mim.entao por isso ja li 1°.
      Fico feliz que tenha gostado! Bjo

      Excluir
  3. Oi, Nick!
    Não conhecia o livro, mas pareceu uma história com uma boa mensagem. Acho o tema da automutilação muito importante ser discutido e mesmo que seja incomodo ler sobre isso fiquei curiosa para conhecer o livro. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :> é muito bom, e ahitoria é super intrigante leiaa você vai gostar!!!

      xoxo

      Excluir
  4. Opa! Finalmente pude ler uma resenha deste livro
    o/
    Fiquei menos interessada do q eu pensei q ficaria...=/
    Gostei dos temas abordados, mas me faltou alguma coisa q n sei explicar o q é.
    Gostei de saber q a autora n fica enrolando e vai direto aos assuntos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena porque o livro é realmente bom.

      Excluir
  5. Oi, Nik!
    Desde que vi o outro post falando sobre o lançamento do livro, fiquei bem curiosa. Ainda não o vi aqui pelas livrarias, mas é provável que entre para a minha lista de sugestões de aniversário. Haha
    Parabéns pela resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. REALMENTE!! É uma ótima sugestão de niver :>>

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.