Resenha: Dark House- Karine Halle

terça-feira, 30 de setembro de 2014


Título: Dark House
Autor(a): Karina Halle
Classificação: 4.0 Skoob
Páginas: 352
Editora: Única



"Experimente o Terror"

O fato de eu estar resenhando esse livro, vai de cara parecer uma coisa bastante incomum para você, leitor assíduo aqui do blog. Sim, um livro com suspense/terror, que eu me desafiei a ler e resenhar. Sair da nossa zona de conforto é uma coisa interessante, em outra época eu me recusaria terminantemente a ler um livro desse gênero, mas então com a cabeça bem aberta solicitei esse a nossa parceira editora Única para ter uma experiência com um livro diferente.

Perry Palomino sempre teve a auto estima extremamente baixa, teve uma adolescência solitária e estranha, a verdade é que sempre houve algo incomum com a garota. Agora ela é uma jovem mulher extremamente decepcionada com sua vida, ela se formou em publicidade, mas na empresa que trabalha parece nunca conseguir uma oportunidade, portanto é apenas uma frustrante e comum recepcionista. Ela se entristece ainda mais com seus pais que não a apoiam em nada, a não ser em perder peso e não perder o emprego, e o ciúmes ainda ganha lugar quando sua irmã mais nova passa a lucrar com seu blog de moda, o que aos olhos de Perry é uma coisa idiota e inútil.

"A única coisa mais assustadora que lidar com os mortos é lidar com nós mesmos."

Perry sempre acreditou que ela tinha algo de muito importante e especial para fazer na vida, ela só ainda não havia descoberto do que se tratava, mas indo passar o final de semana com seus pais na casa de um tio, ela percebe que alguma coisa está prestes a mudar. O farol abandonado na propriedade do tio sempre foi um mistério para todos, pois pelo que se sabe, ele nunca sequer funcionou desde sua construção. Numa onda de coragem e cansada de sua vida medíocre, Perry resolve explorá-lo sozinha e tudo começa a ficar extremamente macabro dentro do lugar quando ela se dá conta que é o mesmo lugar que tem povoado seus pesadelos nos últimos dias. Com a atmosfera pesada, portas batendo, uivos do vento, e vultos que se mexem nas sombras das paredes, ela descobre que o lugar é realmente assombrado, e uma estranha presença parece conhecê-la muito bem.

Para começar, o livro é narrado em primeira pessoa, mas a Perry me irritou profundamente. Ela é bem engraçada em alguns momentos, super irônica em outras, e as descrições da autora são excelentes, principalmente quando se refere a ambientação e aos sentimentos da personagem nos momentos de maior suspense, mas a Perry é aquele tipo de mocinha auto depreciativa e que pensa o pior de si, e essa é uma característica que eu costumo detestar em protagonistas, as ações dela não condizem com a idade da personagem, e sim com as atitudes de uma menina rejeitada de 17 anos. No livro temos o encontro de Perry com Dex, um produtor que por acaso também estava investigando o famoso farol abandonado. A princípio ficamos confusos em relação a Dex, não sabemos afirmar se ele é realmente uma pessoa, ou se ele se trata de alguém que estava apenas na imaginação de Perry pelo momento de susto e estresse. Mas conforme a história se desenvolve, observamos que Dex também não é tudo o que aparenta e que ele também possui alguma coisa de incomum, e é por isso que ele e Perry se identificam tanto.

Gostei muito da escrita da Karine, mas achei que muitas lacunas ficaram vazias, e espero que sejam preenchidas nos próximos volumes da série. Em algumas cenas, como estamos vendo tudo através da narração de Perry, ficamos bastante perdidos e sem compreender se o que está se passando é realmente real ou é tudo imaginação da garota, e vou te dizer que isso criou um suspense incrível e deu um medinho sinistro em algumas partes. A leitura é interessante, mas como eu disse se torna cansativa porque fiquei sem paciência com a personagem. Do meio em diante, quando as coisas parecem funcionar, a atitude de Perry também muda um pouco, então espero que essa mudança gradual alcance os próximos volumes.

Acredito que os amantes do terror não vão cair de amores pelo livro, algumas cenas de suspense realmente elevam a adrenalina e te deixam curioso para mudar de página, mas não dá para sentir tanto medo assim, entretanto o desfecho nos deixa um gostinho, e uma afirmação de que o próximo livro será mais sinistro que o primeiro.
Espero que tenham curtido a resenha.
Beijos

14 comentários :

  1. Olá
    passando para dizer que estou de volta!
    e tenho novidades ;)
    passa lá para dá uma olhada:
    http://talkingofbook.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não sou chegada em livros de terror,mas a história deste parece ser bem legal . Mesmo assim,ainda prefiro continuar na minha zona de conforto por enquanto e vou pensar melhor em dar uma chance a livros de gêneros diferentes .
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi,
      Quando a gente começa a se envolver com o blog, percebe que precisa dar oportunidade pra todos os gêneros, afinal o nosso público tem gostos muito diversificados. Fiquei feliz de ter lido algo tão fora do que eu realmente gosto.
      Obrigado pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  3. Ae xezuusss!! Precisoo desse livro!
    Adoro suspenses!
    E se até vc q n gosta do gênero gostou imagina eu! hahaa
    Essa capa está mto caprichada tbm neah ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai amar mesmo Bia!
      Eu adorei a capa, principalmente pq adoro temas naúticos.
      Beijos

      Excluir
  4. curti muito , gosto muito de livros de terro que pena que esse não seja muito assustador kkk
    livro-azul.blogspot.com.br
    Ja estou seguindo beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, dá pra dar uns bons sustinhos viu.
      Acho que vai curtir.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Carla, acho que estas lacunas que você citou serão sim preenchidas ao longo da série. É um livro que não vejo a hora de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose, espero que sim viu, porque quero muito saber sobre o que ficou sem explicação.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  6. Oi, Carla!
    Suspense é tudo! E realmente me surpreendi em ver que a resenha era sua. HUAHAUAHUAHUAHU
    O livro parece muito show. Quantos anos tem a personagem principal? Voltei para procurar depois da parte que diz que ela parece uma adolescente de 17e tals, mas não vi.
    Eu sou mais fã de suspense do que de terror. Se for tentar dar mais algumas chances para o gênero, não sei se você já leu, mas dê uma chance ao Harlan Couben. Ele não é terror, mas o suspense dele é tipo... nossa.
    Um outro livro muito legal, e diferente, é um chamado "Rosas para lembrar" do Phillip Margolin. Peguei ele por acaso em uma biblioteca, e fiquei chocada. O terror não é voltado para a parte sobrenatural, e sim no nível de terror que um ser humano é capaz de chegar quando quer brincar de ser "deus".
    Enfim, parabéns pela resenha e por ter conseguido vencer essa "barreira" com o gênero.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi V!
      Aprendi a abrir a mente né! AUHDUHSDUDSAHSUH
      A Perry tem 22, desculpa, esqueci de colocar na resenha. Comprei um livro do Harlan Coben pra uma amiga que é fã do gênero, ela amou, mas eu nunca li nada dele. To com um do James Patterson pra continuar nessa linha. Também não li esse do Phillip, quem sabe eu dou uma chance!
      Valeu pelas indicações, e obrigada por sempre comentar.
      :*

      Excluir
  7. Suspense/terror não faz mt meu estilo mas ja vi tanta resenha boa desse livro que quero dar uma chance!

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camylla!
      Vale a pena abrir a cabeça viu, curti ter vencido essa barreira.
      Beijos

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.