Resenha: Os 13 porquês - Jay Asher

sábado, 16 de agosto de 2014

Título: Os 13 porquês
Autor(a): Jay Asher
Classificação: 4.3 (Skoob)
Páginas: 256
Editora: Ática

Sete fitas cassete enviada para a casa de uma pessoa lhe conta os acontecimentos que antecederam o suicídio de uma garota, as fitas foram enviadas para pessoas que de algum modo tem envolvimento nessa morte. Após escutá-las saberão os 13 porquês de 
Hannah Baker ter tirado a sua vida.



O livro começa com Clay Jensen enviado as setes fitas para a próxima pessoa da lista. Clay recebeu as fitas em sua casa sem endereço de remetente, elas estavam dentro de uma caixa de sapatos. Cada fita tinha sua numeração para o ouvinte não se perder na história. Quando o garoto coloca a primeira fita para tocar fica em choque, não acredita que a voz que lhe fala é a de Hannah Baker, garota que ele tinha uma queda, mas que nunca teve coragem de lhe contar. Hannah cometeu suicídio há algumas semanas e deixou os porquês de seu ato gravados e espera que essas fitas passem por todos que de algum modo lhe levaram a tal ato.

Olá, meninos e meninas. Quem fala aqui é Hannah Baker. Ao vivo e em estéreo. Sem promessa de retorno. Sem bis. E, desta vez, sem atender aos pedidos da plateia. Espero que vocês estejam prontos, porque vou contar aqui a história da minha vida. Mais especificamente, por que ela chegou ao fim. E, se estiver escutando estas fitas, você é um dos motivos.

Clay ao começar a escutar as fitas fica se perguntando o que poderia ter feito pra merecer estar entre os 13 porquês de Hannah, eles nunca foram amigos e apenas em um verão  trabalharam juntos no cinema. A primeira fita não fala dele, mas dá informações de o que cada pessoa que recebeu as fitas devem fazer. Hannah deixou tudo pronto. Ela fala que cada pessoa que receber a caixa de fitas deve escutá-las até o fim e assim passar para a próxima pessoa da lista e que se isso não acontecer existe uma pessoa que tem as cópias das fitas e irá levar toda a história a público.

Clay fica se perguntando o que poderia ter feito para estar nessas fitas, ele encontrou um mapa em seu armário uns dias antes de Hannah cometer suicídio e não tinha entendido o mapa, mas era de Hannah marcando lugares onde algumas coisas aconteceram com ela. O livro é narrado por Hannah e Clay, às vezes estamos acompanhando as fitas que ela deixou junto com Clay e as vezes são os pensamentos do menino que ficamos sabendo. Ele visita boa parte do mapa que Hannah deixou enquanto vai ouvindo suas motivações.

Sei que você não tinha intenção de me magoar. Na verdade, a maioria de vocês, que estão ouvindo as fitas, provavelmente não tinha ideia do que estava fazendo... - do que estava realmente fazendo.

Enquanto eu ia lendo o livro ficava mais intrigada pra saber o que aconteceu realmente com a Hannah e o que Clay fez para estar nessa lista. O livro aborda o suicídio, o bullying, depressão, fofocas entre outros temas. Hannah era uma garota comum que foi vitima da fofoca em sua escola, ela era novata. Como ela mesmo diz era uma Bola de Neve que foi crescendo e crescendo até ela não conseguir mais acompanhar. Um livro que te faz pensar sobre como nossos atos afeta a vida dos outros.

Não é uma leitura pesada apesar do tema abordado, a leitura flui bem e você fica querendo escutar/ler as fitas que Hannah deixou rapidamente. Sempre procuro livros diferentes para ler e Os 13 porquês foi uma surpresa prazerosa, li em e-book, mas com essa capa tão fofa o quero em minha estante. 

No final do livro tem treze perguntas ao autor, onde ele conta que uma pessoa de sua família também tentou o suicídio e que realmente escreveu o livro para as pessoas refletirem. Estou super agradecida por ter tido a oportunidade de ler um livro tão lindo! E quero ler outros livros do autor.

“E você, que é o felizardo número treze, pode levar as fitas direto para o inferno.”

20 comentários :

  1. Faz um seculo q vejo esse livro em blogs e todos falam muito bem! Preciso dar uma ocnferida :)

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camylla.

      Eu amei esse livro, quando ler me fala o que achou.

      Beijos.

      Excluir
  2. Sinceramente, mesmo tendo achado a dinâmica geral do livro bem legal, não gostei muito do livro assim. Sim, você fica envolvido nos motivos de Hannah, mas ainda não chegou lá.
    Porém, sua resenha foi tão bem desenvolvida que até me deu uma saudade do livro, hahaha

    Enfim, até mais!
    Otávio Braga || bookolicos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Otávio.

      Eu gosto desses livros que me fazem pensar na vida e como as nossas atitudes pode influenciar os outros.

      Beijos.

      Excluir
  3. Hey, Paula!
    Mesmo você considerando a leitura leve, acredito que eu não estou em clima para ler esse livro. Há um tempo eu estava bem curiosa por ele, mas agora mudei a posição na lista de prioridades
    ^-~
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello, Anna.

      E quais são suas prioridades agora? O livro não me deixou pra baixo vamos dizer, mas eu sou doida com os motivos que levam uma pessoa a se suicidar. >.< Meio mórbido não?

      Beijos e até mais.

      Excluir
  4. Oi Paulinha!
    Eu quero muto ler esse livro! Já ouvi comentários maravilhosos sobre ele, e adoro livros que abordam temas polêmicos!
    Ótima resenha!
    Um grande Beijo!
    Paulinha Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/08/resenha-sentimento-fatal-janethe-fontes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Paulinha. *----*
      Quando tu ler me avisa se resenhar que quero saber o que achou. Também adoro livros com temas polêmicos. As vezes gosto de mudar de gênero literário.

      Beijos e até mais.

      Excluir
  5. Céus, encontrar esse livro nas livrarias aqui por perto é quase uma missão impossível.
    Eu tenho dificuldade em ler pelo computador, e nas vezes em que fui atrás dele para comprar, sempre estava em falta. :/
    Gostei bastante da resenha, e espero que eu consiga ler ainda esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, V.

      Gosto de te ver por aqui. *-* Depois que li seu comentário dei uma pesquisada onde poderia comprar o livro pelo Buscapé, até procurei na Bienal de SP, mas não achei. Depois irei comprar por um desses sites que tem. Li ele pelo cel mesmo. aushuahsu'


      Beijos e até mais.

      Excluir
  6. Sou apaixonado por esse livro, achei ele tão original e me fez refletir sobre tanta coisa... É um dos meus favoritos com certeza! "Take away this mask of flesh and bone and see me for my soul alone" <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor, Victor...

      Também me apaixonei por esse livro, te respondendo aqui me lembrei do final dele, aquela parte que Clay corre atrás da guria. >.<
      Sua frase me fez pensar em uma palavra: Naked!!!!
      See my soul. o//

      Beijos e até mais.

      Excluir
    2. Simm, amo o final, amo o livro inteiro na verdade!! Tenho muita vontade de reler. E leia "Perdão, Leonard Peacock" quando puder, acho que você vai gostar ;)

      Excluir
    3. Já estou pesquisando aqui na net ele. Hoho'
      Estou com tantas coisas pra ler e a preguiça imperando. =/'

      Excluir
  7. Amei o post.
    Este livro faz-nos refletir sobre a nós mesmos; sobre a importancia que cada um de nós temos para os outros! Perfeeeito <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiieeee,

      Adoro livros que me fazem refletir, esse foi um dos meus favoritos. Esse ao dei sorte com minhas leituras. o//

      Beijos e até mais.

      Excluir
  8. Nao aguento mais querer tanto esse livro DD: Cada resenha me faz querer mais. Li um livro que o Jay Asher escreveu em parceria com outra autora e gostei muito. Bjo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jamimmy.

      Eu li ebook, necessito comprar ele. Tu vai amar a leitura. *-*

      Beijos.

      Excluir
  9. Olá Paula!

    Estou louco para comprar e ler este livro mas sempre que procuro está esgotado na Saraiva e outras lojas. Tinha ouvido falar do livro mas não tinha lido nenhuma resenha. Gostei bastante da sua resenha e pretendo continuar procurando o livro para comprar! Eu já passei por algumas coisas que você cita na sua resenha e sei que é muito difícil, é bom alguém escrever livros que abordam estes temas. Já estou seguindo seu blog!


    http://livrandoporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto a sinopse deste livro em algum momento, mas acabei não dando muita importância de cara. Agora que vim procurar por algumas resenhas e vi a capa dele novamente, achei que valia a pena saber mais a respeito.
    Depressão é um mundo que a maioria das pessoas desconhece e menospreza. Por entender o que é estar com a vida sobre uma corda bamba (onde, em um momento, você pode querer se dedicar a ficar de pé e, em outro, querer jogar tudo para o espaço e deixar o corpo cair), eu imaginei nessa resenha como seria desistir da vida e como seria parecido ter pessoas como causa disso, sendo que essas pessoas não entenderiam sua responsabilidade nos fatos como parece acontecer com Clay.
    Agradeço pelo resenha, pois agora me sinto inclinada a ler o livro.
    Abraços!

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.