Resenha: On Dublin Street- Samantha Young

sexta-feira, 4 de julho de 2014

  
Título: On Dublin Street/ Dublin Street
Autor(a): Samantha Young
Classificação: 4.3 [Skoob]
Páginas: 400
Editora: Kindle Edition/ Brasil: Quinta Essência ( Selo da Leya)
                                                                        

Primeiro, vou explicar porque coloquei as duas capas. Eu tinha visto esse livro como indicação de ebook no Livros e Fuxicos, há um tempão atrás e tinha anotado na minha lista. Passeando na biblioteca do Kindle esse mês resolvi ler, logo que comecei fui fisgada. Conversando com as meninas aqui do blog sobre o livro, fomos até o Skoob e adivinha? Não é que a Leya já tinha publicado e nós nem sabíamos? Pois bem, agora vou adquirir o meu exemplar físico porque esse é sem dúvidas um livro que quero ter na estante. Então por isso coloquei as duas capas, eu li o ebook em inglês ( e prefiro a capa gringa), mas assim vocês podem saber como é a edição nacional.


Jocelyn Butler sofreu uma grande perda quando ainda era uma adolescente, uma perda que ela nunca conseguiu superar. Ao se mudar para a Escócia ela resolve que é hora de recomeçar e aproveitar melhor sua vida. Ela afasta seus demônios e finge não se lembrar do passado, mas sua vida organizada sofre uma brusca mudança ao conhecer o irmão de sua amiga com quem divide o apartamento. Branden é lindo, gostoso e completamente realizado na vida, ele sempre sabe o que quer, e agora ele quer Joss em sua cama. Mas ela não vai aceitar tão facilmente ter seu mundo invadido por um cara pretensioso como ele, e é aí que Braden propõe uma amizade colorida entre eles, mas eles não vão conseguir manter emoções e sentimentos escondidos por muito tempo.

Esse livro me tocou muito, ele retrata um problema psicológico que várias pessoas possuem e não é muito falado. Vocês sabem o que é síndrome do pânico? É uma doença causada na maioria das vezes por algum trauma extremo, e faz com que a pessoa tenha diversas reações. No caso de Joss, ela começa a hiperventilar, chorar, e perder a consciência quando situações lembram o trauma pelo qual ela passou. Já passei por isso com um familiar, e por causa disso me identifiquei muito com a história dela. A relação que ela e Branden começam a desenvolver é muito bonita, ele também passou por grandes perdas na vida e começa a compreender o motivo de ela não querer se envolver em nenhum tipo de relacionamento. Se aproximar das pessoas faz com que você se importe, e quando você se importa demais, percebe que desenvolve outros sentimentos, como o amor, e quando a pessoa se vai você fica com aquele vazio enorme dentro de si, e esse é o maior medo de Joss, se envolver, se importar demais, amar e depois perder.

A insistência de Branden em conquistá-la, a tentativa de envolvê-la em sua vida, em seu convívio familiar, e o fato de ele saber que ela tem um passado complicado do qual não quer falar, faz com que você se apaixone gradualmente por ele, assim como a Joss. Branden não é um menino, ele já é um homem crescido, independente, que superou todas as dificuldades e está disposto a tudo para tê-la, e ele tem uma pegada que eu vou te contar viu. HAHAHAHAH. Outra coisa que achei super legal, foram as sessões de terapia que a Joss faz ao longo do livro, as sessões são narradas por ela tendo um diálogo com a terapeuta, e você vai percebendo o crescimento e a cura da personagem ao longo dessas sessões.

O livro é um pouquinho extenso, mas eu gostei muito da interação dos personagens secundários, como a família de Branden, a melhor amiga de Joss que mora em outra cidade e também enfrenta problemas de relacionamento, os amigos novos que Joss faz quando começa a interagir quando começa a se relacionar com ele, tudo isso deixa a história mais interessante. Um livro mais do que recomendado pra todo mundo que gosta de dramas, mas também tem uma pitadinha de humor, principalmente nos diálogos do Branden, e também sobre superação.
Até a próxima gente!
Beijos

15 comentários :

  1. Adorei a resenha.... To com ele na minha wishlist ha seculos e n sei pq ainda n li..
    Renho certeza q vou gostar...

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camylla!
      Leia logo! Acho que vai gostar mesmo.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá =).
    Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas não me interessei por não fazer meu estilo de leitura.
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês, que pena!
      Mas muito obrigada pelo comentário :)
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei a resenha . Não tinha ouvido falar sobre o livro, mas depois da sua resenha ele já foi adicionado a minha wishlist .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Fico feliz, é uma leitura muito boa, super recomendo.
      Beeijos

      Excluir
  4. Oie, tudo bom?
    Eu tinha visto esse lançamento da Leya, mas não tinha chamado minha atenção. Parece ser uma história que mistura drama, romance, problemas psicológicos e algumas pitadas de humor. Pelo menos a premissa é bastante interessante.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      é exatamente isso. A premissa é legal, e a história em si é deliciosa :)
      Beijos

      Excluir
  5. Olá,

    Não conhecia o livro, parece interessante, mas confesso que a capa nacional e mil vezes melhor....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco!
      Sério? é que eu achei que a capa nacional não tem muito a ver com a história sabe. HAHA
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  6. Não sabia da existência, valeu a dica também.
    Vou ter que colocar vocês no meu blogroll deste jeito. Acho que.
    Beijos.
    www.bookspelagi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisele!
      AHAHHAHA Que bom que tá gostando das nossas dicas viu.
      Beijocas

      Excluir
  7. Que ótima a resenha. Fiquei realmente interessada, gosto de livros que tem um drama e romance assim. :)
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lari, NA são os melhores com drama e romance.
      Leia e me conte :)
      Beijos

      Excluir
    2. Oi Lari, NA são os melhores de drama e romance.
      Leia e me conte.
      Beijos

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.