Resenha: Cinder [Crônicas Lunares #01]- Marissa Meyer

terça-feira, 15 de julho de 2014


Título: Cinder [Crônicas Lunares #01]
Autor (a): Marissa Meyer
Classificação: 4.4 (Skoob)Páginas: 448
Editora: Rocco
Gênero: Fantasia, Distopia, Ficção Científica

- Sua espécie ao menos sabe o que é amor? Você pode sentir qualquer coisa ou é só… programada? (…)
- É claro que sei o que é amor.
Para os que são leitores assíduos aqui do blog, não é nenhuma surpresa que eu faça resenha de um livro que foi inspirado em um conto de fadas, todo mundo sabe do meu amor pelos clássicos. Eu me interessei pelo livro logo no título, Cinder nos remete a Cinderela, uma das minhas estórias sobre princesas favorita, e eu amei ler isso de uma maneira tão diferente e futurista.


Temos então um mundo futurista dividido entre robôs e humanos, aqui nossa mocinha Lihn Cinder é nada menos que uma ciborgue. Tem 36,48% de seu corpo feito de partes sintéticas, ela consegue consertar praticamente qualquer coisa que consiga ter acesso, e possui um banco de dados gigantesco ligado ao software em sua mente. Pra deixá-la mais parecida com a nossa clássica Cinderela, temos o fato de ela ser odiada por sua madrasta e tratada como nada, ela sofre ainda mais preconceito por ser ciborgue, e é considerada a culpada pela doença de sua meia-irmã mais nova. Trabalhando em sua pequena oficina, ela jamais poderia pensar que o famoso ( e lindo) Príncipe Kai iria aparecer disfarçado solicitando ajuda para consertar seu Android, Cinder nunca imaginou sentir aquele tipo de coisa, não até conhecer o Príncipe. O grande problema é que ele não sabe, e ela não quer que ele descubra de maneira alguma, o que ela realmente é. Metade humana, e metade robô.
Uma doença começa a afetar a população de maneira drástica, e como eu havia mencionado, a meia- irmã de Cinder contrai a doença, isso é a gota d'água para sua madrasta, que resolve enviá-la para que se torne objeto de estudo dos médicos e assim morrer. Uma guerra está prestes a ser travada, e para evitar que isso aconteça, o príncipe Kai precisa se casar com a rainha de Luna, sim, da Lua! Mas ele passa a desenvolver sentimentos por Cinder, e ela por ele, fazendo com que tudo fique cada vez mais complicado.
Segredos e muito suspense ainda vão te deixar cada vez mais preso, se o romance fofo não tiver sido o suficiente. Eu amei cada detalhe dado por Marissa, ela me encantou com seu ambiente distópico, a mistura de robôs, humanos, alienigenas, tudo! Me identifiquei muito com Cinder, ela é muito forte e só deseja levar uma vida normal e tranquila, como qualquer outra adolescente de sua idade, mas ao mesmo tempo ela mostra o quanto ela deseja ajudar aos outros, como está disposta a lutar por isso, e como seus sentimentos são verdadeiros, mesmo quando ninguém acreditou que ela poderia tê-los. O romance entre ela e o príncipe é gradual, a amizade que eles começam a construir, a confiança que depositam um no outro, a maneira como ele demonstra não estar preocupado com a aparência, mas sim em quem ele pode confiar, deixa a estória cada vez mais envolvente e encantadora.

O final do livro me deixou com uma mistura de ansiedade e espanto, claro que eu tinha as minhas teorias, mas Marissa me surpreendeu ainda mais, e me deixou mais que ansiosa pela continuação, que eu já li a sinopse e estou ainda mais confusa, pelo que eu entendi a autora ainda vai nos fazer esperar um pouquinho mais pela continuação da história de Cinder, e vai abordar um outro lado da história que ainda não havia sido muito detalhado, e com saudade do príncipe Kai *---* hahaha. Essa capa é linda, mostra o lado forte e delicado da Cinder, e como sempre a editora Rocco fez um trabalho ótimo na diagramação. Mais que recomendado!

Outras Capas Internacionais:

   

12 comentários :

  1. Adorei a história, adorei a capa e a diagramação deve estar perfeita, mas o fato do livro ter continuação me desanimou um pouco... A resenha tá incrível ;)

    Beijos
    httP;//garotodelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ítalo, Obrigada!
      Você também tem preguiça de sagas? HAHAH
      Eu confesso ficar com um pouco de preguiça, mas acabo lendo, amando e quase morrendo pelas continuações.
      Beijos

      Excluir
  2. Own, que fofo, diferente!
    Me deu mais vontade ainda de ler. Eu não sabia que era de robô, pois eu leio a sinopse uma vez e já vejo se quero ou não, e a única coisa que eu lembrava era que eu queria kkkkkk
    Sobre o que você falou do final. já sei que vou gostar do livro.

    http://dreams-in-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      é supeeeeeeeeeer fofo, e o fato de ser sobre robôs dá um ar diferente na história.
      Quando você ler me conta viu?
      beijos!

      Excluir
  3. Muito a fim de ler este livro. Com a resenha fiquei interessada. Na verdade o que me ganhou foi a capa, não tinha a menor idéia que era de cyborgs. Mas assim, meio nada a ver, estranho ao que parece, mas a resenha me fez ver que quero ainda assim rsrsrs.
    Beijos
    www.bookspelagi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisele!
      Essa capa dá muita vontade de ler né?
      E a premissa deixa ainda mais vontade por se tratar de um tema diferente né?
      Espero que você leia.
      Beijos

      Excluir
  4. Não apostava nada nesse livro,mas ele conseguiu me chamar atenção e ter vontade de lê-lo. Parece ser muito linda a estória e como adoro Cinderela,porque não gostar de uma tão diferente ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser inspirado em Cinderela foi o que mais me deu vontade de ler. E vale super a pena tá?
      Beijos

      Excluir
  5. Já tenho esse livrooo! :) Não vejo a hora de começar a ler. Ficou ótima sua resenha, e me deixou com muito mais vontade de ler agora! :D
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lari, menina!
      Corre pra ler isso logo, ce vai amar demais.
      Beijos

      Excluir
  6. Muito legal esse livro, louca pela continuação

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.