Playlist da Semana #21- Enrolados (Rapunzel)

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Clássicos e Contos de Fadas #03

Hello my people! Posseguindo com a nossa série Clássicos e Contos de Fadas nas nossas playlists semanais, hoje vamos falar sobre mais uma história que eu sou apaixonada, e que a Disney demorou um tempão pra finalmente adaptar: Rapunzel, ou melhor, Enrolados!
Seguindo com aquelas mesmas explicações dos posts anteriores, vou falar um pouquinho sobre o conto original, pra vocês (e eu também) ficarem um pouco mais cultos.

 Rapunzel ganhou esse nome pelos Irmãos Grimm em 1812, mas uma escritora francesa chamada Charlotte-Rose de Caumont de La Force já havia feito um registro dessa história anteriormente com o nome "Persinette". Os Irmãos Grimm resolveram adaptar essa história para o livro "Contos Para a Infância e Para o Lar". Acreditava-se que essa era uma história tradicionalmente alemã, mas na verdade são histórias de cultura oral da Europa como um todo, contadas de pai para filho e modificadas ao longo dos anos. Os alemães, no século 19, buscavam um nacionalismo, e o compêndio dos irmãos Grimm foi tratado como um livro contendo histórias originalmente alemães, como se os autores das histórias fossem os próprios irmãos. Mas a verdade é que eles apenas adaptaram.



Um Olhar Sobre a História Real



A primeira coisa que aprendemos sobre o conto dos Grimm, é que na verdade Rapunzel não era uma princesa. Seus pais sonhavam em ter um bebê, quando sua mãe finalmente ficou grávida, mas eles viviam em uma pequena casa perto de um grande muro que ninguém ousava atravessar, pois do outro lado vivia uma grande e terrível feiticeira.Observando o grande muro, sua mãe viu grandes e lindos rabanetes (algumas histórias dizem alfaces, que poderiam ser traduzidos como rapunzel e daí o nome da criança, mas não se sabe ao certo) crescendo no jardim da bruxa e sentiu um enorme desejo de comê-los. O marido notando que se a sua esposa não os comesse depressa, poderia morrer de desgosto e desejo, se atreveu a pular o muro da bruxa e trazê-los para sua amada esposa. Ma o pobre camponês é pego pela bruxa, e ela exige como pagamento da dívida que eles lhe entregassem a criança.
A feiticeira leva a garota consigo e passa a criá-la trancada dentro de uma torre muito alta. Sem nenhum tipo de contato com o mundo exterior, os cabelos de Rapunzel crescem até se tornarem tão enormes que a bruxa passa a descer e subir por ele através da janela da torre.
Certo dia um belo príncipe caminhava pela floresta, e ouviu o canto da garota na torre. Encantado pela sua voz, ele voltou dia após dia para ouvi-la cantar, até se deparar com a bruxa e descobrir como ela subia na torre, quando a bruxa foi embora, pediu que Rapunzel soltasse suas tranças e, ao subir, pediu-a em casamento. Rapunzel concordou. Juntos fizeram um plano: o príncipe viria cada noite (assim evitando a bruxa que a visitava pelo dia), e iria lhe trazer seda, que Rapunzel teceria gradualmente em uma escada. Antes que o plano desse certo, porém, Rapunzel tolamente delatou o príncipe. Rapunzel pergunta inocentemente porque seu vestido estava começando a ficar apertado em torno de sua barriga, revelando tudo para a bruxa (que soube que Rapunzel estava grávida, o que significava que um homem se encontrara com ela). Em edições subseqüentes, Rapunzel perguntou distraidamente por que era tão mais fácil levantar o príncipe do que a bruxa. Furiosa, a bruxa cortou cabelo de Rapunzel e lançou um feitiço, para que ela vivesse em um deserto. Quando o príncipe chegou naquela noite, a bruxa deixou as tranças caírem para transportá-lo para cima. O príncipe percebeu horrorizado que Rapunzel não estava mais ali; a bruxa disse que nunca mais a veria e empurrou-o até os espinhos de baixo, que o cegaram. Lá Durante meses ele vagueou através das terras infrutíferas do reino, e Rapunzel mais tarde deu à luz duas crianças gémeas. Um dia, ela estava bebendo água e começou a cantar com sua bela voz de sempre. O príncipe ouviu-a e encontrou-se com ela. As lágrimas de Rapunzel curaram a cegueira, e a família foi viver feliz para sempre no reino do príncipe.


Em 2010 a adaptação da Disney chegou aos cinemas, contando um versão completamente diferente tanto da dos irmãos Grimm quanto no conto "Persinette". 

Com personagens engraçados, e Rapunzel como uma princesa nada convencional. Ela é engraçada, fofa, medrosa e sonhadora, mas também é valente e não tem medo de descobrir toda a verdade, e ela se apaixona por ninguém menos que um ladrão! Isso mesmo, nada de principe encantado da Disney dessa vez, abaixo o trailer:




Eu adorei a história de Rapunzel e Flynn. Eu esperava uma história de principes que salvam princesas como sempre ocorreu nos clássicos, mas dessa vez eles me surpreenderam com o romance e a irreverência, e um personagem que na verdade se chama José Bezerra! HAHAHA
A trilha sonora é fofa e encantadora como em qualquer outro filme da Disney, elas ficam tocando durante as cenas, te fazendo cantar junto com eles, te fazendo viver a magia do desenho e te deixando apaixonada por cada detalhe.

Espero que tenham curtido o post da semana galera.
Beijocas
 


    Tangled- Enrolados- Rapunzel by Paradise Books on Grooveshark 

18 comentários :

  1. As trilhas sonoras da Disney são mesmo as melhores e mais lindas, haha As histórias também!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Disney é Disney, sempre vou amar. ahaha
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Nikolle eu adoro as músicas desse filme, tanto que baixei a maioria delas, tenho uma filha de 7 anos que adora! Estou seguindo seu blog!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani! Esse post quem fez foi a Carla, mas pode deixar que eu passo seu recado pra Nik.
      Vou dar uma olhada no seu blog.
      Beijos

      Excluir
  3. Gente, adoro essas playlists! Fora que me dá uma nostalgia boa :)
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro Soraya, dá uma saudade da infância né?
      Beeeijos

      Excluir
  4. Eu já assisti o filme e amei! Muito legal e engraçado

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ahhhhhhhhhhhh ADOREI a postagem!!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi!! Te indiquei no Top Posts dessa quinzena lá no blog! Dá uma passada lá!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah vou conferir sim Soraya! Brigaaada :)
      Beijos

      Excluir
  7. As trilhas sonoras da Disney sempre são as melhores!
    Enrolados me surpreendeu também pela mudança no enredo da história, mas eu gostei.
    Ficou muito engraçado e divertido.
    Adorei o post!

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa mudança foi ótima né? Deu uma cara nova pra Disney e pros Clássicos.
      Beeeijos

      Excluir
  8. A Disney sempre com músicas excelentes nos seus filmes. Não assisti ao filme, mas deve ser bem legal. Muito legal o post.

    Lucas - Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As músicas são sempre muito gostosas e fofinhas!
      Obrigada pela visita Lucas!
      Beijos

      Excluir
  9. Enrolaaaaaaaaados! *_*
    Adoro! HUAHUAHAUAHUAHU
    Meu sonho é ter uma frigideira igual aquela do filme. HUAHUAHAUA
    E eu amo a música de quando eles estão olhando as lanternas (?) no céu, tão lindos.
    Amei, e espero ansiosamente por A Bela e a Fera. =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi V. A frigideira da Rapunzel é ótima mesmo. KKKKKKKKKKK
      Eu tbm amo essa música!
      Em breve tá?
      Beeijos

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.