Playlist da Semana #20- A Pequena Sereia

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Clássicos e Contos de Fadas #02


Continuando a nossa série sobre clássicos e contos de fadas, hoje vamos falar sobre uma história que eu sou mais que apaixonada. A Pequena Sereia foi um dos primeiros filmes da Disney que eu assisti na minha infância, a verdade é que eu acredito ter sido essa história a responsavel pela minha paixão pelo universo sobrenatural. Ariel é minha princesa favorita, ela é impetuosa e corre atrás daquilo que realmente quer, ela é bem rebelde (nada comum para uma princesa) e ela tem um cabelo vermelho maravilhoso! No fundo ela só quer realizar seus sonhos e poder viver um amor de verdade.


O clássico original não é nem de longe tão feliz quanto a adaptação da Disney. Publicado em abril de 1837 e escrito pelo dinamarquês (e um dos meus escritores preferidos) Hans Christian Andersen, a história da pequena sereia tem um final bem triste.




CONTO ORIGINAL- HANS CHRISTIAN ANDERSEN
A pequena sereia (que no livro não possui um nome), vive no fundo do mar, com seu pai, O Rei dos Mares, sua avó e suas quatro irmãs. Aos 15 anos, cada sereia ganha o direito de visitar a superficie pela primeira vez, sendo a caçula ela apenas aguarda a sua vez enquanto as irmãs sobem e retornam contando sobre um mundo novo, colorido e cheio de aventuras. Ansiosa pelo seu aniversário a sereia mal sabe o que vai encontrar lá em cima e que poderá mudar sua vida para sempre. Ao subir a superficie a pequena sereia vê o belo príncipe em seu barco e se apaixona por ele ao salvá-lo de um naufrágio, ela o leva para a praia que fica próxima a um templo, e lá uma garota o encontra.

A Pequena Sereia pergunta para sua avó a diferença entre os humanos e o resto dos seres do seu reino. Então ela explica que os humanos têm uma vida muito mais curta, mas quando uma sereia morre, ela transforma-se em espuma do mar e acaba por desaparecer, enquanto os humanos têm uma alma eterna que, mesmo depois de mortos, continuam a viver no céu. A Pequena Sereia, desejosa por uma alma eterna e pelo amor do príncipe, vai ter com a Bruxa do Mar, que lhe oferece uma poção, em troca da sua voz.

A Bruxa do Mar avisa-a que, uma vez que ela se torne humana, nunca mais poderá voltar ao oceano e que ao beber a poção ela se irá sentir como se tivesse mil espadas a trespassar-lhe o corpo, mas quando se recuperar iria ter um par de pernas capazes de dançar como nenhum outro humano. No entanto, ela se sentirá constantemente como se estivesse andando em facas afiadas, e os seus pés iriam sangrar terrivelmente. Além disso, ela iria apenas conseguir uma alma se conseguir encontrar o beijo do verdadeiro amor e se o príncipe também a amasse e casasse com ela. Se tal não acontecer, na primeira madrugada do casamento do príncipe com outra mulher, a Pequena Sereia morrerá com o coração despedaçado e irá se desintegrar em espuma.

O príncipe é avisado por seu pai que se casará com a princesa de outro reino, que por coinciência (só que não) é a garota do templo que ele pensa tê-lo salvo do naufrágio. Ele se sente atraído pela sereia mas está apaixonado pela outra garota e ela por ele, sendo assim eles se casam e a sereia entra em desespero.

Ela desiste de tudo e acredita que apenas a morte a espera, mas antes da madrugada, as suas irmãs aparecem com uma faca de prata que a Bruxa do Mar lhes deu em troca dos seus longos cabelos. Se a Pequena Sereia esfaquear o príncipe com a faca e deixar o sangue dele cair sob os seus pés, ela iria voltar a ser uma sereia e o seu sofrimento iria acabar.

A Pequena Sereia não tem coragem para matar o príncipe enquanto ele dorme deitado ao lado da sua esposa e, ao chegar a madrugada, ela atira-se para o mar. O seu corpo transforma-se em espuma, mas ao invés de desaparecer, ela sente o calor do sol; ela tinha-se tornado num espírito, uma filha do ar. Os outros espíritos contam-lhe que ela se tornou num devido ao seu esforço e dedicação ao tentar ter uma alma eterna.


Muito, muito triste não é? Mas ao mesmo tempo é bonito! Como ela corre atrás do seu sonho, como ela quer amar e ser amada e tem coragem de fazer o necessário para que isso aconteça. Ainda assim eu amo a versão da Disney! Ariel me lembra muito... eu mesma! Eu adoro as músicas, os cenários, os personagens e todo o final feliz desenvolvido por eles, a realidade é dura e cruel os contos de fadas podem sim ser lindos e felizes. Eu tenho um lema ( e uma tattoo) que diz "Ever Dream" junto com a minha Ariel e com a Alice, é o nome de uma música de uma das minhas bandas preferidas e literalmente quer dizer (na música) "Já Sonhou?" Sonhe com seu final feliz e corra atrás dele como a Ariel fez!

A animação foi lançada em 1989 e foi sucesso de bilheteria e trouxe de volta o espírito Disney, tendo em vista que alguns filmes anteriores não haviam recebidos boas criticas.
CURIOSIDADE: A escolha do cabelo ruivo da personagem deu-se porque ela passava vários momentos do filme em cenários escuros, o que inviabilizava uma tom amarelo (predominante entre as heroínas da Disney). A cor da cauda da sereia é "Ariel", pois o tom verde-azulado é exclusivo dela.



Em 2000 a Disney lançou uma continuação, A Pequena Sereia 2- O Retorno para o Mar, que conta a história da filha de Ariel e Eric, Melody, e por incrivel que pareça a princesinha sonha em ser uma sereia! Em 2008 foi lançado uma continuação retroativa, ou seja, contando histórias anteriores ao filme de 1989. Mostra Ariel crescendo no palácio com seus pais e suas irmãs e vivendo muitas aventuras. Em 2013 foi lançado uma Edição Diamante, totalmente rematerizada e em blu-ray ( também com novas dublagens, diferentes das de 1989). A Disney pretende relançar o filme em 3D nos cinemas.



            






Espero que vocês curtam a playlist com as melhores músicas dos filmes! Isso me lembra tanto a minha infância, e eu ainda sei cantar todas as letras. 

Até a próxima!

XOXO



The Little Mermaid Soundtrack by Paradise Books on Grooveshark

11 comentários :

  1. Ahhh, amei! *-*
    Minha história favorita é A Bela e a Fera, mas também gosto bastante de A pequena sereia (que é a história favorita de uma das minhas melhores amigas).
    As músicas no filme grudam na minha cabeça e sempre dão uma volta pelo meu celular. UAHUAHUAH Mas no momento, a música que não consigo parar de cantar é a de Enrolados. D:
    Enfim, amei.*-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi de novo V.!
      Adoooroo todas :) Falou sobre princesas é comigo mesmo, ainda mais sobre trilhas sonoras. Em breve vou falar sobre enrolados, a bela e a fera, branca de neve, encantada, entre outros... continue acompanhando! Beeeijos

      Excluir
    2. Pode deixar que vou continuar sim! *-*

      Excluir
  2. Eu adoro a pequena sereia, já assisti inúmeras vezes, mas admito que não conhecia a versão original que deu origem a animação, e fiquei encantada com a história, que realmente apesar de triste é linda.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro!
      Bem triste né? Eu também fiquei surpresa quando descobri.

      Beijos Paty

      Excluir
  3. Aiii, sempre amei a Pequena Sereia... eu sonhava em ter os cabelos dela rs
    Muito lindo o post, como SEMPRE.

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIIII Soraya!
      Que bom que você sempre gosta, e acredite se quiser eu tive cabelão vermelho só por causa dela, sente só:
      https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1/409395_10150581260172308_1848234709_n.jpg

      HAHAHAHAHA
      Beeeijooos

      Excluir
  4. Apaixonada por esse post, devorei cada frase <3
    A Pequena Sereia é a minha princesa preferida desde sempre. Ainda me lembro de um aniversário que tive que o tema era ela! hahaha Quando mais nova, eu era tão doida por ela que fiz meu pai importar a boneca, porque na época ainda não tinha aqui. rs
    Eu não conhecia a versão original, e nossa... que triste </3 mas no fim, consegue ser uma história bonita também.
    Esses dias eu assisti A Pequena Sereia 2, não resisto, toda vez que passa eu tenho que ver! rs

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Fernanda!
      Que bom encontrar alguém que compartilha do meu amor *---*
      Eu tenho boneca, miniatura, chaveiro, camiseta, os filmes, quadrinhos... tudo que você imaginar, inclusive uma tattoo dela na perna! HAHAHAHAH
      A história é triste e linda né? Eu ainda não li o conto original, mas pretendo em breve.
      Eu adoro o 1, o 2 e o último que saiu você viu? Que te a mãe da Ariel? é super fofinho *--*
      Beeeijooos

      Excluir
  5. Amei o seu post! Adoro a pequena sereia

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.