Resenha + Playlist #18: Os Adoráveis- Sarra Manning

terça-feira, 14 de janeiro de 2014


Título: Os Adoráveis (Adorkable)
Autor (a): Sarra Manning
Classificação: 4.1[ Skoob]
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Gênero: Young Adult

" Eles não tem medo de ser quem são. "

Jeane é uma blogueira, mas não qualquer tipo de blogueira, Jeane é famosa! Participa de conferências internacionais, dá palestras sobre meio ambiente, feminismo e posicionamento de adolescentes dentro da cruel e dominadora sociedade. Jeane é inteligente, pretensiosa, engraçada e nada modesta. Ela mora sozinha, ganha um salário muito bom desde que começou com sua marca e blog, o Adorkable, e tudo isso com apenas 17 anos de idade! Além disso ela não tem medo de parecer ridícula, cafona ou exagerada com seu estilo anti-convencional que ela denomina como dork, e ainda conhece muita gente famosa. Entretanto a fama e o egocentrismo cobram o seu preço, Jeane não é próxima de sua família (cada um se encontra em um canto do mundo e não se dão muito bem) e não tem muitos amigos, ou melhor... nenhum amigo, a não ser seu meio milhão de seguidores do twitter, mas será que ela pode contar com eles realmente quando estiver passando por um momento difícil?


Do outro lado temos Michael Lee, o tipo de cara que namoraria a líder de torcida da escola, que faz parte do conselho estudantil e que veste roupas de playboy. O típico cara que faz tudo o que os pais dizem e que está se inscrevendo para grandes Universidades tendo em vista que seu pai é um médico. Michael Lee é o exato oposto de Jeane Smith, e os dois mal se suportam. Ele acha que ela é extremamente repugnante com suas roupas de poliéster e seu cabelo cinza, além de achar que ela é meio gordinha e nada bonita. Jeane acha que ele é completamente insuportável e que sua mãe provavelmente ainda o coloca na cama pra dormir, mesmo ele tendo um rosto lindo e um corpo de dar inveja em muitos meninos da escola. Nunca haveria uma maneira pra que eles ficassem juntos. NÃO! Nunca, em tempo algum eles iriam se envolver. Mas o destino tem seus joguinhos muito bem escondidos.

Como eu amei ler esse livro! *suspiros* Pra quem não sabe, eu me formei em design de moda e ver o trabalho de Jeane e sua personalidade foi exatamente como me ver com 17 anos! (Sim, eu usava roupas que não combinavam em absolutamente nada, adorava muito brilho e volume, só andava maquiada e me achava a dona do mundo) Por um lado, toda a segurança e independência de Jeane eram coisas positivas, demonstram como ela pode se virar sozinha. Mas sua autossuficiência, atinge um ponto crítico dentro do livro, faz ela perceber que a gente sempre precisa das pessoas na vida, que não podemos viver isolados do mundo real e enfurnados o tempo todo no virtual. 

Os capítulos são revesados entre Jeane e Michael e a gente consegue acompanhar muito profundamente o desenvolvimento do relacionamento deles, em cada briga e discussão acalorada eu ficava esperando o momento que eles iam se dar conta que eram perfeitos um para o outro, a maneira como se entendem e abrem as portas para amar uma pessoa que é exatamente o oposto, é linda e inspiradora. Temos muito humor e confusão ao longo da história, que vão te fazer rir, chorar e suspirar, além de refletir sobre as pessoas com quem podemos contar e qual o preço a se pagar pela fama e estrelato.

Confesso que não curti muito a capa nacional (acima) e muito menos a internacional ( ao lado), as editoras poderiam ter trabalhado mais e ter feito alguma coisa com um design mais bacana. Mas adorei montar uma playlist, escolhi músicas animadas e que expressam a personalidade da Jeane e todo o humor do livro, se vocês se interessarem procurem as letras pra entender um pouco mais sobre o ambiente da história.

Jeane é feminista e super adepta das ideologias que vem do punk da década de 80, então é claro que eu escolhi uma música de Joan Jett. Assim como escolhi Jessie J e Lily Allen pra expressar sua segurança e mostrar que ela não tem papas na língua. Além de uma música muito fofa que eu encontrei por acaso chamada "Crazy Beautiful" de Andy Grammer que fala muito sobre os sentimentos de Michael. As músicas estão em sequência cronológica dos acontecimentos, então se você pretende ler, não esqueça de baixar a playlist antes.


Espero que tenham curtido pessoal, deixem seus coments e até a próxima!

10 comentários :

  1. Hum kkkk eu no caso gostei muito das capas ^^ achei bonitas kkkkkk e adorei a resenha .. Quero muito este livro rsrs

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post ja tinha visto em alguns blogs só a sinopse e agora com esta resenha Meu Deus agora que eu tenho q ler mesmo este livro adorei e pelo jeito vou me identificar bastante com a Jeane e com Michael.AMEI,AMEI NECESSITO DESTE LIVRO NA MINHA ESTANTE.

    Bjss Rafa Palma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa!
      Se vc é como eu, espalhafatosa, animada e que não liga pro que o povo pensa com toda certeza vai se identificar com a Jeane!
      Beeeijos

      Excluir
  3. Estou na metade desse livro, tem horas que é meio chatinho mas até que estou gostando
    achei muito bonita a capa
    amei a resenha e a play
    Beijos, Thaynara
    http://livroscombolinhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thay!
      Como eu disse na resenha, alguns momentos ficam entediantes, (só eu que acho que isso sempre acontece com os livros da Novo Conceito?) mas o final é super bacana, vale a pena!
      Beeijooos

      Excluir
  4. Confesso que não conhecia este livro, já tinha visto a capa mas nunca tinha parado para ler a sinopse, acho que Deborah Aline vai gostar de ler este. A play list ficou bacana, tem algumas músicas que eu gosto.

    Abraço,
    Diego de França

    leitorsagaz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego! Que bom que vc curtiu! Fala pra Debs passar por aqui!
      Beeeijos

      Excluir
  5. Adorei a resenha e a Playlist então nem se fala, não tive a oportunidade de ler o livro mas em todos os blogs que eu olho ou fanpage tem algo a respeito deste livro,após esta resenha então vou ter que achar este livro pra ler de qualquer jeito antes que eu tenha um Colapso Literário daqueles que eu quase morro do coração.
    Beijoss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é supppper fofo mesmo!
      Me apaixonei total por esse livro, vale muito a pena.
      Beijos

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.