Resenha : O Céu está em Todo Lugar - Jandy Nelson

segunda-feira, 14 de outubro de 2013


Título: O céu está em Todo Lugar
Autora: Jandy Nelson
Classificação: 4.3 (Skoob)
Páginas: 424
Editora: Novo Conceito

"Eu deveria estar de luto e não me apaixonando... "

Lennie Walker é uma adolescente obcecada por livros e música, tocava clarinete e vivia de forma segura e feliz,à sombra de sua brilhante irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre de forma abrupta, Lennie é lançada ao centro de sua própria vida, e , apesar de não ter nenhuma histórico com rapazes, ela se vê subitamente, lutando para encontrar o equilíbrio entre dois: um deles a tira da tristeza, o outro a consola.  Morando com a avó e com o tio, os seus dias claramente não serão mais os mesmos. 
Lennie e sua irmã nunca tinham conhecido a mãe, segundo os relatos da avó, ela era uma mulher aventureira que não conseguia se manter fixa em um só lugar, estava sempre viajando.Após dar a luz às filhas, a responsabilidade por ser mãe foi muito grande, ela não suportou e voltou para suas viagens malucas, deixando as filhas pra trás. Isso já magoava Lennie profundamente, mas após a morte da irmã, que era seu porto seguro, e ela não recebeu nenhum sinal de vida da sua mãe, a dor da perda foi maior ainda. A única pessoa a entender a dor de Lennie era Toby, o namorado de sua irmã, que estava sentindo a falta de Bailey na mesma intensidade que ela. 

Até a chegada de um aluno novo em sua escola. Joe. Um garoto que tocava muito bem o trompete. De cara, Lennie o admirou, mal sabia ela, que os olhos de Joe estavam focados nela desde o primeiro instante em que se viram.
" Quando Joe toca seu trompete eu caio da minha cadeira de joelhos. Quando ele toca as flores, as flores trocam de cor e anos e décadas e séculos de chuva voltam para o céu."  - Encontrado na parede do banheiro da sala de música em Clover High. 
Lennie então passa a ver a vida com outra perspectiva, principalmente pelo fato de estar nutrindo sentimentos por Joe e pela proximidade de Toby e todo conforto que ele trás a ela. Ela começa a se auto-descobrir, a entender tudo que se passa em sua volta e percebe que o tempo não parou, que a vida continua e que as flores não vão parar de brotar. O fato de estar se apaixonando contribui para ela sair do seu quarto e conseguir voltar a viver,com a lembrança da irmã ainda viva dentro de si. 

Eu adorei esse livro, é uma história cheia de sentimentos e a evolução da personagem principal ti deixa contente. O livro é narrado pelo Lennie, e ela deixa tudo tão claro e  tão aberto sobre a explosão de sentimentos que se passa dentro dela, que a leitura fica envolvente. A construção do romance e o desenvolver dele no livro é gostosa de ler é também interessante. O Joe é um amor e a Lennie é super poética!

Um dos pontos mais legais do livro, que eu achei super inovador, foram os recadinhos e bilhetinhos da Lennie. (Vou deixar aqui alguns que eu mais gostei no livro). Ela adora escrever, mas ela nunca está escrevendo pra alguém específico. Em um simples instante em que ela está sentada na beira do rio ou em qualquer outro lugar,e encontra um pedaço de papel velho ou o que quer que seja, ela vai lá e escreve o que está sentindo ou o que está se passando na cabeça dela no momento, escreve para a Bailey ou para a mãe, e depois deixa o bilhete lá, ou enterra , ou embola e joga entre as folhas. E até um simples casca de árvore ou um copo velho de café servem para Lennie deixar escrito um pouquinho do que ela está vivendo. Achei isso SUPEEER legal, nunca tinha visto em um livro, não da forma em que é apresentado.

Quando comprei esse livro, não foi por indicação ou pela sinopse, o que me chamou a atenção foi a frase na capa , "Eu deveria estar de luto e não me apaixonando... " , e a capa em si também, que é de um material diferente, texturizado e bonito. A diagramação é  linda, as letras são azuis, e os bilhetinhos no final de cada capítulo são lindos e tentadores
quando se folheia o livro. Quando você está lendo já sabe que vai encontrar algum bilhetinho da Lennie no final de cada capítulo, e a curiosidade é tão grande que deixa a leitura super rápida. O romance não é exagerado, o retrato do primeiro amor é bem desenvolvido e os dramas da protagonista são bem relatados. Recomendo! =D

                     "As vezes é preciso perder tudo para encontrar a si mesmo ... " 

Encontrado em um guardanapo enfiado em uma caneca na padaria da Cecília.












8 comentários :

  1. Olá!

    Acho uma fofura a capa desse livro e a diagramação muito caprichada.
    A história me chama a atenção e como você disse a frase de chamada na capa te deixa impactada. Tenho ele na minha lista. Gostei muito da resenha. Obrigada pela sua visita ao meu blog e boa sorte na promoção.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é uma gracinha mesmo Fran, a leitura é super rápida, li ele em um dia. Acho que você vai gostar muito. =DD
      Bjs bjs!

      Excluir
  2. Ah, faz tempo que eu quero ler este livro por causa da história. Ela parece ser envolvente e linda. Os recadinhos dão um glamour a mais. Acho que os livros deviam ter mais destas coisas.

    Abraços,

    Greice

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os recadinhos da Lennie são muitoo legais mesmo Greice, é foi uma super novidade pra mim ter algo desse tipo no livro, pelo menos da forma em que são apresentados. A editora e a autora merecem aplausos! =D

      Excluir
  3. Conheci esse livro, naqueles panfletos (não lembro como chama) que vêm dentro dos livros da NC, parece ser bem interessante , mas ainda não tive oportunidade de comprar.
    Amei a capa

    Beijos, Thaynara
    http://livroscombolinhos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sei qual panfletinho é, pra mim deu mais vontade de ler quando vi. =D
      Coloque ele na lista de compra, não vai se arrepender!

      Excluir
  4. Lennie é como eu rsrs obcecada por livros e música . Já tinha visto este livro antes , mais achei que não iria gostar rsrs , até porque nem nunca li a sinopse kk pra ver como eu estava realmente sem interesse, gostei da resenha , adoro romance , ainda mais assim , quando acontece algo bem ruim , e o personagem meio que se ergue em consequência disso.

    #Esta na lista rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Leenie é ótima néh,eu gostei muito da personalidade dela e do seu gosto por música, arte e livros. *---*
      Que bom que você gostou.
      Bjs bjs!

      Excluir

Hey, gostou da postagem?
Então deixe sua opinião/crítica/elogio aqui!
O Paradise Books agradece seu comentário, obrigado pela visita!
obs.: Não respondemos comentários em anônimo; Não é permitido o uso palavras ofensivas; Não compartilhamos livros, isso vai contra a política de direitos autorais.